Home Periféricos Roccat Kone Pure Optical & Roccat Sense

Introdução

A Roccat, apesar de ser um fabricante relativamente recente, dispensa apresentações, todo o jogador que se preze tem conhecimento desta marca, devido ao seu vasto leque de periféricos e inovação constante. Desde ratos, teclados, tapetes a headsets, há de tudo um pouco e com provas dadas no mercado.

Intro

A gama Kone, é a mais conhecida e relevante do portefólio da Roccat no que a ratos diz respeito. Já teve muitas evoluções ao longo dos anos, todas para melhor, o que faz o Kone continuar lá no topo.

Este periférico em concreto, Kone Pure Optical, é a derivação do Kone Pure (já testado aqui no Lilireviews) que utiliza sensor a laser. Será que vai superar o seu irmão com este sensor ótico? Fiquem para ver.

Embalagem e Conteúdo

Roccat Kone Pure Optical_1

A frente da embalagem é bastante apelativa, com o rato a absorver todo o destaque. Fica de imediato óbvio que se trata de um periférico para gaming, devido ao elevado foco nas características.

Roccat Kone Pure Optical_2

É possível visualizar o rato ainda antes de se abrir a embalagem, com uma parte em janela para o efeito. Este processo poderia ser banal, não fosse o toque especial dado pelo íman que assegura o correto fecho.

Roccat Kone Pure Optical_3

Na parte traseira, somos brindados novamente com uma imagem do produto, acompanhado de alguns detalhes mais específicos. As principais características do rato estão presentes em várias línguas, pena é a não inclusão da portuguesa.

Em Detalhe

Roccat Kone Pure Optical_4

O Roccat Kone Pure Optical não é grande, o que o torna bastante confortável de usar para quem tiver as mãos mais pequenas. Tem apenas 12cm de comprimento, pesa sensivelmente 95g (sem cabo) e é para ser preferencialmente usado como palm grip, ou seja, para jogadores que gostem de apoiar toda a palma da mão no rato.

Roccat Kone Pure Optical_5

O cabo, como seria de esperar, é cardado para maior proteção e durabilidade, contudo, o conetor USB não é banhado a ouro como em outros ratos de topo. Tem um comprimento de 1.8 metros, o que é suficiente para a maioria das mesas e secretárias.

Roccat Kone Pure Optical_6

O chassis deste novo rato da Roccat é, à semelhança dos restantes da marca, construído em plástico, mas não falta qualidade. Isso é evidente pela sensação ao toque que transmite e também pela ausência de ruídos ou rangidos estranhos, típicos dos plásticos de fraca qualidade.

Roccat Kone Pure Optical_7

Os dois botões principais, tradicionalmente chamados cá em Portugal como click direito e esquerdo, necessitam ainda de uma pressão considerável para serem ativados. No meu entender, é uma vantagem, porque evita alguns clicks acidentais em momentos mais atribulados de jogo.

Vêm equipados com interruptores Omron, que em conjugação com a tecnologia Click Master da Roccat, faz com que cada click seja registado com elevada precisão, sem qualquer atraso.

Roccat Kone Pure Optical_8

A roda do scroll é um dos pontos fortes deste rato, sendo extremamente robusta, suave ao rolar e com alta precisão. Por vezes, mesmo em ratos acabados de comprar, damos por nós a usar o scroll com várias folgas, mas tal não acontece nesta “Titan Wheel”.

Junto a ela, imediatamente abaixo, temos os botões de regulação dos DPIs, para ajuste em tempo real durante uma sessão de jogo.

Roccat Kone Pure Optical_9

Os botões esquerdos para serem usados com o polegar são de bom tacto e estão bem posicionados. Muitos utilizadores poderão vir a achar o seu funcionamento algo duro, mas tendo em conta que são nestes botões onde acontecem o maior número de clicks acidentais, tem a sua razão de ser.

Como já é habitual em outros ratos da marca, está presente o Easy-Shift[+], onde se podem comodamente usar várias combinações de botões para determinados comandos. Resumidamente, esta característica torna possível cada botão do rato ter duas funções, uma em operação normal e outra quando esse botão é premido juntamente com botão 5 (o primeiro do polegar).

Roccat Kone Pure Optical_10

As partes laterais do Kone, são compostas por borracha com alguma concavidade, conferindo maior aderência dos dedos. Contudo, depois de várias horas de jogo, pude concluir que a superfície é demasiado lisa. Seria desejável algo mais rugoso, apesar de que, não é algo que afete a experiência de jogo no geral.

Roccat Kone Pure Optical_11

A Roccat apenas quer o melhor e decidiu equipar este novo rato com um sensor de topo. O Avago ADNS-3090 é um dos melhores presentemente no mercado, no que a sensores óticos diz respeito.

Oferece até 4000dpi, 30G de aceleração e 12000fps. Mas, especificações à parte, o que interessa é o comportamento na prática, onde realmente brilhou. Excelente tracking por toda a superfície do tapete, precisão absoluta e incrível resposta aos movimentos. Para isso, também contribui o processador ARM Cortex 32bit de 72Mhz, que faz a ponte de comunicação para o nosso computador.

Pessoalmente, dou preferência aos ratos óticos, devido a terem menos problemas de tracking e aceleração em relação aos laser com mais DPIs. O facto de terem também um lift-off distance (LOD) mais baixo em comparação com os sensores laser, faz com que sejam mais agradáveis e “ágeis” de usar (embora em alguns ratos já é possível configurar este parâmetro por software).

Roccat Kone Pure Optical_12

Um pormenor interessante é o logótipo da marca, que pode ser configurado via software para estar com a iluminação desligada, permanentemente ligada ou em modo de pulsação . Também é possível alterar para uma vasta paleta de cores, suportando até 16.8 milhões de cores.

Especificações

Caracteristicas

Software

Software Roccat_1

Num primeiro olhar, o software pode parecer algo confuso e complicado, mas depois de uma observação mais atenta, revela-se bastante simples e intuitivo, pecando apenas no tempo que demora a aplicar as nossas alterações, que ainda é significativo.

Nesta primeira aba, temos acesso à configuração dos DPIs, sensibilidade, velocidade do scroll e do duplo click. Podemos gravar até um máximo de 5 perfis e gravá-los na memória de 576kB do rato, para usar a nossa configuração em qualquer lado.

Software Roccat_2

O segundo separador, possibilita a configuração de todos os botões existentes, assim como, definir aqueles que vão trabalhar no modo Easy-Shift[+]. Também existe uma opção de personalização das macros, para quem fizer pretensões de usar.

Em todas as abas podemos ter acesso aos perfis, gravando ou editando quando melhor nos convier.

Software Roccat_3

Esta secção é dedicada à iluminação e efeitos sonoros, assim como, à importante taxa de atualização (1000Hz, 500Hz, etc). É possível definir as cores do logótipo a gosto e ativar ou desativar o sinal sonoro para quando mudamos de perfil, DPIs, sensibilidade, entre outros.

Software Roccat_4

Esta penúltima aba do R.A.D. já será de menos interesse, onde podemos ir acompanhando os nossos achievements, que vão sendo atingidos mediante o numero de clicks nos botões, distância que se percorre com o rato, número de scrolls, etc. É uma parte engraçada, mas que nenhum impacto gera  no comportamento do rato nos jogos.

Software Roccat_5

Por fim, o separador de atualizações e suporte da marca. Aqui podemos saber qual o driver/firmware presentes e procurar por versões mais recentes. Qualquer problema com o produto, também podemos usar esta secção para entrar em contacto com o fabricante.

O Tapete

Roccat Kone Pure Optical_13

O tapete, Roccat Sense, oferece bastante espaço com 40x28cm de superfície e caracteriza-se por ser fabricado numa fibra altamente deslizável, traduzindo-se na menor fricção possível aos movimentos do rato.

Uma palavra para a parte de baixo do tapete, que é das melhores que já vi, literalmente cola-se à secretária. Pode não parecer importante, mas no meio de uma batalha online, se o tapete se mexer, toda a nossa velocidade de resposta é afetada.

Roccat Kone Pure Optical_14

Este tipo de tapete é bastante bom em qualquer sensor, seja laser ou ótico, mas é nos óticos, como este Kone Pure Optical, onde mais brilham. E sem dúvida que o Sense é uma excelente parceiro deste rato da Roccat, permitindo um excelente controlo dos movimentos, sem falhas na leitura.

De salientar a diminuta espessura de 2mm, o que nos fazer ter o braço o mais paralelo à secretária possível, evitando fadiga desnecessária.

Conclusão

Já se esperava um produto de elevada qualidade e tal foi cumprido. Não é um rato que impressiona em especificações, mas nem só de DPIs e afins se valoriza um rato para gaming. Quando vamos a analisar os componentes de que é feito, constatamos que realmente estamos perante um rato de fantástica qualidade, logo a começar pelo sensor, que é dos óticos mais avançados do mercado.

Roccat Kone Pure Optical_15

Ao nível da utilização, nunca desiludiu, o que já de si é um feito, tal as enormes expectativas com que foi analisado. Depois de vários títulos jogados online, principalmente FPS (First-Person-Shooters), pude constatar o excelente tracking e controlo que permite em cada situação.

A transição em jogo corrido pelos diversos níveis de DPIs também se processa sem qualquer sobressalto, seja na hora de os aumentar ou diminuir. Apenas tenho a referir como ponto menos positivo a borracha das laterais, que poderiam ser mais rugosas, de modo a permitir um pouco mais de aderência.

Roccat Kone Pure Optical_16

O tapete também se revelou um bom complemento ao Kone, permitindo explorar todo o potencial do sensor Avago, mesmo nos seus 4000dpi, que são mais do que suficientes, inclusive para soluções multi-monitor. Espaço de uso também não falta, pode é faltar espaço para ele na secretária, tal as dimensões elevadas do tapete.

O software que funciona em conjunto com o Kone Pure Optical é muito completo e bastante simples de utilizar e entender. O único ponto negativo é o tempo demasiado longo que demora a aplicar as nossas alterações no rato, mas como por norma só alteramos configurações de longe a longe, acaba por não ser muito relevante.

Roccat Kone Pure Optical_17

Em suma, estamos perante um rato de topo, com fantástico desempenho e componentes de qualidade. Não será um produto para todos os bolsos (ronda no mercado nacional os 67€), mas para quem quiser o melhor para gaming sem fugir aos sensores óticos, tem aqui uma escolha mais do que acertada.

No entanto, em todas as análises a ratos, penso ser importante frisar que este tipo de periféricos são muito pessoais, cada  um de nós tem mãos diferentes e maneiras diferentes de pegar no rato, daí que, antes de qualquer compra, experimentar, ou pelo menos ter o rato na mão, é altamente recomendado.

Resta-me deixar uma agradecimento à Roccat, por ter facultado este unidade para análise.

selo-9_5

Bom

  • Sensor extremamente preciso
  • Software bastante completo
  • Roda de scroll muito robusta
  • CPU ARM Cortex para rápida comunicação com o PC
  • O dobro dos botões reprogramáveis, via Easy-Shift[+]

Mau

  • Borrachas laterais muito lisas
  • Software lento quando a aplicar as configurações no rato

 



0 Comentários a este artigo
  1. Boa review 😉 como utilizador de um Kone Pure também já me aconteceu esse problema do software ficar quase encravado ao aplicar as configurações. Entretanto necessitei de formatar o PC e voltou ao normal mas é algo irritante!

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos