Home Hardware Review Intel i7 5820K (Haswell-E)

Overclock

CPU-Z 4.7Ghz 1.30v (1)

Esta unidade foi uma agradável surpresa, conseguindo um overclock ligeiramente acima da média. Foi possível estabilizar o CPU a 4.7Ghz com 1.30v, passando em diversos testes e jogos com sucesso.  Foi levado a maior frequência, mas o incremento significativo de voltagem necessário, não compensou os Mhz e aquecimento extra.

Posto isto, penso que 4.7Ghz com 1.30v já é um bom patamar, e foi portanto a esta velocidade que os próximos testes foram realizados.

FryRender OC

A 4.7Ghz, o CPU a ser mais rápido sensivelmente 30 segundos a terminar completamente a renderização. Estes 30 segundos a menos, num universo de 3 minutos, é um incremento de performance muito bom.

Cinebench 15 OC

Novamente a subida de clocks a surtir efeito, atingindo desta vez os 1342cb no Cinebench 15.

Passmark CPU OC

No Passmark, a diferença foi bastante notória, com quase mais 4000 pontos em relação à velocidade de origem.

Hitman Absolution OC

No que a jogos diz respeito, a mexida de clock a originar uma subida positiva nos frames mínimos e médios, com 6fps e 4fps, respetivamente.

Batman Arkham Origins OC

A 4.7Ghz, a performance no Batman Arkham Origins aumentou consideravelmente nos frames mínimos e máximos, atingindo os 79fps e 178fps, respetivamente.

Tomb Raider OC

No título da Lara Croft, a maior velocidade a fazer pouca ou nenhuma diferença, não justificando por isso o overclock ao CPU.

NAVEGAÇÃO:
Introdução
Sistema / Metodologia de testes
Em detalhe
FryRender / Cinebench 15 / Passmark / Intel XTU
Desempenho da memória
3DMark 11 / 3DMark 13
Tomb Raider / Hitman Absolution / Batman Arkham Origins
Consumos / Temperaturas
Overclock
Considerações finais

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

3 Comentários a este artigo

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos