Home Periféricos Review Roccat Kone XTD Optical

Roccat Logo

Introdução

A Roccat já cá anda há algum tempo e conseguiu criar nome no seio dos jogadores. Tem vindo a melhorar cada vez mais os seus produtos, ouvindo a comunidade para tal.

Um dos resultados dessa comunicação com os jogadores são as vertentes ópticas de ratos, que inicialmente vinham com sensores laser. Desde ratos, teclados, tapetes a headsets, a marca oferece um vasto leque de produtos com provas dadas no mercado.

IMG_0109

Depois do Kone Pure Optical, versão com sensor óptico do Kone Pure muito pedida pelos consumidores, chega ao Lilireviews mais uma versão óptica de um rato de topo da marca, o Kone XTD Optical.

Embalagem e Conteúdo

IMG_0071

A frente da embalagem é a tradicional dos ratos da Roccat, com o Kone XTD Optical em grande destaque. Temos acesso às características mais relevantes, não faltando inclusive a alusão ao sensor óptico, para diferenciar do Kone XTD original.

IMG_0073

Abrindo a janela frontal, podemos visualizar o rato, assim como, mais algumas características. O fecho em íman dá um toque especial, assegurando o fecho perfeito.

IMG_0072

Na traseira, temos novamente uma imagem do produto e alguns detalhes, nomeadamente os mais importantes. Estão presentes em várias línguas e é com bom agrado ver que a portuguesa faz parte desse lote.

IMG_0075

O conteúdo da embalagem não é vasto, sendo o rato acompanhado apenas por um guia de instalação rápida e os pesos para personalizar o equilíbrio do rato a gosto.

Em Detalhe

IMG_0081

O Roccat Kone XTD Optical é maior do que o Kone Pure Optical, contudo, mantém dimensões moderadas. Conta com 13,5cm de comprimento, pesa sensivelmente 123g (sem cabo) e a sua ergonomia está mais indicada para uso em palm grip, ou seja, jogadores que gostam de apoiar toda a palma da mão no rato.

IMG_0101

O chassis deste Roccat é construído em plástico, mas a qualidade está presente. Isso é evidente pela sensação ao toque que transmite e também pela ausência de ruídos parasitas, típicos dos plásticos de baixa qualidade.

IMG_0103

O cabo é cardado para maior proteção e durabilidade, no entanto, à semelhança dos restantes da marca, o conetor USB não é banhado a ouro. Tem um comprimento de 1.8 metros, sendo suficiente para a maioria das secretárias.

IMG_0089

Os dois botões principais, (click direito e esquerdo), necessitam de pressão considerável para serem acionados. Pessoalmente, considero isso uma vantagem, porque pode evitar alguns clicks acidentais em momentos mais intensos de jogo.

Conta com os famosos interruptores Omron, que em conjugação com a tecnologia Click Master da Roccat, faz com que cada click seja registado com extrema precisão, sem qualquer atraso ou lag.

IMG_0102

A roda do scroll, à semelhança do que acontece com o Kone Pure Optical, é um dos pontos fortes deste rato, extremamente robusta, suave a rolar e com elevada precisão. A Roccat denomina-a de Titan Wheel 4D, imune a folgas e capaz de quatro direcções.

Imediatamente abaixo, temos os botões para regular os DPIs on-the-fly, onde podemos facilmente alterar a sensibilidade mediante as circunstâncias de cada jogo.

IMG_0120

O Roccat traz dois botões laterais esquerdos, de bom tacto e estão bem posicionados para o polegar. O seu funcionamento é bastante macio, o que será do agrado da maioria das pessoas.

Como já é habitual na marca, vem equipado com a tecnologia Easy-Shift[+], onde se podem programar combinações de botões para determinados comandos. Resumidamente, esta característica torna possível cada botão do rato ter duas funções, dobrando os comandos possíveis.

IMG_0095

A lateral contrária do Kone XTD Optical, igualmente composta por uma camada fina de borracha, apresenta alguma concavidade, conferindo-lhe maior aderência dos dedos. No entanto, depois de algumas horas de utilização, pude concluir que a superfície é demasiado lisa, sofrendo do mesmo mal do Pure Optical. Seria desejável algo mais rugoso, com mais aderência.

IMG_0078

A Roccat decidiu equipar este novo rato com um sensor de topo, o Avago S3988, que a par dos Avago/Pixart A3090/A3310, é dos melhores sensores ópticos atualmente no mercado. Para quem não conhece, é o mesmo sensor que equipa o Razer DeathAdder 2013.

É capaz de 6400dpi, 50G de aceleração, 12500fps e segundo a marca, atinge velocidades de 5,08m/s. Especificações à parte, o comportamento na prática é muito bom, com excelente tracking por toda a superfície do tapete, precisão de grande nível e resposta aos movimentos fantástica. Para isso, também contribui o processador ARM Turbo Core V2 32bit de 72Mhz, que faz a ponte de comunicação entre o rato e o nosso computador.

Se já leram algumas as minhas outras análises, devem saber que pessoalmente dou preferência aos ratos óticos, devido a terem menos problemas de tracking e aceleração em relação aos laser com mais DPIs. O facto de regra geral terem também um lift-off distance (LOD) mais baixo em comparação com os sensores laser, faz com que sejam mais “ágeis” de usar (embora em muitos ratos, esse parâmetro já é possível configurar por software).

IMG_0108

A parte estética não foi esquecida, a Roccat fez questão de equipar o Kone XTD Optical com um sistema de 4 LEDs, que se podem personalizar conforme o gosto, suportando até 16.8 milhões de cores. Em termos de desempenho nada muda, mas como se costuma dizer, os olhos também comem e é uma adição bem vinda.

IMG_0122

Mas, os pormenores não se ficam por aqui, oferecendo esta rato ainda a possibilidade de adicionar ou retirar peso, mediante a preferência de cada utilizador. Traz quatro pesos de 5 gramas cada, para colocar em zona apropriada.

Especificações Técnicas

Especificações Kone XTD Optical

Desempenho e Utilização

O Roccat Kone XTD Optical é um rato destro e diga-se, bastante ergonómico. Mesmo após várias horas de utilização consecutivas, a fadiga no pulso e mão é bastante reduzida, contudo, pessoas com mãos mais pequenas, talvez se adaptem melhor ao Kone Pure Optical.

Ao nível da performance, permite um excelente tracking, extraordinária precisão e super rapidez na resposta aos movimentos. O LOD (Lift-off Distance) pode ser ajustado de acordo com o tipo de utilização e estilo de jogo, havendo quatro níveis para o efeito.

O toque proporcionado pelos botões é bom e a roda de scroll é sem duvida das melhores que já tive oportunidade de usar. Além de robusta, não tem qualquer oscilação/folga e permite quatro direcções, baixo, cima, esquerda e direita.

Mas, chega de conversa e vamos ver do que este Roccat efetivamente é capaz. O tapete utilizado para os testes foi o Roccat Sense Meteor Blue e o rato ligado via USB 2.0.

Testes:

O Kone XTD Optical vem de origem definido com 5 presets de DPIs, são eles 400dpi, 800dpi, 1600dpi, 3200dpi e 5000dpi. Foram portanto estes os níveis de DPIs analisados, todos a 1000Hz, com a inclusão dos DPIs máximos pelo sensor, 6400dpi.

Enotus 400dpi

Palavras para quê, os resultados falam por si. Precisão a roçar quase o perfeito com 99,5%, velocidade extraordinária de 10.98m/s e suavidade a 35%.

Enotus 800dpi

A 800dpi, novamente a performance a estar lá no topo, conseguindo 6.65m/s de velocidade com uma precisão de 98,6%.

Enotus 1600dpi

Subindo para 1600dpi, novamente os números a falarem por si próprios, com uma fantástica precisão de 99,9%, velocidade de 3.78m/s e suavidade a situar-se quase nos 31%.

Enotus 3200dpi

Para grandes resoluções, naturalmente o desempenho a descer ligeiramente, mas mesmo assim, o comportamento do rato continuou a grande nível. Velocidade de 2.02m/s, precisão de 97,7% e novamente a suavidade na casa dos 30%.

Enotus 5000dpi

Em 5000dpi, a suavidade e a velocidade desceram um pouco mais, contudo, 1.25m/s ainda é um bom registo para esta resolução. A precisão, continua lá no alto, com 98,2%.

Enotus 6400dpi

Finalmente a 6400dpi, a velocidade aumentou para 1.84m/s, descendo a precisão para uns 96,7%. A precisão que este sensor consegue nos vários níveis de DPIs é de facto impressionante.

Software

O Roccat Kone XTD Optical não vem acompanhado do software, sendo necessário ir à página do fabricante fazer o download do mesmo. Para vos poupar trabalho, podem aceder diretamente a partir daqui.

Software_1

Nesta primeira secção, está disponível a configuração dos DPIs, sensibilidade, velocidade do scroll e duplo click. Existem ao todo 5 perfis, que podemos configurar a gosto e gravá-los na memória interna do rato, para usar em qualquer lado.

Software_2

Na secção seguinte, podemos configurar todos os botões existentes, assim como, definir aqueles que vão trabalhar no modo Easy-Shift[+]. Também não foi esquecida a opção de personalização das macros.

Software_3

Este separador é dedicado aos efeitos sonoros, taxa de atualização (1000Hz, 500Hz, etc), velocidade do ponteiro no Windows e ajuste do LOD (Lift-off Distance). Conta também com duas novidades, o Angle Snapping, que permite corrigir a trajectória do ponteiro para maior precisão e o alinhamento do sensor para movimentos verticais ou horizontais.

Software_4

A zona da iluminação, onde possibilita uma vasto leque de ajustes para personalizar as cores a nosso gosto e estilo.

Software_5

Esta secção é meramente para fins estatísticos, contabilizando o número de clicks dos vários botões, distância que percorremos com o rato, etc, onde ganhamos alguns troféus no processo.

Software_6

Zona com mais importância do que a anterior, onde está presente o suporte online, assim como, informação sobre os drivers instalados e pesquisa por versões mais recentes.

Considerações Finais

Depois do bom nível demonstrado pelo Kone Pure Optical, seria de prever que este XTD Optical no mínimo igualasse em termos de desempenho e qualidade. Tais expectativas não sairam defraudadas e de facto este rato da Roccat é um produto de topo.

Na utilização diária nunca desiludiu e nos testes ao sensor também não, onde os resultados falam por si. Depois de algumas horas de jogo, principalmente online, foi evidente o excelente tracking e controlo que permite nas mais variadas situações.

A mudança on-the-fly pelos diversos níveis de DPIs também se processa de forma fluída e mais uma vez friso a roda de scroll, que é de enorme qualidade. O ponto mais negativo são as camadas finas de borracha laterais, que são bastante lisas e não permitem tanto grip quanto o desejável.

IMG_0105

O software que o complementa, ao inicio pode parecer algo confuso, mas tal não se revela verdadeiro após um breve olhar mais atento. É bastante completo, mas ao mesmo tempo simples e intuitivo, não oferecendo dificuldade para qualquer pessoa menos entendida.

Em forma de finalização, posso dizer que este Roccat Kone XTD Optical é um rato de topo no verdadeiro sentido da palavra, com desempenho muito elevado em todos os níveis de DPIs e componentes de qualidade. Infelizmente, não é um produto para todos os bolsos, visto que custa 85€ no mercado nacional. Contudo, para quem puder investir e quiser o melhor para gaming sem sair dos sensores ópticos, tem neste XTD uma escolha muito acertada e um valor seguro.

No entanto, penso ser importante frisar que este tipo de periféricos são muito pessoais, cada um de nós tem mãos diferentes e estilos diferentes de pegar no rato, daí que, antes de efectuar qualquer compra, é altamente recomendado experimentar ou pelo menos ter o rato na mão.

selo-9_5Prós:

  • Software bastante abrangente.
  • Sensor com excelente desempenho.
  • Roda de scroll com elevada robustez.
  • Duas funções em cada botão, através do Easy-Shift[+].
  • Peso personalizável.

Contras:

  • Preço.
  • Borrachas laterais algo lisas.

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos