Home Hardware Portáteis Review MSI GE70 2PE APACHE PRO

msi-wallpaper-5-1024x640

Na LILIREVIEWS já tivemos oportunidade de testar diversos tipos de equipamentos e produtos, alguns que se revelaram um privilégio autêntico. O equipamento que vos vamos dar a conhecer hoje é uma estreia absoluta, o poderoso portátil de gaming (de entrada de gama) da MSI, o MSI GE70 2PE Apache Pro.
A título curto, a MSI (Micro-Star International Co., Ltd) é um dos maiores fabricantes de motherboards e GPUs de todo o mundo sediado em Taiwan. Nos últimos anos a MSI tem crescido imenso o que se verifica pela diversidade de produtos que apresentam, inclusivé, pela quantidade de prémios que têm recebido pela excelência dos produtos e pelo desempenho, no seu geral.

LiliReviews_MSI|GE702PE_frontOpen_2

O MSI GE70 2PE pertence à série E da gama de portáteis existentes, entre a série GT, GS, GX e GP, constituída por 14 portáteis no total, tendo sido galadoardo com variados prémios entre os quais de melhor aspecto, melhor desempenho, melhor qualidade de materiais e claro, melhor pack de componentes num só portátil.

Características

  • CPU de 4ª geração Intel® Core™ i7
  • Sistema Operativo: Windows 8.1
  • Chipset:Intel® HM87
  • Memória: DDR3L até 16GB x 2 DIMMs
  • LCD: 17.3″ Full HD (1920×1080), Anti-brilho
  • GPU: NVIDIA GeForce GTX 860M
  • Gráficos VRAM 2GB GDDR5
  • HDD (GB): Até 256GB Super RAID + 750GB HDD 7200rpm
  • Drive óptica BD Combo / DVD Super Multi
  • Som:Dynaudio
  • Webcam: HD (30fps@720p)
  • Leitor de cartões: SD (XC/HC)
  • Placa LAN: Killer™ E2200 Game Networking LAN
  • Placa Wireless: 802.11 b/g/n
  • Bluetooth: Bluetooth v4.0
  • Teclado: SteelSeries 103 teclas
  • Adaptador AC: 120W
  • Bateria: 6 células Li-Ion(4400mAh 49Wh)
  • Dimensões: 418(W) x 269(D) x 39(H)mm
  • Peso (KG): 3.0Kg (c/ Bateria)
  • Acessibilidade: 1xD-Sub (VGA) ; 1xHDMI; 2xUSB 2.0; 2xUSB 3.0; 1xMic-in/Headphone-out

Unboxing

Num primeiro contacto com a embalagem do MSI gostei das cores vibrantes e a quantidade de informação controlada com grande destaque para o dragão e as características de destaque deste portátil de gaming. Este aspecto limpo confere simplicidade como se o melhor ainda estivesse para vir.

LiliReviews_MSI|GE702PE_boxFront

LiliReviews_MSI|GE702PE_box2

Na lateral da caixa existe um autocolante com as principais características do portátil assim como o número de série (SN).
A referência a que é um equipamento de escolha dos grandes jogadores eleva a curiosidade assim como a confiança sobre o produto. No interior o acondicionamento do portátil é razoável tendo visto embalagens de portáteis com melhores condições de segurança e cuja gama era inferior. Neste aspecto fiquei desiludido porque ambicionava que as condições fossem de maior robustez, por exemplo, de mais material para proteger os topos do portátil e não o deixar tão vulnerável às possíveis pancadas exteriores.

LiliReviews_MSI|GE702PE_boxBack

Num ponto mais positivo o GE70 2PE vem dentro de uma bola preta da MSI para proteger de riscos e uma espuma ligeiramente espessa para adequar a posição do mesmo às placas de cartão existentes.

LiliReviews_MSI|GE702PE_material

O cabo, carregador, manuais e um CD de drivers, vêm devidamente acondicionados nos compartimentos existentes nas laterais e por debaixo do portátil.
Um pormenor que achei interessante foi a facilidade de acesso aos componentes, como se a MSI facultasse a rápida acessibilidade para substituição dos mesmos.

LiliReviews_MSI|GE702PE_components2

A boa organização do espaço e disposição dos componentes permite retirar e inserir uma nova unidade com facilidade sem que seja preciso uma grande destreza na remoção dos clips e parafusos que os seguram. O acesso à pilha da BIOS é excelente para situações futuras onde, devido à quantidade de calor e o clock do processador a elevadas frequências, poderá ser necessário uma intervenção nesta unidade.

LiliReviews_MSI|GE702PE_ssd

O disco SSD que equipa o MSI é de dimensões muito reduzidas e está claramente identificado sendo possível observar bem os conectores para a sua substituição.

LiliReviews_MSI|GE702PE_ssd2

O disco rígido HDD está num compartimento separado e bem definido para que este fique confortavelmente bem seguro para evitar consequências na cabeça do mesmo com as movimentações do portátil. Analogamente, a sua colocação e remoção é muito fácil.

LiliReviews_MSI|GE702PE_ram

A memória é o outro componente muito destacável neste compartimento geral, e ao contrário do que se verifica em outras unidades de gaming, está localizado na parte inferior do portátil e não debaixo do teclado. Existem imenso espaço para o seu manuseamento.

Neste aspecto de localização e facilidade de acesso aos componentes, dou o meu valor à MSI por ter pensado nas maiores dificuldades que os utilizadores mais exigentes e que levam ao extremo este tipo de portátil, sofrem após uns anos de utilização. Esta análise dá-me a segurança de que, se adquirisse este computador, podia a qualquer momento fazer uma atualização de hardware a estes componentes para obter mais rendimento e assim obter mais produtividade.

Estética

LiliReviews_MSI|GE702PE_lid

Esta portátil de gaming da MSI apresenta das melhores estéticas que já vi num portátil destinado a jogos, sendo só comparável com o Qosmio e mais recentemente, o Razer Blade. O GE70 2PE tem um chassis muito sóbrio todo em preto, com um pequeno detalhe vermelho a acompanhar a estrutura inferior do mesmo. Em todo o seu resto, o outro elemento que se destaca é o logo da MSI na tampa com o destaque para a série de gaming G e a imagem do dragão.

LiliReviews_MSI|GE702PE_lidClosedBack

LiliReviews_MSI|GE702PE_lidClosed

Com a tampa fechada, o volume ocupado pelo portátil é relativamente pequeno para este tipo de equipamento, não o favorecendo como a derradeira máquina de gaming que é, mas mesmo assim, todo o seu look é muito simples não havendo nenhuma porta de acesso áudio/vídeo/rede/usb/ethernet ou até mesmo de corrente na parte de trás nem na sua frente.

LiliReviews_MSI|GE702PE_side

Na lateral esquerda estão localizadas as portas USB 3.0, o leitor de cartões, cadeado, jacks de áudio e microfone e a porta HDMI, ao lado da refrigeração. Hoje em dia é muito habitual ver variados tipos de disposição das portas nos portáteis o que me leva a questionar se existe algum tipo de organização ou regra para a colocação destes elementos, uma vez que, as portas USB encontram-se imediatamente uma ao lado da outra. Para o uso do quotidiano dá jeito ter mais que duas ligações USB num computador mas quando surge a necessidade de ligar vários dispositivos, a dimensão do terminal do dispositivo pode impedir a ligação de um outro na porta ao lado. Isto é um problema que sempre se verificou nos portáteis de gaming, pelo seu número reduzido de portas e disposição próxima, impedindo por vezes, de ligar o rato e outro equipamento como um teclado, headset ou até mesmo o cooler.
Mesmo assim, no GE70 2PE isto só é um problema se quisermos usar as portas 3.0, caso contrário, podemos usar as portas 2.0 do outro lado.

LiliReviews_MSI|GE702PE_side2

Do lado direito está colocada a drive óptica de CDs/DVDs, a porta VGA e duas portas USB 2.0 em que uma delas possui mais voltagem para um carregamento mais rápido de dispositivos por USB, como por exemplo, um iPod.

LiliReviews_MSI|GE702PE_back

Uma pormenor muito bom deste portátil e que em nada afecta a sua estética, é a quantidade de entradas de refrigeração existentes para um melhor fluxo do ar quente para o exterior. Na base do portátil estão disponíveis 5 entradas para esse efeito, mostrando que houve uma preocupação com os problemas de aquecimento, que afectam em muito este tipo de portáteis.

LiliReviews_MSI|GE702PE_keyboard

Com a tampa aberta, existem 3 botões de controlo mais rápido de algumas funcionalidades como o ON/OFF do PC, o ON/OFF da ventoinha e um comutador entre os perfis de iluminação do teclado. O facto de estar disponível a comutação da ventoinha para as aplicações e jogos mais exigentes, a par das entradas de refrigeração já faladas, ajuda a perceber o desempenho e conforto de utilização que é proporcionado.

LiliReviews_MSI|GE702PE_keyboard2

O touchpad foi posicionado centrado ao teclado o que é bom para poder usar a base como palm-rest com segurança sem que movimentos involuntários dos dedos tenham interações indesejadas no touchpad. Este possui uma pequena orla de alumínio em seu redor o que confere um look agradável. O teclado em si está ligeiramente “afundado” na estrutura do portátil, estando colocado numa superfície que o coloca quase à superfície. Esta estutura onde está o teclado destaca a presença do logo SteelSeries como a responsável pelo teclado e da Dynaudio, responsável pelo sistema de som. Por baixo dos logos existe um linha fina e simples de cor vermelha que dá acompanhamento visual à que existe na orla exterior do portátil. Realço que estéticamente, dá imenso gosto utilizar o portátil com estes pequenos detalhes que o tornam numa máquina com um estilo bem definido e simples, sem necessidade de grandes elementos chocantes como a Toshiba usou com o Qosmio.

LiliReviews_MSI|GE702PE_keyboard

O portátil é claramente um portátil de gaming pelo seu peso, dimensões e aparência e é difícil encontrar pontos de critica à sua robustez mas, as dobradiças que o GE70 2PE possui, não transmitem a confiança absoluta se considerarmos o movimento de abertura da tampa e fecho imensas vezes. Das várias utilizações, senti alguma debilidade no manuseamento do monitor com as duas mãos por as dobradiças assim o requererem. Neste tipo de portátil é sempre bom que estes componentes sejam reforçados para os mais variados usos e até acidentes de manuseamento, mesmo que o peso do portátil seja importante, como é este o caso onde, embora pesado, não é dos portáteis de gaming mais pesados. Factor bem conseguido pela MSI.

Imagem, Som e Teclado

Monitor

O poder gráfico deste portátil não podia ser desperdiçado num monitor de baixa resolução e polegadas pelo o que as 17.3 polegadas Full HD que a MSI equipou, são sem dúvida o balanço perfeito para uma máquina de jogos derradeira para correr tudo na atualidade e ser transportável ao mesmo tempo sem que custe nas costas ou em espaço. Existem soluções de 18 polegadas e superior para esta gama de gaming mas acho que é desaconselhável quando precisamos de ter poder de processamento e alguma mobilidade por sítios variados.

LiliReviews_MSI|GE702PE_frontOpen_2

O ecrã não apresenta dos melhores contrastes do mercado mas tem qualidade suficiente para se destacar e um correcto equilíbrio na regulação da luminosidade do ecrã com a sua característica anti-brilho, permite estar no exterior com muita luz e conseguir visualizar as informações no ecrã. A dimensão do ecrã e os 1080p para visualização de filmes e conteúdos é excelente sendo que a disposição 16:9 é a ideal numa perspectiva proporcional do conteúdo reproduzido.
Numa era de acesso barato ao Full-HD já não é tão grande o espanto da qualidade que os monitores proporcionam, sendo apenas relevante analisar se o equipamento está equipado com tal tecnologia. Neste portátil a MSI não falhou e permite aos utilizadores mais exigentes disfrutar de uma qualidade de imagem soberba nos filmes e principlamente, nos jogos, graças à GTX 860M que traz, contribuindo para uma sensação de involvência no jogo espectacular. Testei com imensos conteúdos e sem dúvida que em jogos como por exemplo o Crysis e Tomb Raider, o prazer de jogar é exponencialmente aumentado pelos gráficos que regalam os nossos olhos. A oportunidade de jogar o mesmo tipo de jogo, p.e o Crysis, em máquinas de jogos diferentes, com monitores de qualidades totalmente opostas, contribuem positivamente para uma avaliação de destaque do GE70 2PE. Digo-vos que um jogo que já era viciante o suficiente, com esta qualidade gráfica, torna-se muito mais viciante. Um detalhe menos positivo é a capacidade do ecrã reter as dedadas e outras marcas pelo que é preciso ter cuidado para manter o mesmo sempre limpo para evitar riscos ou outros danos que possam surgir.

Teclado

O MSI vem equipado com imensos detalhes e componentes de luxo, como é o caso do teclado da SteelSeries. Foi uma agradável surpresa ver um portátil equipado com um teclado de um dos maiores fabricantes de perfiéricos de gaming igualmente muito boa a experiência com ele. Este teclado, em formato de chiclete, é muito robusto e com materiais de grande qualidade e suaves ao toque. A pressão necessária nas teclas não é exagerada e equipara-se a teclados externos destinados a gaming sendo um factor positivo, garantindo que um fã Steelseries vai usar este teclado sem qualquer problema ou estranheza.

LiliReviews_MSI|GE702PE_frontOpen

Noutro lado de comparação, as teclas são feitas de um material mais duro e com um toque menos plastificado o que numa transição de outro teclado, dá a falsa ideia que é preciso fazer mais pressão nas teclas para registar. Estou habituado a escrever em vários tipos de teclados diariamente e a sensação é totalmente diferente, sendo que a maior diferença, em termos de conforto de escrita, é do teclado de um Macbook Pro onde este fornece uma ergonomia e prazer maior, e em termos de habituação, é de um teclado de escritório de qualidade boa onde este teclado da Steelseries ganha imensos pontos. Destes testes que fiz, é mais fácil criar habituação a este teclado de um formato de teclado da Apple do que de um outro sendo que a sensação e conforto de escrita é excelente.

Gostei muito do prazer de redigir longos textos com uma reduzida taxa de enganos. A localização e dimensão das teclas, por ser um teclado de gaming, não foram alteradas em relação aos padrões normais a que estamos habituados, nem existem teclas alusivas ao gaming para definição de macros ou simplesmente, com uma cor diferente com as ‘W’,’A’,’S’ e ‘D’. Este modelo GE70 2PE a que tivémos acesso, veio equipado com um teclado em Espanhol mas isso só muda a funcionalidade e localização de poucas teclas.

LiliReviews_MSI|GE702PE_keyboard2

De realçar que o teclado traz também KeyPad onde estão embutidas todas as funcionalidades de controlo do brilho, som e luminosidade das teclas. Sempre fui adepto de portáteis com KeyPad pelo imenso jeito que dão e por desbloquearem o resto do teclado para um uso mais exaustivo sem que tenhamos que estar a activar o NumLock para as teclas de escrita convencionais ou a usar o FN para combinação das Function Keys. É um pormenor relevante na aquisição de um portátil, especialmente de gaming, onde cada vez mais as configurações dos jogos e aplicações fazem uso de todas as teclas e rápidas combinações.

LiliReviews_MSI|GE702PE_keyboard_5

LiliReviews_MSI|GE702PE_keyboard_1

Como referido anteriormente, este portátil da MSI traz uma tecla dedicada para comutação dos perfis de iluminação do teclado assim como outras duas para regular a luminosidade do mesmo. Estes perfis podem ser configurados de imensas maneiras no software da Steelseries (SteelSeries Engine) embutido no software da MSI (Dragon Gaming Center), descarregável no site, ou que já vem instalado no PC. Para os mais fanáticos que gostam de editar tudo o que é possível, para os que gostam de dar nas vistas com várias cores em simultâneo ou cores berrantes, para os que gostam, de forma simples, ter uma luz para as utilizações à noite, este software é perfeito nesse sentido.

Lilireviews_MSI_STS_1

No Engine o MSI GE70 é reconhecido como o teclado Default, sobre o qual podemos aplicar várias alterações e configurações. No primeiro ecrã podemos criar Perfis para vários tipos de aplicações ou até mesmo utilizadores, facilmente alternáveis por atalhos no teclado. Existe ainda liberdade para definir acções para teclas individuais.
Nas abas disponíveis podemos configurar as teclas, a iluminação, as preferências, propriedades e ainda obter dados estatísticos da utilização. Relativamente à iluminação o processo é muito simples e intuitivo.

Lilireviews_MSI_STS_2

Existem 4 perfis de cores denominados Layers que afectam a iluminação do teclado por zonas com um determinado efeito aplicado. Em cada uma dessas layers, o utilizador pode escolher o efeito a aplicar entre 6 disponíveis (Normal, Gaming, Breathing, Wave, Dual Color e Audio) sendo o nome deles todos intuitivos após perceber a definição do que a SteelSeries considera a segmentação das zonas (equitativas). Dependendo do efeito escolhido podemos, de entre as milhões de cores disponíveis, aplicar-las às zonas passíveis para o efeito – por exemplo, para o efeito Normal temos o teclado dividido em 3 zonas e podemos para cada uma delas definir uma cor mas, para o efeito Dual Color só temos 2 zonas disponíveis. O efeito Audio é espetacular para utilizações de animação e filmes por exemplo, pois a iluminação do teclado reage â vibração e amplitude de onda do som no dispositivo de saída de áudio – efeito que outros fabricantes já aplicaram anteriormente nos seus portáteis de gaming aos controladores luminosos disponíveis excluíndo o teclado, como é o caso da Asus com o G2.

O Engine está repleto de informações de ajuda e Tips para ajudar o utilizador a perceber o que é fazível e como usar, o que é excelente para a fase incial de uso do portátil e para as imensas possibilidades de configurações a que temos direito. Foi dos melhores softwares de configuração de um periférico que já tive oportunidade de usar.

Lilireviews_MSI_STS_3

Nas restantes abas podemos definir o layout da região do teclado assim como mexer nas configurações de activação de perfis quando uma dada aplicação é executada, carregando automaticamente o perfil que nós criámos para o efeito. Por fim podemos recolher estatisticamente dados sobre a utilizadção do teclado através de uma funcionalidade de Logger que quando ligada, analisa todas as teclas pressionadas e fornece dados de utilização, indicando quais as teclas mais pressionadas, sendo isto muito útil para redefinir as acções dos botões ou definir macros para uma dada aplicação.

Da utilização que dei em variados jogos, o teclado e o Engine contribuem para uma experiência de jogo acima da média, pela qualidade das teclas, a sua localização e familiaridade, e a tremenda personalização possível de aplicar. Foi muito agradável a experiência nos vários testes e dou uma nota muito positiva pela integração deste teclado e da existência do Engine. Menos positivo tenho a destacar o touchpad, que embora esteja centrado com o teclado, não está centrado com o KeyPad também, o que causa a meu ver um posicionamento da mão esquerda incorrecto e pouco proveitoso para algumas utilizações. Mas isto é apenas um mero pormenor.

TouchPad

Este é sempre dos elementos mais criticados e difíceis de avaliar num portátil por existirem touchpads de qualidade soberba como os da Apple e outros que sofrem menos consideração por parte dos fabricantes, por quererem aplicar mais esforço nos restantes componentes. No caso particular do GE70 2PE o touchpad possui um toque liso, sem rugosidades o que permite um deslize dos dedos mesmo com alguma humidade. Dimensionalmente é grande mas possui algumas zonas de contacto mortas nos cantos, como acontece com os outros fabricantes. Os gestos suportados são os gestos do Windows e neste aspecto, considero que a MSI poderia ter desenvolvido ou facultado um aplicativo de configuração do touchpad no MSI Dragon Gaming Center para uma personalização mais pessoal pois, nem sempre os utilizadores terão condições de usar um rato.

Som

Num portátil desta categoria, a exigência gráfica e sonora é elevada e neste último aspecto, este portátil cumpre com todos os padrões e exigências. Graças ao sistema Dynaudio (marca que equipa alguns veículos da VW e da Volvo assim como estúdios de gravação músical), o som é nítido com graves bem definidos. Os speakers deste portátil estão localizados no topo do teclado e acompanham praticamente toda a estrutura base do portátil, e na parte de baixo do mesmo com duas saídas também consideráveis, contribuindo para uma saída de som notória e significativa.

Lilireviews_MSI_SB_1

Os perfis de reprodução podem ser personalizáveis usando o aplicativo Sound Blaster existente no utilitário da MSI referido anteriormente, onde podemos personalizar a reprodução para um de quatro estilos: música, jogo, filme e um custom. Em todos eles existe a opção de desligar a configuração SBX Pro Studio, que afecta a localização virtual dos vários canais de áudio e o sistema surround que é proporcionado. A regulação do surround afecta claramente a qualidade e envolvência do som reproduzido como se tivéssemos apenas um sistema virtual 2.1, com a opção desligada e 7.1 com ela ao máximo. Esta capacidade de regulação é um bom extra mas para quem adquire um portátil desta gama quer sem dúvida poder ter o máximo de qualidade e surround disponível daí que não considero que este selector dos canais seja muito proveitoso ou que vá ser muito usado. Positivamente a selecção dos perfis dependendo do estilo que queremos é sim um bom extra e deveria ser possível de comutar entre eles mais facilmente sem abrir o programa.
Experimentei variados tipos de ambientes musicais em diversas divisões com construções físicas diferentes e a qualidade de som foi sempre excelente suprimindo a maior parte dos problemas. De realçar que numa divisão grande o som era bem audível e cristalino o que é muito bom para momentos entre amigos e família num serão de séries ou filmes, sem que tenhamos de ter sistemas de som externos ou estar em cima do portátil.

LiliReviews_MSI|GE702PE_back

Muito positiva esta experiência com o sistema de som Dynaudio e concordo que foi uma excelente aposta para equipar este MSI mas também destaco um ponto menos positivo que certamente escapou na concepção, que no caso de querermos fechar a tampa para ocupar menos espaço, mas continuar a reprodução da música, esta é afectada sendo abafada ligeiramente. A existência dos speakers por baixo do portátil foi uma grande atenção por parte da MSI relativamente à qualidade de som mas a perda significativa da coluna superior, afecta a qualidade sonora global. É um detalhe que não compreendo como tem escapado aos fabricantes durante estes últimos anos mas que poderia ser facilmente resolvível com saídas adicionais re-posicionadas que pudessem ser ativadas para o efeito. Detalhes à parte, excelente sistema de som.

Desempenho

A avaliação do desempenho de um portátil é algo difícil de fazer porque varia a utilidade que cada utilizador vai dar ao mesmo assim como sob que condições ambiente. Para tentar perceber melhor o desempenho desta máquina e avaliar de uma forma justa todos os seus componentes e no seu todo, fiz vários testes aos diversos componentes obtendo pontuações características ao programa utilizado.
Os próximos testes avaliaram o desempenho da RAM, CPU e GPU respectivamente:

RAM
RAM

CPU
cpu

GPU
gpu

summary

Os resultados particulares de cada um dos componentes permitem uma avaliação global de 8/10 o que é uma avaliação muito boa para um portátil de reúne imensas características de gaming que pretende assumir uma construção pelo seu todo e não pelo particular. No situação individual, a gráfica, embora dedicada a jogos e com algum poder de processamento gráfico relevante, apresenta-se como o componente mais fraco de todos os aqui avaliados, até ao momento, ficando atrás da Nvidia GeForce GTX 550 TI e 680.

No sentido de perceber melhor os resultados obtidos para o processamento gráfico, foram corridos uma bateria de testes global ao hardware do portátil para perceber, em variadas situações de uso (uso quotidiano, aplicacional exigente, gaming intensivo) quais as limitações e o comportamento obtido, em tempo de processamento dos frames de vídeo e a temperatura de GPU e CPU.

ice storm

cloud gate

fire strike

Com a exigência do teste e a complexidade da física do mesmo, os tempos de resposta pioraram para valores abaixo de 20 FPS com uma maior carga sobre o GPU, elevando a temperatura para valores superiores às do CPU. Estes testes e estas mudanças de física comprovam de facto os dados anteriores assim como a experiência obtida a jogar certos títulos como o Tomb Raider e Crysis, onde para ambientes mais escuros e com muito shadding, anti-alising, mudanças rápidas de comportamentos dos elementos, a velocidade de processamento dos trames caía a pique para valores próximos a estes que vos forneci.
Um portátil desta capacidade e desta gama não é necessariamente para jogos mas é claramente também, destinado a processamento gráfico e a aplicações que necessitem de rápidos tempos de escrita, de edição entre outros. Os testes seguintes avaliaram essas diversas situações do quotidiano e não quotidiano em tempos de resposta e processamento na execução da tarefa e cuja pontuação não é comparável com outros equipamentos, por falta de acesso à base de dados para o efeito.

LILIREVIEWS-conventional_results

LILIREVIEWS-creative_results

Estes resultados demonstram claramente que o GE70 2PE é uma máquina poderosa para imensos fins desde a edição de vídeo, aos jogos até ao media center com um conjunto de características e componentes que permitem ter um balanço global muito bom e que se traduzem por estes valores que apresentei até ao momento nesta avaliação de desempenho.
Claramente que a avaliação deste portátil não se podia concentrar apenas neste tipo de parametrizações de desempenho. Para perceber melhor como o portátil e, em especial a GTX 680M, se desenrascava face a outros modelos da NVIDIA como a 765M e a 770M e até mesmo ao AlienWare 17 com uma 780M, reuni um conjunto de resultados de desempenho numa amostra grande de jogos diversos.

Lilireviews_MSI|GE702PE_benchmark

O Metro foi o jogo que permitiu perceber os valores de desempenho do MSI pois é um jogo mais exigente que o Crysis 3 e seguramente, se um portátil de gaming é capaz de correr este jogo com os settings em High, então consegue correr qualquer coisa nos próximos anos. Tendo obtido bons resultados com o metro, corri os outros títulos como o Grid2 e o Tomb Raider em Ultra e fiquei imensamente satisfeito pela qualidade de jogabilidade. Não estou a falar de um êxito de que obtive 60 FPS, mas obtive bons resultados em Ultra para um portátil de gaming, muito bem equipado, mas com uma gráfica NVIDIA de entrada de gama e relativamente barata. No geral são bons resultados para um portátil que recomendo para qualquer tipo de jogo a ser corrido em Medium até High em 1080p.

Uma característica importante de falar e que foi tida em conta na avaliação foi a duração da bateria. Na situação mais cuidada, com uso ligeiro do PC obtive aproximadamente 4 horas e meia de autonomia, imensamente mais que os 50 minutos com uso intensivo. Correndo um teste de benchmark, com o brilho a 50% e o Wireless ligado, obtive 1 hora e 54 minutos de autonomia. Comparando com outros portáteis e o mesmo teste, o AliewnWare 14 obteve 2 horas e o Asus G750JX 2 horas e meia.

Considerações finais

LiliReviews_MSI|GE702PE_sideOpen

Este portátil da MSI é um portátil de gaming poderoso recheado de características espectaculares como o teclado Steelseries e o sistema de som Dynaudio e situa-se numa gama de preços que já não é deveras acessível a muitas carteiras mas que, em comparação, se afasta muito dos preços típicos dos portáteis para jogos e entretenimento. No geral o GE70 2PE tem um desempenho muito bom e corresponde sem problemas às necessidades e satisfações permitindo e estando disponível para os mais variados tipos de utilidades, desde à edição de vídeo e audio graças à placa gráfica generosa e ao disco SDD e a carteira de memória RAM rápida que o equipa. Em termos de robustez este portátil inspira confiança e permite um uso ligeiramente despreocupado mesmo para situações de portabilidade pois, os seus 3Kg de peso não são assim tão relevantes quando se carrega tanto poder de processamento.

LiliReviews_MSI|GE702PE_lid3

Para quem procura pela casa dos mil euros uma solução geral a vários tipos de utilizações e com alguma autonomia em consideração e não se importa de carregar 17 polegadas de ecrã, este MSI é sem dúvida uma possível solução mimando o utilizador com um teclado de renome, sistema de som impressionante e uma construção e robustez de equipamento acima da média. A aquisição desta máquina não deixará a desejar a curto prazo mas claramente, à semelhança de todos os equipamentos, com o tempo os componentes vão ficando desvalorizados e desatualizados, especialmente a gráfica que o equipa – a GTX 860M que não é claramente uma das melhores nem se coloca em tal posição. Simplesmente é uma placa gráfica para satisfação completa na atualidade, especialmente jogos, mas que com o tempo deixará a desejar neste mesmo campo de jogo. É neste sentido que a MSI possui outros portáteis de gaming de outras séries, como já referi anteriormente.

LiliReviews_MSI|GE702PE_frontOpen_2

Aliado à imagem estética que este portátil comporta e às suas características físicas, claramente que é uma boa aquisição para quem pretende usufruir do mesmo nas mais variadas finalidades, tirando o devido proveito dos componentes rápidos e poderosos que tem. Não posso deixar de anotar, que por pouca diferença de preço existem outras soluções com outras características que incendeiam mais esta comparação e quais deles é o melhor ou quais deles o mais poderoso, sendo o importante decidir para que se pretende um portátil destas características mas em caso de necessidade, o dinheiro assim o justifica.

Resumidamente pelos 1200€, este MSI GE70 2PE APACHE PRO é uma grande aposta e o software da NVIDIA que vem instalado oferece uma experiência e mais poder à máquina do que aquilo que vem especificado nas características. O processador consegue aguentar qualquer tarefa, o chip gráfico oferece um desempenho sólido e o teclado Steelseries exponencia a outro nível, o conforto e experiência de gaming.

selo-8_0
Pontos +
– Teclado SteelSeries
– Som Dynaudio
– Refrigeração manual
– Qualidade e tamanho do ecrã
– Acesso fácil aos vários componentes físicos
Pontos –
– Qualidade das dobradiças do ecrã
– Desempenho da gráfica
– Touchpad não centrado
– Ausência de soluções de media center

Agradeço à MSI pelo modelo partilhado.

Artigos relacionados
0 7415

0 15309

0 Comentários a este artigo
  1. A review é muito boa e agradeço-a bastante, sobretudo quanto ao pormenor de conforto do teclado para escrever que é algo que estava preocupado.

    Mas os testes iniciais de benchmark feitos acho estranho os resultados do GPU.
    A máquina não terá usado a gráfica integrada no processador para os testes ao invés da GTX 860M? Pelo que já vi em fóruns há pessoas que volta e não volta têm problemas em ligar a gráfica ou configurá-la para tal.

    E uma pergunta: o chassis é plástico ou alumínio como há nalguns Asus?

    Muito obrigado pela completa review do sistema e continuem com o excelente trabalho 😀

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos