Home Periféricos Roccat Kone

Introdução

A marca Roccat é já uma marca conceituada no mundo dos jogos. Com alguns produtos muito bons e uma aposta forte no design arrojado, a marca tem feito sucesso neste mercado feroz. Esse sucesso deve-se sobretudo ao rato Kone, o primeiro produto lançado pela marca e já aqui analisado. Hoje, porém, trago-vos a evolução (natural) do mesmo, o Kone [+].

As características técnicas…
Pro-Aim Laser Sensor R2 with up to 6000dpi
1000Hz polling rate
1ms response time
11750fps, 10.5megapixel
30G acceleration
3.8-5m/s (150-200ips)
16-bit data channel
Tracking & Distance Control Unit
72MHz TurboCore processor
576kB onboard memory
2m USB cable

Embalagem, Conteúdo e Especificações

A marca já nos habituou a embalagens com um design bastante apelativo e esta não foge à regra. Para além de ter muita informação sobre o produto, permite ver através da “janela” e “sentir” a ergonomia do rato.

Na parte de trás continua a parafernália de informação técnica sobre o produto.

Dentro da embalagem encontramos o rato, o manual de utilizador, cd com os drivers, um estojo com os pesos e um cartão com um número que nos permite aceder a uma espécie de clube de utilizadores de produtos Roccat. Não acedi, obviamente.

O estojo alberga um conjunto de quatro pesos, todos iguais (5g), que permitem ajustar o rato a cada utilizador. Esta é uma alteração bastante significativa em relação à versão anterior que dispunha de um sistema de distribuição de peso completamente diferente.

As características técnicas…
Pro-Aim Laser Sensor R2 with up to 6000dpi
1000Hz polling rate
1ms response time
11750fps, 10.5megapixel
30G acceleration
3.8-5m/s (150-200ips)
16-bit data channel
Tracking & Distance Control Unit
72MHz TurboCore processor
576kB onboard memory
2m USB cable

Fotos

O rato conta com a tecnologia Shift +, que permite usar combinações de botões para atribuir macros e afins. Essas combinações são possíveis carregando no botão “<“, normalmente utilizado nos browsers para o comando Avançar. Os botões do lado esquerdo estão bem posicionados, são de fácil acesso, toque suave e o descanso para o polegar é bastante bom. A textura do material usado é muito suave e confortável.

Não é um rato excessivamente alto, é confortável de usar mas podia ser mais ergonómico. O design, por seu lado, está bastante bem conseguido. As duas “riscas” mais escuras escondem os LEDs.

Pessoalmente, sou apreciador de ratos que permitem, do lado direito, descansar os dedos e, nesse sentido, não posso deixar de fazer notar o meu descontentamento por não existir tal espaço. Pode ser só um pequeno pormenor mas com utilizações mais prolongadas isso faz-se sentir penosamente. É difícil agradar a gregos e a troianos mas, talvez, uma solução com a possibilidade de troca de peças não seria de todo descabido. Fica a sugestão.

A roda é um misto de sensações: tem um toque agradável mas frágil, tem um scrool bom mas um clique duro. Os botões principais têm um toque agradável e são de viagem curta, o que é uma mais valia. Porém, a qualidade geral do produto não é muito boa, os plásticos usados não parecem ter muita resistência e a montagem poderia ter sido mais cuidada. Dá para ver aberturas grandes entre as peças (do lado esquerdo da foto). Estamos habituados a produtos alemães de elevada qualidade, mas os tempos mudam e este produto “alemão” é fabricado na China e isso pode ter alguma influência.

Os botões + e – servem para rapidamente ajustar a sensibilidade do sensor e estão posicionados de modo a ser facilmente acessíveis durante momentos de maior acção. O corpo do rato é bastante largo e isso pode não agradar a todos mas esse aspecto já é um campo muito pessoal.

Na parte de baixo temos acesso ao compartimento dos pesos. O sistema de distribuição é simples e fácil de aceder. Os skates são muito grandes o que provoca mais atritto na superfície de contacto. Apesar disso, o rato desliza muito bem em todas as superfícies testadas (tapetes de pano e vidro e mesa de madeira com revestimento plástico). O desenho dos skates é pouco convencional o que poderá ser um problema na altura de trocar os skates.

O sensor laser é muito bom e muito flexível, podendo adaptar-se a vários estilos de utilização devido à sua grande amplitude de sensibilidade. Após longas horas de testes, não notei nenhuma falha, nenhum tremer, o sensor respondeu sempre eficazmente a todos os movimentos bruscos ou suaves a que o submeti.

O conector USB levou tratamento dourado como se vê em muitos outros aparelhos do mesmo segmento. O cabo de dois metros não tem nenhum revestimento reforçado, é um simples cabo com revestimento de borracha. Muito se tem falado sobre os cabos com revestimento em tecido, que são muito rígidos e não dão muito jeito. Partilho da opinião que, de facto, são mais rígidos mas não noto muita diferença para os outros. Aqui também se nota uma diferença em relação ao antecessor, que é o facto do cabo não estar vincado, coisa que acontecia (e acontece) com muitos produtos da marca.

Software

Um dos pontos fortes da Roccat sempre foi o software que acompanha os seus produtos e, neste caso, também não foi excepção. O software é muito completo e configurável, permitindo ter vários perfis de utilizador, definir a sensibilidade do laser, a velocidade do scroll, do tilt, dos DPIs, configurar os botões, criar e gerir macros, mudar a cor e a intermitência dos LEDs, etc. Enfim, uma carrada de opções de configuração do rato.

A Roccat inclui também alguns pormenores tecnológicos muito interessantes como o TCU (Tracking Control Unit) e o DCU (Distance Control Unit). O primeiro calibra o senso laser de acordo com o tipo de superfície de deslize e o segundo controla a distância entre o sensor e a superfície e impede o ponteiro de mexer quando o rato se afasta demasiado da superfície de deslize. Muito útil em jogos. Por último, existe um separador de suporte e actualização do software e firmware.

Utilização

O rato é confortável, apesar d enão ter o apoio para os dedos todos da mão, o toque do material é suave e os botões não são exageradamente duros ao pressionar. No geral, a qualidade dos materiais é boa e resistente, porém, notam-se algumas imperfeições de fabrico, algo a que não estamos acostumados quando pensamos que é um produto germânico.

Mas, se do lado de fora, o rato não impressiona pela qualidade, o mesmo não se passa no interior onde a qualidade tem nota máxima. O sensor é excepcional, não falhou em nenhuma situação, nem em movimentos bruscos, nem em movimentos lentos, nem em paragens súbitas ou mudanças de direcção, nem com valores de DPIs baixos ou altos. Tudo respondeu exemplarmente e conforme o anunciado. E os extras tecnológicos (TCU e DCU) acrescentam mais uma vantagem e conforto de utilização no qual podemos confiar às cegas pois funcionam mesmo.

Os skates, como já foi referido, podem não agradar a todos. Para começar, o formato não é comum, o que torna a sua substituição mais complicada e o facto de serem tão grandes aumenta o atrito causado na deslocação. Porém, o material constituinte é excelente e o resultado é um deslize muito suave sobre diversas superfícies. Os pesos também ajudam a melhor distribuir a massa do rato e, assim, ajudar na deslocação e conforto.

Conclusão

Chegamos assim ao final desta análise. O Kone [+] chega aqui com o estatuto de evolução do seu antecessor e a verdade é que não passa disso, o que por si só já não é mau. Corrige alguns aspectos menos positivos do primeiro e acrescenta algumas notas de tecnologia, mas não traz nenhum aspecto realmente inovador e importante que faça esquecer o Kone original. Lima algumas arestas, e isso é importante no sentido de aperfeiçoamento do conceito, mas não é inovador em lado nenhum.

O preço ajusta-se principalmente pela quantidade de tecnologia e extras que estão incluídos porque a qualidade geral do fabrico deixa a desejar…

Resta agradecer à Roccat por nos ter cedido este exemplar

0 Comentários a este artigo
  1. O Roccat Kone foi um dos ratos mais vendidos tanto na loja como no nosso site online e estamos satisfeitos por a Roccat ter feito a evolução dele já que o inicial quando foi lançado tinha alguns problemas. Ficamos à espera que pelo menos esta versão tenha a mesma aceitação pelo publico que a primeira teve.

  2. Irá ter certamente, a Roccat tem uma imagem e um marketing muito forte. E visto que este Kone [+] aparece com aqueles problemas que enviaram muitos originais para o estaleiro… Vai ser uma correria 🙂

  3. Rato excelente sem duvida! É mesmo como diz o Sérgio é um rato que apesar dos problemas que deu é dos mais vendidos e uma revisão é sempre bem vinda! Excelentes fotos e excelente review Tiago!

  4. Parece ser um grande rato !! Vem com tudo organizado como um estojo com pesos para o rato o que é fixe para nao perder os pesos, dar para personalizar com o rato com as cores que se quer… muito bom.
    Nice review 😛

  5. Boa review, super completa e é de louvar a inovação dos pesos no rato .
    Apresenta um software muito organizado e bastante fácil de prepara-lo, um bom rato que para o seu preço, eu sendo sincero, nunca o escolhia visto que sou um grande apreciador de steelseries mas no entanto, a roccat está a começar aparecer mais no mercado do gaming e cada vez está mais forte !!
    Parabéns a quem fez o review !

  6. Muito atraente o rato , dpi ajustavel se nao me engano , sensor a laser etc . O design dele se parece bastante com o Mouse A4Tech X-718BK

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos