Home Periféricos Review Func MS-3

Introdução

10573318_802655013099978_1391763311_o

A Func, criada em 1990, dispensa apresentações. Quem era gamer nessa altura, lembra-se certamente dos tapetes criados por esta marca. Com o passar dos anos, começaram a inovar e a dar entrada no mercado dos teclados e ratos. Já aqui tínhamos anunciado o lançamento do Func MS-2, mas hoje, temos para vos apresentar, a review do seu sucessor, o Func MS-3.

Especificações Técnicas

• Processador: WT6573
• Sensor: Omron Avago ADNS 9500
• Memória: Onboard 512kB
• Resolução: 90-5670 DPI
• Botões Disponiveis: 10
• Frames por segundo: 12 000
• Velocidade de seguimento: 5.1 m/seg (150 ips)
• Aceleração máxima: 30g
• Processamento imagem: 10.6 megapixel/seg
• Report Rate: ajustável até 1000Hz
• Possibilidade de upgrade de firmware
• Ligação: USB entrelaçado banhado a ouro (cabo 2 metros)

Embalagem e Conteúdo

A embalagem é bastante simples, com pouca cor e ilustração. Na frente, tem apenas a marca e modelo do rato.

caixa tras

A imagem do rato, juntamente com algumas informações sobre o mesmo, vem na parte de trás da caixa.

caixa-aberta

À frente temos a tradicional janela, com sistema de fecho a velcro, que quando aberta nos permite ver o equipamento. É também aqui, que temos um pouco da história da Func, assim como especificações técnicas do equipamento, compatibilidades e outras informações sobre o rato.

interior

Dentro da caixa, para além do rato, encontramos um manual de introdução e o cd de instalação do software. A caixa em si é bastante robusta, capaz de acomodar o conteúdo durante o transporte.

 

Firmware

basic

O firmware ou software do rato é bastante completo, com uma larga seleção de settings passíveis de serem alterados. Temos três perfis disponíveis, cada um dos quais, com três DPI steps e Instant Aim. O Instant Aim é acionado, cada vez que mantemos premido o botão redondo junto ao polegar. Isto faz com que os DPIs alterem instantaneamente para um valor mais baixo ou mais alto (conforme seja predefinido pelo utilizador). Pode ser muito útil em FPS, para os amantes de sniper.

button assignment

Cada perfil está identificado por uma cor, também ela passível de ser alterada, através de um largo espectro de cores. Podemos deixar a mousewheel e o botão Instant Aim com a mesma cor, ou cada um com a sua.

color

O Rato

O Func MS-3 é um rato grande e pesado com as dimensoes 126.92 x 100.69 x 42.38 mm e um peso de 127g


up

A grande diferença a nível de Shell, do MS-2 para o MS-3 é adição de uma extremidade para o polegar, o anelar e o mindinho, que por sua vez se traduz num maior conforto após longas horas de utilização. No entanto, este tipo de design, não nos permite mais do que uma palm grip.
A carcaça é bastante sólida, robusta e a qualidade de material muito boa. Todos os botões têm um aspeto sólido e resistente, exceto os botões de navegação, que têm uma aparência “solta”, em comparação com os restantes.

lateral 1

Os botões são todos configuráveis e foram estrategicamente colocados, de maneira a que não sejam tocados sem intenção, mas que ao mesmo tempo tenham um rápido e fácil acesso.
Do lado do polegar, além dos habituais botões de navegação, temos um botão redondo que vem predefinido para o Instant Aim. Na base da extremidade, está o botão destinado ao mute e que necessita de um toque mais forte.

front

Na parte frontal, além da mousewheel e dos botões para alterar os DPI’s, temos no canto do rato, o botão de navegação por perfis. Este botão requer um toque mais forte, o que faz todo o sentido, pois evita toques acidentais e consequentes mudanças acidentais de perfil. Quanto à mousewheel, esta é constituída por borracha e é bastante precisa e coesa, com um aspeto muito resistente.

lateral

Podemos associar cada perfil a uma cor, para uma identificação mais fácil. Como cada perfil, pode gravar três DPI steps, estes são identificados por um LED que se acende na extremidade, por cima dos botões de navegação. No perfil um, acende um LED e por aí adiante.

baixo

A FUNC decidiu usar o laser Avago 9500. Está posicionado no centro do rato, o que muitos dizem ser o ideal.

Os skates são quatro, em teflon, e estão posicionados nas quatro extremidades.

cable

O conector USB é banhado a ouro e o cabo tem um revestimento entrelaçado, característica presente na maioria dos ratos gaming topo de gama.

Utilização

Todos os ratos precisam de um tempo de adaptação e este não é exceção. Vim de um longo tempo de utilização de um G400 e demorei alguns dias para me habituar ao toque do MS-3, principalmente em gaming. Mas uma vez habituados, já não queremos voltar para as shells ambíguas. É um toque e uma sensação de conforto realmente viciante.

fotos-func-ms3

Os 5 dedos assentam todos muito bem e ficam posicionados de maneira a que nenhum botão seja tocado de forma acidental. O conforto é excelente e a qualidade de construção é ótima, sem folgas, com mousewheel agradável bem como o feedback de praticamente todos os botões.

A nível de botões, tem os que considero essenciais. Confesso que nunca utilizei o Instant Aim, mas para alguns utilizadores pode ser uma mais valia.

Relativamente aos skates, este rato tem um glide muito suave. No entanto, com o uso continuo, estes têm tendência a acumular algum pó nas folgas entre os skates e a carcaça.

O software é leve, rápido e intuitivo. Como podemos alternar entre todos os perfis e DPI steps através do rato, só precisei de o usar a primeira vez, para fazer a configuração ao meu gosto.

Considerações Finais

O Func MS-3 não é um rato para esquerdinos, isso é obvio. Mas hoje em dia, quase nenhum é. Se não levarmos isso em consideração, ficam-me a faltar defeitos para lhe conseguir apontar. A sua dimensão poderá ser uma vantagem para quem tem mãos grandes, ou uma desvantagem para quem tem mãos pequenas. O facto de não ter uma multiplicidade de grips, poderá também ser um problema.

Os switches OMRON fazem a diferença e sem dúvida que foram uma mais valia na construção do rato. A qualidade de material que o constitui é excelente e dá-nos uma sensação de longevidade fantástica.

É notória a diferença visual do MS-2 para o MS-3 e a intenção de evolução e adaptação por parte da marca. A meu ver, todas as alterações que lhe foram aplicadas, só fizeram com que o equipamento e os utilizadores ficassem a ganhar.

Pessoalmente, fiquei fã deste rato. Foi dos melhores, senão mesmo o melhor que tive oportunidade de experimentar. Se procuram um rato grande, confortável e capaz, o MS-3 é sem dúvida um rato a ter em consideração.

gw0VzYCfG_KhJG1jZ3enQ8tqrrDzr73eo0eCO2XLtDY O Bom:
Sensor
Qualidade de construção e de material
A sua dimensão
Ergonómico
iluminação led configurável
Software rápido e intuitivo

O Menos Bom:
A sua dimensão
Não é ambidextro
A falta de multiplicidade de grips

2 Comentários a este artigo
  1. […] De resto, o rato tem um desempenho bastante bom, como já foi referido na Utilização, o software cumpre ao que se destina, os skates deslizam suavemente e é moderadamente confortável (não ao nível de um Ozone Smog, de um Mionix NAOS 8200, de um Razer Naga Molten ou de um Func MS-3). […]

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos