Home Periféricos Review Speedlink Xilu

Pontuação
Construção e Design - 8.5
Qualidade de Som - 9
Caracteristicas - 8
Preço - 9

Speedlink

A Speedlink é uma empresa alemã produtora de um vasto leque de periféricos . Actualmente tem a sua produção dividida em 5 áreas: acessórios de Computadores Portáteis, acessórios de Desktops, acessórios Gaming , acessórios para Tablet e, por fim, Som. O produto que hoje trazemos enquadra-se nesta ultimas, sendo um dos dispositivos portáteis a com possibilidade de utilização sem fios – o Speedlink Xilu.

Especificações

  • Frequências de 90Hz até 18kHz
  • Ligação Bluetooth® (2.1+EDR) com alcance até 10 metros
  • Ligação adicional para jack (3.5mm)
  • Microfone integrado para ligações mãos-livres
  • Design ultra compacto – laterais de 5 cm.
  • Bateria Li-ion integrada (400mAh) com durabilidade de até 4 horas de reprodução de som.
  • Carregamento via USB (2-3 horas duração)
  • 2.3W RMS saída
  • Cabo de áudio e carregamento incluidos (0.5m/0.5m)
  • Dimensões: 50 × 50 × 50 mm

Embalagem e Conteúdo

A embalagem do Speedlink Xilu nada mais é do que uma embalagem simples, de dimensões reduzidas e cujo objectivo é mostrar o essencial , dado que o produto que protege é realmente muito pequeno.

 

A parte frontal é dedicada à pura apresentação do conteúdo da embalagem , mostrando todas as linhas do Xilu. Numa parte mais abaixo, temos a identificação do nome e modelo do produto, seguido com dois pequenos apontamentos, relativos à bateria e sua duração, e ao Bluetooth e alcance máximo.

speedlink-xilu-6

 

Na parte traseira podemos visualizar , em 15 diferentes línguas, a descrição do produto (“Coluna Bluetooth ativa”), acompanhado do logótipo da marca e de uma explicitação de todo o conteúdo contido na embalagem.

speedlink-xilu-7

As laterais nada mais nos dão do que uma possibilidade de visualização lateral do Xilu, sendo que mais nenhuma informação complementar é apresentada sobre este.

Na parte inferior temos , mais uma vez, a  descrição e identificação do produto e modelo, acompanhados de alguns pormenores que dizem respeito a copyrights e afins.

O interior da embalagem está dividido em três partes:

A parte traseira é uma caixa quadrangular, com os habituais documentos relativos a informações do produto e também um guia de instalação rápida do Xilu. Algo estranho é a presença de dois “maçudos” guias de informações com conteúdos exactamente iguais , diferindo apenas nas linguagens- um deles ficou com as linguagens “mais importantes” (estranho o Português não estar aqui), e outro com as menos importantes.

Já na parte inferior, encontramos mais uma caixinha com os cabos necessários, sendo eles um cabo USB e um jack de áudio de uma qualidade média.

speedlink-xilu-1

Entre estes vem, relativamente bem acondicionado, o Speedlink Xilu, protegido por dois pequenos plásticos feitos à medida.

Em Detalhe

Antes do Speedlink Xilu nos chegar às mãos, foi feita uma pesquisa rápida sobre quais as suas potencialidades e o seu aspecto , e digamos que as expectativas não ficaram muito altas.

A verdade é que estas expectativas não mudaram mesmo depois de ver o produto. O Speedlink Xilu é realmente muito pequeno. A primeira pergunta foi logo: “será este pequeno artefacto capaz de reproduzir som de qualidade?”. Esta questão será respondida na integra no próximo separador, por isso continua a ler! Por agora vamos só focar-nos nos detalhes fisicos desta pequena coluna.

O formato é moderno e visualmente apelativo, com um acabamento num cinzento metálico em forma de espectro. Se pretende fazer desta coluna um adereço doméstico, acredite que não será muito difícil, uma vez que o seu aspecto se enquadra bem em todos os cenários.

speedlink-xilu-2

A frontal do Xilu apenas tem duas impressões, uma delas com o logótipo da marca, e outra com o logótipo da tecnologia Bluetooth, como indicativo desta funcionalidade.

Na lateral esqueda encontramos duas entradas, uma micro-USB para alimentar a sua coluna quando esta ficar sem bateria (5V), e uma jack, para dispositivos que não tenham compatibilidade com Bluetooth.

Nas traseiras do Xilu, temos um pequeno botão deslizável, que permite ligá-lo ou desligá-lo , bem como um autocolante transparente (torto, diga-se de passagem) com um QR-code e algumas pequenas informações sobre a marca e o produto.

speedlink-xilu-5

Na parte inferior podemos encontrar um botão redondo que nos permite avançar e recuar na musica/playlist, aumentar e diminuir o volume e parar ou reproduzir a musica actual.

Utilização

O Speedlink Xilu é um prova de que é possivel fazer muito com pouco. As suas dimensões são absolutamente pequenas bem como o peso. Consegue muito facilmente colocar o Xilu no seu bolso enquanto faz a caminhada matinal ou criar um pequeno suporte para incorporar esta coluna na sua bicicleta.

speedlink-xilu-3
O incrivel deste produto é que a sua potência é inversamente proporcional às dimensões. Quando este “bichinho” foi ligado pela primeira vez, todos os que assistiram ao “test-drive” ficaram de boca aberta. A real questão aqui nao se trata do espetacular som que dá, mas sim da potência de som que algo tão pequeno consegue emitir. Aqui a Speedlink está de Parabens!
É obvio que um produto que consegue tanto, com e por tão pouco tem que ter os seus aspectos menos positivos.
O processo de emparelhamento do Xilu é uma autentica dor de cabeça – tanto funciona à primeira tentiva, como chega a cansar ao ponto de desistir. Este problema notou-se mais quando se tentava emparelhar com um computador, sendo que os dispositivos móveis conseguiam ligar-se ao Xilu sem grandes precalços.
Continuando ainda com a temática do Bluetooth, os 10 metros de alcance prometidos pela marca são muito dependentes do cenário: se se encontrar na sua habitação e deixar o Xilu num qualquer compartimento, caminhando com o seu dispositivo movel / computador portátil por todas as divisões, esta meta dos 10 metros facilmente se reduz para metade se entre si e o Xilu existirem muitas paredes. No entanto, se se encontrar num espaço amplo sem grandes obstáculos conseguirá facilmente prolongar estes 10 metros de alcance para os 12 ou até 15 (ainda que mais dificilmente).

speedlink-xilu-4

No que toca a bateria , a Speedlink foi um tanto ao quanto trapaceira. O máximo de autonomia conseguida em todos os testes realizados, não passou das 3 horas e 20 minutos, sendo que em média a bateria do Xilu durou-nos 2 horas e 50 minutos.
Já o tempo de carregamento está de acordo com as promessas da Speedlink, sendo que em média conseguimos ter o nosso Xilu pronto para usar em 2 horas e 20 minutos.
Relativamente ao som do Xilu, este pode-se considerar muito aceitável , conseguindo fazer um equilbrio muito bom entre agudos e graves. Especial destaque para este ultimo, que é mesmo muito satisfatório. É muito facil colocar o Xilu a saltar (literalmente) na sua mesa, basta colocar uma musica com uma batida forte que ele prontamente começará a caminhar pela sua mesa em direcção “ao abismo”. Apesar de tudo nao pode exagerar no volume (i.e ultrapassar a casa dos 90-95%) pois começará a notar alguma distorção e ruído.

Considerações Finais

O Speedlink Xilu é a prova viva de que “tamanho não é documento”.  É realmente possivel fazer algo relativamente pequeno que satisfaz de todas as maneiras as suas necessidades e foi exactamente nisto que a fabricante alemã se focou.

Com um design cativante, com acabamentos num metálico brilhante, pode facilmente transformar o Xilu num elemento decorativo ( que por acaso dá musica) que passará despercebido aos olhos dos mais distraidos.

Os seus botões de controlo permitem facilmente tomar conta da sua playlist em poucos passos, avançando ou recuando até à sua musica preferida, aumentando ou diminuindo o volume, ou fazendo aquela pausa para descansar os ouvidos.

Podemos no entanto apontar o dedo à Speedlink por confirmar que o primeiro beijo é sempre o pior, dado que emparelhar o Xilu com o seu computador pode vir a ser uma dor de cabeça. O mesmo nao acontece para dispositivos móveis, onde tudo corre na perfeição.

Se a sua intenção é fazer do Xilu uma coluna ambulante do seu sedentário computador poderá ter algumas dificuldades se existirem obstáculos (rigidos) no meio, o que condicionará gravemente os 10 metros de alcance anunciados pela marca, sendo portanto esta coluna perfeita se o seu objectivo é ter algo estático, uma vez que a qualidade/preço é de louvar.

Pontos Fortes

  • Potência de Som
  • Facil Portabilidade
  • Design
  • Conexão via Bluetooth
  • Preço

Pontos Fracos

  • Problemas com emparelhamento
  • Obstáculos reduzem drasticamente o alcance máximo
1 Comentário a este artigo

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos