Home Móvel Vendas de tablets disparam 142% no primeiro trimestre

Contrariando a tendência de quebra do mercado dos computadores tradicionais, o segmento dos tablets continua em expansão, dinamizado pelo surgimento de aparelhos de menores dimensões e a preços mais acessíveis. Entre Janeiro e Março, foram vendidos 49,2 milhões de tablets à escala mundial, o que significa um aumento de 142,4% em relação ao período homólogo de 2012, segundo estimativas da consultora International Data Corporation (IDC).

Segundo a mesma fonte, as vendas de tablets no primeiro trimestre de 2013 ultrapassaram as vendas consolidadas no primeiro semestre de 2012.

A Apple manteve a liderança no segmento, mas perdeu quota de mercado para a sua principal rival, a Samsung. No primeiro trimestre, a empresa da maçã – que está habituada a resultados mais fracos no começo do ano, depois de perfomances sólidas no Natal – comercializou 19,5 milhões de iPads, o que corresponde a uma quota de mercado de 39,6%. No mesmo período do ano passado, a companhia registava uma quota de 58,1%, demonstram os dados da IDC.

«A procura continuada do iPad mini e o crescimento robusto das vendas conduziram a Apple a um primeiro trimestre melhor que o esperado», explica Tom Mainelli, research director da IDC. «Para além disso, ao alterar o lançamento  do iPad [mini] para o quarto trimestre de 2012, a Apple parece ter evitado a desaceleração das vendas que normalmente sofre quando os consumidores estão à espera do lançamento de novos produtos em Março», acrescenta.

No período em análise, as vendas da Samsung cresceram 282,6%, para 8,8 milhões de dispositivos, ficando também acima das previsões da IDC. A tecnológica sul-coreana – que distribui maioritariamente tabtets equipados com o sistema operativo Android, da Google – viu a sua quota de mercado crescer de 11,3 para 17,9%.

iPad-vs-Nexus-7

A Asus conquistou um lugar no pódio. A taiwanesa, que fabrica o Nexus 7, da Google, vendeu 2,7 milhões de aparelhos no primeiro trimestre, tendo alcançado uma quota de mercado de 5,5%.

Em quarto e quinto lugar surgem a Amazon e a Microsoft, com uma quota de mercado de 3,7% e 1,8%, respectivamente.

Fonte: Marketeer

Artigos relacionados

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos