Home Hardware Caixas Review NZXT Manta

Pontuação
Aspeto - 9
Qualidade de Construção - 9
Interior - 7.5
Desempenho - 8.5
Preço - 6

A NZXT Manta é a nova caixa da marca para sistemas Mini-ITX, que são cada vez mais populares e utilizam cada vez melhor hardware.

O aspeto da caixa é, no mínimo, refrescante, devido aos painéis curvos que de certa forma quebram as regras das linhas direitas que se encontram em todas as caixas e também servem um propósito em termos de arrumação interior.

Esta caixa também quebra as regras no que toca a dimensões para sistemas mini-ITX.

Existem quatro versões disponíveis, preto matte com janela, preto matte sem janela, combinação preto e vermelho e combinação branco e preto.

nzxt manta

Vídeo de unboxing e vista geral da caixa NZXT Manta

Especificações

Motherboards suportadas: Mini-ITX
Dimensões: L: 245 x A: 426 x P: 450 mm
Peso: 7.2 kg
Altura máxima do dissipador de CPU: 160mm
Comprimento máximo da placa gráfica: 363mm
Comprimento máximo da fonte de alimentação: ATX 363mm
Refrigeração
Frontal: 2 x 140/120mm (2 x 120mm incluídas)
Topo: 2 x 140/120mm
Traseira: 1 x 120mm (Incluída)
Suporte para radiadores
Frontal: Até 280mm
Topo: Até 280mm
Traseira: 120mm
Baías
3.5″ internas: 2
2.5″ internas: 3
Slots de expansão: 2
Painel frontal: 2x USB 3.0, jack 3.5mm para auscultadores e microfone

Página Oficial

Considerações sobre o Exterior

As linhas exteriores da NZXT Manta têm curvaturas interessantes que formam uma espécie de bolha. A construção é bastante robusta, grande parte em metal com algumas partes em plástico. Os painéis laterais, frontal e superior também são metálicos e bastante pesados, talvez ajude no isolamento sonoro.

A janela é enorme e para a viagem vem protegida por película em ambas as faces. O acrílico utilizado permite ter uma visão clara do material que está no interior, que se espera ser hardware de topo.

nzxt manta

As laterais utilizam aqueles parafusos que não saem do painel, mas como sempre foram apertados com imensa força e ao desapertar a tinta da caixa até se desfaz.

Na parte superior tem o botão para ligar e desligar, tem duas portas USB 3.0 e os jacks para auscultadores e microfone.

nzxt manta

A NZXT Manta tem uns pés que a elevam ligeiramente com tiras em borracha para absorver as vibrações. Na zona da fonte de alimentação tem um filtro de pó de fácil acesso. Bem escondida no fundo vem a caixa com os acessórios. Neste caso vários saquinhos com parafusos, um catálogo de produtos e uma quantidade considerável de zip ties.

nzxt manta

Na frontal a única coisa a mencionar é a forma discreta como a NZXT incluiu o seu logotipo. Por trás do painel tem um filtro de pó e espaço para instalar mais ventoinhas. Esta caixa, e outras da marca, já não têm suporte para drives de DVD e outros dispositivos do género, que ocupavam baías de 5.25″.

nzxt manta

Na traseira tem a zona da fonte de alimentação, tem dois slots de expansão e uma ventoinha. A zona para o espelho da board é iluminada por dois LEDs brancos que são controlados por um botão também na traseira.

nzxt manta

A caixa tem algumas zonas que facilitam a passagem do ar e que estão bem disfarçadas na parte da frente, lateral e traseira.

Considerações sobre o Interior

Relativamente ao interior da NZXT Manta, é bastante espaçoso e bem organizado, claramente inspirado em modelos ATX da mesma marca. O compartimento superior é para instalar a board, discos 2.5” no tray da board e tem várias opções para sistemas de refrigeração a água.

nzxt manta

Na zona do CPU o tray da motherboard tem um grande corte que facilita a instalação de dissipadores, que no caso de dissipadores em forma de torre, podem ter até 16 cm de altura. A furação não bate certo com todas as motherboards.

nzxt manta

Nesta face é possível instalar dois discos 2.5″ em dois suportes que fixados com parafusos. É uma solução engraçada, principalmente para quem quer mostrar os hardware, mas a maioria dos SSDs fica com a designação de pernas para o ar. Além disso, por falha de planeamento, o sistema de iluminação NZXT HUE+ não dá para instalar nestes slots. O mesmo problema aparece para quem pensar utilizar os novos SSDs Intel 750.

nzxt manta

O compartimento inferior é para instalar a fonte de alimentação, com suporte para fontes de formato ATX com comprimento até 36 cm e tem um slot para um disco 2.5″ ou 3.5″. Tem espaço suficiente para acomodar o excesso de cabos. O painel que divide estes dois espaços tem aberturas que promovem a circulação de ar na zona da placa gráfica.

Nota-se preocupação com a arrumação dos cabos com a barra central e várias aberturas nos painéis, no entanto, faltam as proteções em borrachas em cada abertura. Tendo em conta a disposição de algumas motherboards Mini-ITX algumas aberturas parecem estar mal posicionadas.

Para colmatar uma limitação comum das board Mini-ITX, que é o número reduzido de conectores para ventoinhas, esta caixa inclui um HUB que dá para ligar 8 ventoinhas, tem ligação PWM e é alimentado por molex.

nzxt manta

Ao lado, pode instalar-se um disco 3.5″ mas os pontos de fixação requerem que os discos SSD montados na parte da frente sejam removidos.

Na parte interior, apenas o logotipo gigante da NZXT na zona da fonte é iluminado a branco.

Em termos de refrigeração a caixa inclui 3 ventoinhas de 120mm e tem fixação para mais duas no topo. O tamanho máximo suportado é de 140mm. Para os sistemas de refrigeração a água, há várias possibilidades no interior da caixa, muito além do que será necessário para um sistema Mini-ITX. Neste caso particular optei por instalar o radiador de 280mm na frente e os resultados de temperatura foram satisfatórios.

nzxt manta

Considerações Finais

A NZXT Manta chegou a horas para a nova tendência dos sistemas Mini-ITX. A marca arrojou no aspeto exterior mas além disso não arriscou nem inovou muito.

Conseguiu integrar um excelente pormenor através do HUB de ventoinhas, que eleva o potencial de refrigeração desta caixa a um nível onde as outras não conseguem chegar porque as boards Mini-ITX oferecem poucos conectores para ventoinhas. Além do HUB também tem previstos vários pontos para instalação de radiadores de várias dimensões bem como reservatórios em sistemas personalizados.

A disposição interior é inspirada em modelos bem sucedidos da NZXT apresenta boas soluções para gestão e arrumação dos cabos. Os cabos da própria caixa são completamente pretos para passarem despercebidos.

nzxt manta

O processo de montagem é mais fácil do que em qualquer outra caixa Mini-ITX por várias razões sendo a mais importante e óbvia está relacionada com as dimensões da caixa. A própria curvatura dos painéis também ajuda a criar mais espaço para os cabos e a possibilidade de os remover facilmente também facilita a montagem. O resultado será quase sempre um PC com ótimo aspeto e com poucos ou nenhuns cabos à vista. Convém é montar um PC com músculo ou a caixa vai parecer muito vazia.

A NZXT Manta está disponível em Portugal por cerca de 130 euros, um preço bastante elevado para uma caixa, especialmente para Mini-ITX. Pelo preço, dimensões e formato é uma caixa de nicho mas a qualidade de construção e bom desempenho estão garantidos.

nzxt manta
Pontos fortes:
+ Qualidade de construção
+ HUB de ventoinhas
+ Suporte para refrigeração a água
+ Opções para gestão de cabos

Pontos fracos:
– Preço
– Dimensões para Mini-ITX

 
 

Terei todo o gosto em esclarecer qualquer dúvida sobre a NZXT Manta.

Pontuação
Aspeto - 9
Qualidade de Construção - 9
Interior - 7.5
Desempenho - 8.5
Preço - 6
Autor
Engenheiro Civil, a viver em Taipei, Taiwan com enorme gosto por tecnologia e partilha de informação. Estou no LILIREVIEWS desde 2007 e ao longo destes anos tive oportunidade de desempenhar diferentes funções em marcas líderes nesta área, nomeadamente na OCZ, Antec, AOC, NZXT, Razer e Gigabyte. Sou fã de novidades em hardware e passo demasiado tempo em jogos online, onde me podes encontrar com o nick MulherGorda.

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos