Home Periféricos Teclados Review Razer Blackwidow Chroma

razer-blackwidow-chroma-5

Há pouco mais de um mês recebi este teclado para review, o Razer Blackwidow Chroma. Nunca percebi a febre dos teclados mecânicos. Venerados por todos os meus colegas que jogam, não conseguia encontrar a razão porque eram tão desejados. Já tinha experimentado vários, mas sempre de relance. Na maioria pareciam barulhentos, grosseiros e antiquados, só lhes faltava o pó.
De facto, os teclados mecânicos deixaram de ser usados há 20 anos. Foram substituídos por teclados de membrana ou chiclet, com custos de produção mais baratos, e sem prescindir de qualquer vantagem na altura.

razer-blackwidow-chroma-4

Então comecei a fazer a review do Razer Blackwidow Chroma. E nota-se mesmo a diferença! A resposta e o conforto são excepcionais. Cada clique tem uma resposta igual, e é uma diferença que se nota imediatamente. Independentemente do que cada utilizador espera de um teclado, ou o quão exigente é com o desempenho que precisa de tirar deste periférico, este teclado não vai desiludir.

razer-blackwidow-chroma-3

Detalhes do produto

Razer Mechanical Switches com força de actuação de 50g
Tempo de vida de 60 milhões de ativações
Teclas individualmente retro-iluminadas por RGB com 16,8 milhões de cores
Compatível com Razer Synapse 2.0
Anti-ghosting de 10 teclas
Teclas totalmente programáveis com gravação de macro em tempo real
5 teclas adicionais para macros
Função Modo de Jogo
Entradas de jack áudio e microfone
Porta USB 2.0
Ultrapolling 1000Hz
Cabo revestido
Dimensões aproximadas: L:475mm x A:171mm x P:39mm
Peso aproximado: 1500g

box front

Embalagem e Conteúdo

Na frente da embalagem encontramos uma descrição geral do produto, um lettering em holograma numa apresentação bastante típica da Razer. Podemos experimentar as teclas direccionais através de uma abertura na caixa. As teclas expostas são um bom golpe de marketing, mas são um erro porque as expõe continuamente a danos, sujidades ou clientes menos cuidadosos enquanto está exposto, até chegar a casa.
Nas laterais e traseira encontramos informações sobre o teclado em maior detalhe, traduzidas em várias línguas. É-nos apresentado o funcionamento das teclas mecânicas verdes proprietárias da Razer.

Razer Blackwidow Chroma back box

No interior vemos imediatamente o teclado, coberto com uma protecção em plástico e incrivelmente bem acondicionado na embalagem, toda em cartão rígido. Após a desafiante tarefa de tirar o periférico da caixa, encontramos a habitual mensagem de boas vindas, guia de utilização e um par de stickers.

Razer Blackwidow Chroma contents

Features

O cabo revestido é simplesmente monstruoso, termina em dois conectores USB, um para o teclado outro para uma porta na lateral, bem como um par de jacks de micro e headphones. A localização das entradas teria sido mais inteligente na parte superior ou mesmo do lado esquerdo, em vez do lado direito do teclado, onde pode interferir com o sítio habitual do rato, especialmente em secretárias com menos espaço. O cabo é bastante rigido e pode ser dificil orientá-lo ao sitio pretendido.

razer-blackwidow-chroma-2

Ligando o teclado, inicia-se o ciclo de cores por defeito. Só após a instalação do Razer Synapse, dos respectivos drivers e de um restart é que temos acesso ao configurador. Este é uma edição Chroma, tal como o Razer Naga Epic Chroma que já passou pela Lilireviews, com full RGB de 16.8 milhões de cores. Com uma interface muito intuitiva, em poucos minutos dominam-se as configurações de cores, macros e definição de funções de teclas. A cada tecla podem ser atribuídas diversas funções, nomeadamente lançar programas, controlar media, atalhos do Windows ou mesmo mais macros.

Razer Blackwidow Chroma assignment

As macros podem ser gravadas em qualquer tecla, não só nas 5 dedicadas laterais, e são muito fáceis de criar.

Razer Blackwidow Chroma icons

Fn + F9 iniciam a gravação, um símbolo de macro liga, marca-se a combinação pretendida, Fn + F9 novamente, o símbolo de macro começa a piscar e prime-se a tecla onde queremos que fique guardada. E já está, o símbolo de macro desliga e assim que carregamos na tecla, é executado o comando guardado. No Razer Synapse podemos editar as macros, mudar um clique falhado ou alterar os intervalos entre acções até à milésima de segundo.

Razer Blackwidow Chroma macro

E o que torna este teclado realmente incrível são as possibilidades infinitas de configuração! Desde agrupar teclas por cores aos efeitos mais complexos, a criatividade de cada um é o limite. Os efeitos predefinidos podem ser completamente personalizados, ondas, pulsos, teclas reactivas, e até mesmo marcar as teclas dos jogos favoritos. De raiz encontramos logo os layouts para CS:GO, League of Legends, Starcraft e genéricos para FPS, MMO, MOBA e RTS, que podem ser posteriormente alterados.

Razer Blackwidow Chroma lol

Razer Blackwidow Chroma

Layout League of Legends

E mais, cada tecla é individualmente retroiluminada por RGB com 16.8 milhões de cores, permitindo um número incontável de combinações posíveis. Comparativamente ao K70 RGB da Corsair a utilização do configurador é extremamente mais simples e oferece os mesmos resultados. Para quem quiser explorar, encontram-se comunidades online com perfis descarregáveis.

Razer Blackwidow Chroma

 

A Utilização

A experiência de utilização pode ser comprometida com alguns detalhes. Para quem precisa de olhar para o teclado para escrever, os caracteres utilizados são hieroglíficos, e precisam de alguma descodificação e hábito para que não se perca velocidade de escrita. O mesmo aplica-se aos layouts disponíveis, os formatos das teclas são diferentes e requer habituação. Por exemplo, neste layout US, que é o que mais facilmente se encontra em portugal, a tecla Enter ocupa o espaço do acento til, o lugar da tecla é ocupada pelo Shift esquerdo, e a maioria dos acentos e caracteres especiais estão em posições diferentes. E teremos que escolher entre usar o teclado memorizando o layout português, ou mudar para US e reaprender as novas posições das teclas. Infelizmente, ainda não estão disponíveis keycaps de substituição para layout português.

razer-blackwidow-chroma-1

O conforto na escrita ou em jogo é algo impossível de negar. É muito estável, com e sem os pés de borracha estendidos. Os 50 gramas de acção são uma característica que depende do gosto de cada um, bem como o ponto de actuação de 1,8 (±0,4) mm, que é significativamente mais curto que os Cherry MX. A resposta táctil e sonora são mais um factor a ter em conta, para alguns são requisitos, para outros podem ser incomodativos. Notei que para o utilizador é menos perturbador do que para pessoas que estejam próximas, é portanto algo a ter em conta caso o teclado tenha de estar num espaço partilhado. Ainda assim, o Razer Blackwidow Chroma é um teclado que oferece uma experiência muito satisfatória e sem arrependimentos pelo preço a que está disponível, pouco acima do Razer BlackWidow Ultimate e Ultimate Stealth.

Avaliação

selo-9_3

Pontos fortes

  • irrepreensível na construção
  • retroiluminado, com ilimitadas configurações
  • confortável e de resposta fiável
  • portas usb e jacks de áudio in/out
  • gravação de macros on the fly

Pontos fracos

  • sem layout português
  • caracteres de difícil leitura
  • portas usb e áudio do lado direito
  • green switches ruidosos
1 Comentário a este artigo

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos