Home Periféricos Razer Marauder

A Razer é uma marca extremamente dedicada aos desportos electrónicos. Os seus produtos são normalmente resultado da colaboração com pro gamers, embora esta seja uma das marcas que ouve a comunidade e que dá muita importância ao culto Razer e à imagem da marca.

O Starcraft II é um RTS super popular e foi um dos títulos contemplados por uma edição especial de periféricos Razer licenciados pela editora, a famosa Blizzard. Do que se conhece de ambas as empresas, é possível dizer que ambas dedicam bastante tempo à criação de novos produtos e afinação das ideias.

Os fãs deste jogo, em particular quem prefere jogar com os Terrans, tem à disposição o teclado Marauder, o rato Spectre e o headset Banshee. Uma linha completa de periféricos desenvolvidos em exclusivo para o Starcraft II. Os que gostam da raça Zerg, podem comprar ainda a mala de transporte para o equipamento.

No jogo, o Marauder é uma unidade de infantaria dos terrans. Na linha de periféricos, o Marauder é o elemento mais importante e o que tem de estar melhor preparado para os maus tratos. Como a escolha certa do teclado pode fazer toda a diferença, vamos ver em detalhe o que a Razer nos preparou.

Embalagem e Conteúdo

Na embalagem de um teclado não há grande margem de manobra. No caso do Marauder, dá para perceber logo que é um teclado de pequenas dimensões. Além disso, na frontal, a Razer destaca algumas características relativas às teclas, iluminação e gravação de macros. Sem abrir a embalagem é difícil ter uma boa visão do produto e somos levados a crer que o teclado é preto.

Na traseira, as chamadas para os pontos fortes do teclado, acompanhadas por uma lista de características chave. Existe a tradução para Português mas não se percebe nada. Há redundância de informação por isso vamos avançar.

O bundle que acompanha este produto é bastante limitado. Além do teclado, recebemos apenas o Quick Start Guide, Master Guide e Autocolantes Razer.

Em Detalhe

Este é um teclado de formato compacto e ideal para quem não tem muito espaço na secretária ou para quem passa a vida a saltar de LAN em LAN. Através do formato e linhas do teclado dá para ver a inspiração no Starcraft II mas, apesar da cor ser boa, a cobertura é em plástico, algo que não é esperado no 26º século.

O Marauder está disponível em layout US. À partida não será um problema para quem joga Starcraft II. O layout é fácil de utilizar, apenas a tecla Enter é pequena e é talvez seja única tecla que deixa algumas dúvidas.

Para chegar aos 40cm de comprimento, as teclas com as setas e o grupo que habitualmente aparece por cima com o delete, end, page down, etc, tiveram de ser incorporados no numpad. Para o Starcraft II não será um problema mas para mexer numa folha de cálculo pode ser desesperante. Existe o botão Num Mode para activar um modo ou o outro mas a habituação não é fácil.

Com este compromisso, a Razer manteve um bom espaçamento entre as teclas, melhorando o efeito da retro-iluminação que é então bastante uniforme e brilha em azul por defeito. Apenas a tecla Esc parece ligeiramente mais apagada. Esta iluminação e o logo Starcraft II no topo formam um dos grupos de iluminação (Main), as reentrâncias nas extremidades do teclado são outro (Sidestrips) e dos lados temos uma linha que dá um efeito de iluminação indirecta muito bom (Underglow).

A iluminação é um dos pontos fortes de toda a linha Starcraft II desenvolvida pela Razer. Através de mudanças entre cores, o teclado pode mostrar a nosso nível de Acções por Minuto que é tido como um dado estatístico muito importante no Starcraft II. Além disso, podem ser configurados alertas que fazem o teclado piscar em determinadas cores para servir de alerta no jogo. Estas características funcionam exclusivamente no Starcraft II.

Todas as teclas são altas e com revestimento em borracha suave. A distância de viagem é longa porém silenciosa. Incluí a tecnologia ultrapolling 1000Hz que se traduz num tempo de resposta super rápido e ideal para Starcraft II.

Vem equipado com teclas multimédia no topo, incorporadas nas teclas de função F. No F11 activamos ou desactivamos o modo de jogo, basicamente o que faz é desligar a tecla Windows para evitar minimizar o jogo. A tecla F12 permite desligar toda a iluminação do teclado. Para estas funções é preciso utilizar a tecla FN que está do lado direito da tecla espaço, a seguir ao Alt Gr.

No canto superior direito temos os LEDs indicadores, de num mode, caps lock, scroll lock e os pequenos LEDs gaming, para sabermos se a tecla do Windows está activada ou não e REC, que brilha durante a gravação de macros.

O cabo tem 2,1 metros de comprimento e revestimento de nylon. A ligação na extremidade do teclado tem protecção em borracha para evitar que se danifique com a utilização. Na outra extremidade, existe não uma mas duas ligações USB banhadas a ouro. A principal liga o teclado mas é preciso ligar a outra, que é uma espécie de extensão para ter iluminação… Mais ouro até podia ser bom mas estar a ocupar duas portas USB só para ligar o teclado é que não é boa ideia. Em troca de duas USB não temos direito a nenhuma USB no teclado nem jacks de áudio.

Quem gosta de utilizar macros vai gostar do Marauder. Este teclado permite gravar marcos on-the-fly através das teclas ALT+FN ou então através do software. Até aqui tudo bem mas a que teclas atribuímos cada macro? É que este teclado não tem teclas para esse fim.

O teclado pode estar na horizontal ou com elevação. Os pés de alguns teclados permitem várias posições mas o Marauder permite apenas uma. O teclado tem borracha na parte debaixo, para evitar que escorregue na secretária.

Software

O teclado funciona normalmente em modo plug & play mas através do software podemos tirar muito mais do Marauder. O software é comum aos 3 periféricos da linha Starcraft II e deve ser feito o download do website da Razer.

Por alguma razão o Marauder é a figura central no Software e no respectivo separador podemos configurar a função de cada tecla, gerir e criar diferentes perfis, criar e editar macros e personalizar o sistema de iluminação.

[nggallery id=3]

A gravação de macros é bastante simples no Marauder, podemos gravar através do software ou directamente no teclado, por exemplo, se estivermos dentro do jogo.

A iluminação permite um nível elevado de personalização por ser capaz de assumir qualquer cor RGB em 3 sectores diferentes.

O APM e Alertas são uma configuração comum a todos os periféricos Starcraft II que tivermos instalados. Podemos definir quantos intervalos de APM queremos até um máximo de 10 e atribuir cores a gosto. Os alertas são para 13 eventos predefinidos e temos liberdade para escolher quantas vezes o teclado pisca e em que cor.

Conclusão

O formato compacto pode agradar a uns e revelar-se um desafio para outros. Não trazer um apoio de pulsos em condições, mesmo que removível, é uma falha mas o que faz mais confusão no Razer Marauder é não ter teclas dedicadas para macros.

A iluminação é boa e o sistema de APM e alerta é bem visível. Era bom que funcionasse noutros jogos mas em última análise, este teclado foi desenvolvido para o Starcraft II.

O desempenho do teclado é excelente, o comportamento das teclas é do melhor que podemos encontrar em teclados de membrana.

O Software funciona muito bem em ambiente Windows e é o centro de comando para todos os periféricos desta linha.

O preço em Portugal ronda os 120€, um valor difícil de justificar caso o cliente não seja um verdadeiro fã Starcraft II.

Além do Marauder, fazem parte da série de periféricos Starcraft II licenciados pela Blizzard o rato Razer Spectre e o headset Razer Banshee.

“I’m so sexy, I sometimes romance myself.”
, diz o próprio Marauder. Mas o que interessa aqui é a opinião dos leitores, não hesites em deixar a tua!

0 Comentários a este artigo
  1. Boa review! gostei do aspecto geral do teclado mas tem demasiadas falhas e é demasiado caro. não ter macros é um falha enorme, uma vez que este é um teclado para jogos! o design do layout é muito pouco prático. quem faz estes periféricos não deve ter em conta que as pessoas não usam o pc só para jogar… para o dia-a-dia acredito que seja uma aventura usar o Marauder… o preço é estupidamente alto! 😉

  2. Mais uma vez, um teclado que se insere muito bem no ambiente starcraft 2 para quem possui todo o bundle. Individualmente, continua a ser um teclado bastante caro comparativamente com o resto do mercado. Julgo que estes produtos razer starcraft fazem mais sentido all together

  3. Concordo. Mas comprar os 3 periféricos é um investimento brutal! Mas também se poupa em luz… Já que os 3 ligados conseguem iluminar bastante.

    Durante os testes, desliguei a luz do teclado no próprio teclado e depois quando desligava o PC, as luzes do teclado ficavam ligadas. Fica a dica para quem quiser luz com o PC desligado :mrgreen:

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos