Home Periféricos Review Logitech G710+

O mercado gaming tem vindo a expandir-se muito rapidamente e encontramos cada vez mais periféricos dedicados a este mundo. A Logitech também se juntou a este mercado à muitos anos com soluções inovadoras e de elevada qualidade. Muito recentemente tem apostado num periférico que tem vindo a ter cada vez mais mercado, o teclado mecânico.

Hoje temos para vos apresentar o teclado Logitech G710+, um teclado mecânico virado para o gaming mas que facilmente agradará a qualquer utilizador.

Características

Estas são as características de acordo com a marca

  • 110-key Anti-Ghosting
  • 26-key Rollover
  • Game/Desktop mode
  • Dedicated media controls
  • Adjustable dual-zone backlight
  • High-speed, low-noise tactile switches for feedback you can feel
  • 6 programmable G-Keys, 18 total functions
  • USB pass-through
  • Removable palm rest
  • Durable tilt legs

Embalagem e conteúdo

Temos vindo a reparar que as marcas optam por designs simples nas suas embalagens. A Logitech não tentou fazer nada de extraordinário na enorme superfície que tinha para trabalhar.

Logitech G710 Plus 01 Box Front

Assim, na frente da embalagem temos uma imagem do teclado, com uma espécie de raio-X do mesmo, o logótipo da marca (e o símbolo gaming), a indicação do tipo de layout (no canto superior direito), que é muito importante visto que não existe layout para todos os países. O nome do modelo aparece muito discretamente no canto inferior esquerdo.

Logitech G710 Plus 02 Box Back

Na parte de trás da embalagem encontramos algumas características do produto em diversas línguas, com referências à imagem que está ao lado. Nada de extraordinário.

Logitech G710 Plus 03 Content

No interior temos o teclado, o apoio para os pulsos e manual de utilizador. Também não é necessário mais nada para o utilizador comum.

O teclado

Os teclados mecânicos começaram a surgir em maior número em 2013 e actualmente já encontramos muitas soluções no mercado. A Logitech tem alguns modelos e O G710+ pauta-se pelas seguintes características.

Logitech G710 Plus 04 Keyboard Left

Sendo um teclado virado para o mundo gaming, não é de estranhar as teclas G (G Keys) do lado esquerdo. Estas teclas, também mecânicas, são utilizadas em diferentes jogos (ou outro software qualquer) para servir de atalhos para comandos que o utilizador tenha definido. Para além dessas teclas, nota-se claramente a diferença de cor nas teclas WASD, normalmente usadas em jogos. Torna-se assim mais fácil distinguir as teclas. Infelizmente, um jogador costuma estar mais tempo a olhar para o monitor do que para as teclas e seria muito mais sensato se as teclas tivessem um qualquer tipo de textura diferente que as distinguisse das outras pelo tacto e não pela visão.

Logitech G710 Plus 05 Keyboard Right

Também na zona das setas isso acontece. Neste caso não é tão importante ter uma textura diferente dado a configuração única desta zona.

Logitech G710 Plus 06 Keyboard Top

A Logitech decidiu fabricar este teclado em diversos layouts europeus mas, infelizmente, o português não é um deles. É uma pena.

O teclado não tem uma dimensão muito grande, pelo menos não tem muita área vazia e sem utilidade.

Logitech G710 Plus 07 Keyboard Side

Um dos pormenores de design que achei mais interessantes foram as laterais, que são inclinadas. Se em algum momento repousarem as mãos ao lado do teclado vão perceber logo o que estou a dizer, é confortável. As patilhas para elevar o teclado colocam-no numa posição também muito confortável para trabalhar largas horas e sem deslizar.

Pormenores

A qualidade de construção da Logitech é irreprensível e a este teclado está recheado de pormenores que efectivamente farão a diferença na altura de escolher.

Logitech G710 Plus 08 Details Media

O acabamento da superfície em torno das teclas é em preto piano (muito dado a ficar carregado de dedadas, mas também, é um teclado…). Neste canto do teclado temos as teclas multimédia e de iluminação. Existem duas teclas de iluminação (no topo, mais à esquerda) uma vez que existem duas zonas de iluminação, com diferentes níveis de iluminação. Estas zonas são as teclas cinzentas e as pretas. O scroll da direita serve para controlar o volume de áudio e é a peça, em todo o teclado, que tem a pior qualidade de construção. A borracha não é uniforme e prende um pouco numa certa secção da volta.

Logitech G710 Plus 09 Details MKeys

As teclas M1, M2 e M3 permitem trocar o perfil das G Keys, o que significa que no mesmo jogos/programa podemos ter até 18 atalhos diferentes à nossa disposição. A tecla MR serve para gravar uma macro on-the-fly, sem recorrer ao software. A última tecla à direita serve para alternar entre o modo de jogo (basicamente desliga a tecla Windows do teclado). Todas estas teclas, incluindo as multimédia, não são mecânicas. E são um demasiado duras.

Logitech G710 Plus 10 Details GKeys

O teclado é muito discreto no seu todo mas esta moldura laranja é muito chamativa. Não que isso seja uma coisa negativa, muito pelo contrário, fica aqui a marca a diferença em todo o conjunto. As G Keys são facilmente acessíveis e, sendo mecânicas, têm uma actuação precisa. É mesmo uma pena as teclas “gaming” não terem qualquer tipo de textura diferenciadora…

Logitech G710 Plus 11 Details USB Port

A Logitech decidiu incluir uma porta USB que não é mais do que uma extensão uma vez que o teclado pode utilizar duas portas USB (não é necessário).

Logitech G710 Plus 12 Details Cable

Curiosamente, o cabo não tem um revestimento em nylon entrelaçado, como é habitual ver noutros periféricos do género. Nem os conectores USB são banhados a ouro. Porém, tem uns pormenores laranja e uma cinta de velcro que nada acrescentam em termos de desempenho.

Logitech G710 Plus 13 Details Bottom

Já a parte de baixo do teclado teve direito a uma cuidada apreciação. Existem dois sulcos no teclado que servem para fazer percorrer um qualquer cabo (rato, headphones, etc.) e que é muito bem vindo. Para além disso, no repouso para os pulsos também existe uma pequena falha que dá continuidade ao percurso do cabo. Neste momento estou a testar o teclado num portátil e com os Kingston HyperX Cloud que têm um cabo curto e este passa por baixo do teclado sem problemas.

Logitech G710 Plus 15 Details Switches

O tipo de switch usado aqui é o MX Brown, que é um tipo de switch táctil mas silencioso. Basicamente a sensação é parecido ao de membrana porque tem um pequeno feedback ao longo da viagem da tecla mas não faz o barulho algo irritante dos outros switchs lineares (MX Red e MX Black) e principalmente dos super barulhentos MX Blue. Cada tecla tem um Led individual de cor branca que tem vários níveis de intensidade.

Logitech G710 Plus 14 Details Keys

No interior do botão, a roda preta de borracha ajuda a absorver o impacto de utilização e assim reduz ainda mias o ruído produzido ao teclar.

Logitech G710 Plus 17 Details Ligths All

Quando a iluminação está toda uniforme é isto que temos. perfeitamente normal e bastante perceptível mesmo durante o dia. Num ambiente com pouca luminosidade a intensidade mais elevada pode incomodar um pouco. Mas só para quem olha para as teclas quando utiliza… Noobs…

Logitech G710 Plus 16 Details Ligths Gaming

Logitech G710 Plus 18 Details Ligths Other

Estes são os dois modos opostos. Num caso temos só as teclas gaming iluminadas, noutro temos só as teclas gaming desligadas. É ao gosto do utilizador.

Software

A Logitech sempre teve bons softwares a acompanhar os seus periféricos e este caso não é excepção.

Logitech G710 Plus 20 Software 01

O softwre que acompanha o teclado é bastante simples e muito fácil de usar. Divide-se em 3 partes. Este primeiro separador é a homepage e serve efectivamente para nada. É o ecrã de chegada, mostra o periférico, os menus em baixo e nada mais.

Logitech G710 Plus 21 Software 02

No segundo separador acontece a magia toda. Ao chegarmos a este separador, o softwre procura automaticamente todos os jogos no computador que tenham pré-definições compatíveis com este teclado (isto porque tenho mais jogos no computador e não aparecem). Após esta procura, os jogos são dispostos no topo como perfis (com icons do jogo e tudo) e os comandos associados a esse jogo aparecem do lado esquerdo. Estes são os comandos que já estão pré-definidos sem qualquer intervenção do utilizador. Agora é só escolher e arrastar para a G Key pretendida. Tão simples como isto. Mas se não encontrarmos aquilo que pretendemos, ainda há a possibilidade de criar as próprias macros e adicionar à lista. Simples. Concorrência, ponham os olhos nisto.

Logitech G710 Plus 22 Software 03

O último separador é outro que serve para alguma coisa mas no fundo não serve para nada. Isto é um medidor de utilização de teclas. Carregamos no botão Play (em baixo, ao centro) e o software começa a gravar quantas vezes cada tecla é pressionada e quando carregarmos no botão Stop, apresenta um gráfico que vemos na imagem, com um código de cores por cada tecla. Neste caso foram 23min que estive a escrever este artigo. Carrego muito no Espaço. É giro? É. Serve para alguma coisa? Estatística…

Os restante botões do cato inferior direito são as definições do software, links úteis e a ajuda.

Utilização

Já tenho alguma experiência com teclados mecânicos desde o primeiro que me passou pelas mãos, o fabuloso Steelseries 7G, e actualmente uso diariamente um Corsair Vengeance K60, que usa switch MX Red.

Após largas horas a bater texto devo dizer que a sensação de conforto e familiariedade é enorme. Não parece efectivamente um teclado mecânico mas sim o teclado que sempre usei desde que era pequenino. Os switchs MX Brown são efectivamente os switchs mecânicos mais confortáveis para quem passa o dia inteiro a trabalhar e não a jogar. O que leva a outra questão: se não é para jogar, para que servem as funções gaming? Para quem não precisa das funções gaming, este teclado é o ideal, porque estas não são tão perceptíveis. As teclas gaming não têm textura, logo, são mais discretas (nem a cor é muito chamativa, talvez se fosse a Razer seriam verdes) e as G Keys podem ser programadas livremente para se adaptar às necessidades diárias.

Posto isto, será que este é um teclado gaming? Claro! Apesar de não ter um switches lineares, não deixam de ser mecânicos, o que lhes dá uma vantagem comprovada em relação aos de membrana. E só isso faria toda a diferença, mas o software também ajuda muito. De facto, numa utilização gaming, este teclado comportou-se muito bem. Mas senti a falta de uma textura nas teclas gaming, porque a iluminação é uma coisa que ajuda mas não para quem não olha para o teclado e que prefere “sentir” as teclas. Neste aspecto, Logitech, ponham os olhos nos teclados Corsair, por exemplo.

Conclusão

Os teclados mecânicos estão a tornar-se cada vez mais populares e isso só vai beneficiar os consumidores porque o preço dos mesmo tende a ser muito alto. Conseguimos mesmo assim encontrar alguns modelos mais acessíveis. A Logitech não é o caso, sendo que este modelo também se faz acompanhar de um preço bastante elevado. Aqui é quase justificado. Não se percebe, no entanto, algumas escolhas como por exemplo o facto dos conectores USB não serem banhados a ouro, algo tão comum em produtos gaming de topo, ou um acessório para remover as teclas…

Logitech G710 Plus 19 Conclusion

A qualidade de construção é a habitual da marca, muito acima da média. Aliás, acho que nunca vi um produto da Logitech onde sentisse que o material fosse fraco ou pouco durador. Não, este teclado vai durar para sempre, de certeza.

O software é muito bom, muito útil e muito fácil de usar. Suponho que seja o mesmo para todos os periféricos da marca, para que o utilizador tenha tudo no mesmo sítio. Nesse caso, muito bem! Porém, aquele contador de teclas é completamente desnecessário e acrescenta pouco aos desempenho.

selo-9_5

O Bom
Qualidade geral
Switches mecânicos
Software
Silencioso para um teclado mecânico
Conforto

O menos bom
Preço
Scroll de volume
Falta um acessório para remover as teclas

Resta-nos agradecer à Logitech por nos ter cedido este exemplar.

4 Comentários a este artigo

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos