Home Notícias Primeira Caneta 3D do Mundo

A primeira caneta de impressão 3D de sempre chega ao mercado em Setembro. Este dispositivo eleva a impressão 3D a um patamar muito longínquo pois permite às pessoas “desenhar no ar” e elevar a imaginação das pessoas a partir do papel. Se tudo correr conforme o planeado será possível adquirir este brinquedo por apenas 57 Euros.

3-2 25

Baptizada como 3Doodler, permite elevar os nossos desenhos do papel e realmente desenhar em 3D. O rendering fica impressionante pois a tecnologia é fenomenal. Atualmente é um projeto piloto que já reuniu verbas superiores a 1 milhão de euros e a julgar por este apoio massivo quer pelo financiamento quer pelo interesse de várias empresas, espera-se mesmo que até Setembro seja lançado um concept. Este dispositivo pesará menos que 200 gramas e terá 24 mm de espessura e vem acompanhado com um adaptador de corrente para 110-240V.

44

A tinta é um plástico ABS ou PLA de 3mm e cada conjunto de venda virá com um rolo de tinta com aproximadamente 300 cm de comprimento em que estes 300 cm fornecidos darão para produções a 3D até um total de 3 metros. ABS é um componente muito comum e é usado em praticamente todos os plásticos à nossa volta e o PLA é chamado de bio-plástico pois é feito a partir de milho, é biodegradável e e possui uma temperatura de derretimento inferior à outra opção. E quando o plástico/fio acabar? Será possível adquirir mais um rolo de fio em várias cores, por preços entre os 22-38 Euros.

51

Como já referido é um projeto piloto que encontra-se numa fase inicial de angariação de apoios e infra-estruturas para desenvolver esta novidade que pode vir a ser uma grande revolução para os designers. Existe uma página do projeto onde é possível ler informações detalhadas sobre a contextualização do que pretendem e ajudar no projeto – http://www.kickstarter.com/projects/1351910088/3doodler-the-worlds-first-3d-printing-pen

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=DQWyhezIze4&w=560&h=315]

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos