Home Hardware Popcorn Hour A-200

Introdução

Popcorn hour é um nome bem sugestivo para uma marca da Syabas sediada em Fremont, Califórnia, que se dedica ao desenvolvimento de media centers para sistemas de entretenimento em casa. Neste artigo vamos analisar e discutir sobre o novo modelo A-200 e aferir se realmente nos faz tirar um tempo para apreciar as pipocas e se tem hipótese de se tornar o leitor de eleição!

Inseridos numa sociedade cada vez mais individualista e com a crescente disponibilização de conteúdos digitais através da Internet, a tendência natural é o aparecimento de produtos que nos façam ter uma vida mais caseira, longe dos perigos de uma ida ao grande ecrã onde estamos sujeitos a ser vítimas de car jacking e de um assalto na bilheteira. Há muitos filmes, com destaque para os nacionais, que merecem o risco! Mas vamos lá dar uma espreitadela!

Com este produto, várias vezes referido como NMT (Networked Media Tank) daqui para a frente, as possibilidades para tipo de conteúdo reproduzido e de onde o mandamos reproduzir são praticamente infinitas. Seja áudio, vídeo ou imagens, armazenadas no PC, num ponto da rede, na câmera digital ou num qualquer dispositivo USB tudo isto é canja para o novo gadget da nossa sala!

O A-200 vem substituir o A-110 e a utilização de chip sigma a 667MHz é capaz de fazer alguns estragos à actual lista de preferência de cada aficionado.

Especificações:

O melhor é mesmo clicar e visitar o website oficial para consultar as especificações completas! A lista de formatos suportados é impressionante!

Embalagem e Conteúdo

A embalagem do A-200 é bastante simples mas também não havia razão para complicar aquilo que é fácil! Quem conhece os produtos que há no mercado, não vai terá dificuldade em pegar no Popcorn Hour A-200 se este for a melhor resposta às suas necessidades mesmo que venha embalado numa simples caixa de cartão, bem branquinha e leve.

Na frente da embalagem temos uma imagem esquemática do A-200 e do respectivo controlo remoto. Por baixo, uma pequena frase que pode ser uma inspiração para levar este brinquedo para casa e depois uma breve descrição do A-200.

A parte traseira da embalagem é impressionante! Por pouco que o espaço disponível serviu para incluir as especificações completas.

No interior, tudo bem arrumado e acompanhado de algum material de leitura. Na minha opinião, quem souber HTML vai adorar este streamer e vai dominá-lo à primeira mas para os restantes, mais documentação era bem-vinda para se conseguir fazer alguma coisa além da instalação básica e da integração do aparelho na rede doméstica.

Tirando a parte do papel que já falámos, este é o recheio que recebemos na compra do Popcorn Hour A-200.

Em Detalhe

Para amantes de plásticos e derivados, o A-200 é uma dádiva. Claro que há muita gente que prefere uma caixa mais robusta e sem o aspecto barato que todo este plástico preto traz ao novo modelo do Popcorn Hour. Por outro lado, a vantagem deste tipo de construção está essencialmente no peso reduzido.

O A-200 é bastante compacto mas é compatível com discos 3.5”. No entanto, continua a ser fácil arranjar-lhe um espaço no móvel da TV e não precisamos de gastar muito dinheiro para ter um disco de 1TB ou mais!

Na parte de cima do A-200 o plástico é espelhado, não podia ser pior para dificultar o trabalho fotográfico que já de si é amador… Podemos ainda ver o nome e o logo da marca em óptimo contraste com a caixa.

Numa vista de olhos pela caixa podemos verificar que existem várias ranhuras que pretendem deixar que o ar quente escape do interior do A-200. No fundo, suportes em borracha para absorver as vibrações.

Na parte da frente desta caixa temos uma porta USB (que não serve para efectuar as actualizações), o receptor infra-vermelho do comando e o LED indicador de estado que, quando o NMT está ligado, dá luz branca mas não muito intensa. Para desligar o A-200 é necessário carregar durante cerca de 3 segundos no botão on/off do comando. Ao carregar uma vez sem manter o botão pressionado, apenas desligamos a imagem. Também é preciso ter a pontaria afinada, para não dar muitos cliques em vão!

O comando precisa de algum tempo de estudo mas tem imensas teclas de atalho para utilizar durante a reprodução e navegação e a retro iluminação funciona bastante bem!


Na parte traseira da caixa estão o resto das ligações! Muito completo como era de esperar, apenas noto a falta de entrada exacta mas de resto está lá tudo o que é costume utilizar… Tanto em termos de imagem como som.

Neste caso vou dispensar a maior parte das entradas de som, porque estou sem amplificador e também aproveito para ter um sistema com o menor número de cabos possível e também serve para tirar partido do cabo HDMI com 1,5m de comprimento enviado no bundle do A-200.

Para abrir este modelo da Popcorn Hour é preciso um pouco mais de paciência e jeito do que nos restantes modelos da marca. Esperam-nos então 5 parafusos que para quem pretende instalar o disco interno é motivo suficiente para abrir uma vez e nunca mais mexer.

É boa hora para descobrir um pouco mais sobre o interior do A-200 incluindo alguns pormenores do hardware.

Continuamos com a saga do plástico e tudo parece bastante frágil deste lado. No entanto, o suporte do disco rígido está muito interessante. É uma peça que desliga e que obriga o disco a encaixa sem utilizar cabos, só é pena que utilize mais parafusos. O que vale é que já estamos com a chave na mão…

Na minha opinião, e por ser um apreciador assumido do silêncio, o dissipador do CPU está equipado com uma ventoinha pequenina e assustadora. O ruído não é exagerado mas é um pormenor que não queria deixar passar. Ainda tentei ligar os sound meters para conseguir quantificar o ruído da melhor forma mas rapidamente percebi que estes aparelhos têm vontade própria…


Em termos de hardware destaque para o processador Sigma a 667MHz e para os 512Mb de memória DDR2 e 256Mb de memória flash do tipo NAND. O consumo máximo estimado para este brinquedo é de 36W, um valor simpático para um media center que é capaz de reproduzir tudo!

A instalação das aplicações e a actualização do firmware são muito fáceis. Embora o A-200 possa estar ligado à rede e ter acesso à internet, para actualizar o firmware é preciso ter os ficheiros num dispositivo USB.

Depois de formatar o disco e de ter tudo actualizado tempo de experimentar. O carregamento não demora muito tempo mas o aspecto e fluidez do menu é um pouco pobre para o século em que vivemos.

Em termos de reprodução é fenomenal e não tive qualquer problema ao experimentar os canais da CNN e outros menos conhecidos. Também em termos de conteúdo digital armazenado no disco ou em streaming não tenho qualquer reclamação a fazer. O Popcorn Hour A-200 reproduz qualquer formato de vídeo com áudio associado e também legendas!


Outras opções

Depois de ter ficado impressionado com o pequenino Popcorn Hour A-200 e de me ter convencido a desmontar o meu media center da PC-X2000, decidi investir algum tempo em melhorar a minha experiência com este media tank e também conseguir passar novas opções neste artigo!

O primeiro aspecto que tentei melhorar foi em termos de ruído. A única opção era arranjar uma caixa fanless e encontrei uma em alumínio construída para este modelo pela Moovika! Esta não é uma solução oficial e não contém com uma embalagem toda xpto, ou melhor, não contem com embalagem sequer. O que recebemos são umas placas de alumínio que conjugadas da melhor maneira vão dar com certeza uma bela casa para o A-200.

Isto é apenas um pequeno resumo com fotos do processo troca de caixas, desmontar de uma e assemblar as partes na outra.

A primeira etapa é desaparafusar a motherboard e separar as duas partes do PCB. Com um bocadinho de força e jeito lá se conseguem tirar da caixa.
Aproveitamos também para remover o painel frontal que está apenas colado na caixa de plástico. Vamos precisar dele mais à frente!


Depois toca de começar a montar as placas de alumínio. Do género IKEA mas sem manual… O truque está nos suportes laterais que não têm rosca nenhuma. Utiliza-se então uma porca e o parafuso faz o resto do serviço. Já todos conhecemos aquele velho tema das festas em que convidam para ir procurar a porta certa para o nosso parafuso.

Instalar a motherboard é mais fácil do que dar um passeio no parque. Logo à partida sentimos que o hardware fica com muito mais espaço para respirar e como o alumínio é um bom condutor de calor e é barato! Parece que está tudo no bom caminho!

Então este é o novo dissipador do nosso CPU Sigma e apesar de não ser muito robusto é certo que irá transmitir o calor para a lateral que o vai espalhar pelo resto da caixa para que seja dissipado mais rapidamente. Não esquecer de aplicar pasta térmica nas duas extremidades…

O disco utiliza o mesmo suporte da caixa original mas obriga-nos a cortar uma pequena tranca para caber na caixa e, em princípio, significa que acabámos de perder a garantia… Muito animador, eu sei!


Toca a colar o painel frontal na caixa de alumínio et voilá! Este é o aspecto final do nosso estimado Popcorn Hour A-200.

… Que antes era um patinho feio!

Em termos de software também é possível modificar a gosto e felizmente existe um enorme e bastante activa comunidade online em www.networkedmediatank.com, onde recomendo uma visita.

Podemos encontrar skins e mods muito mais atraentes, rápidos, intuitivos e poderosos do que o original com aspecto de 1974.
Neste momento estou a utilizar um mod muito conhecido, o YAMJ (Yet Another Movie Jukebox) com a skin SabishGT que até agora tem correspondido bem às minhas necessidades.

Depois outra vantagem é que cada um pode alterar alguns detalhes a gosto ou mesmo criar a sua própria skin porque o NMT guia-se por ficheiros html!

Conclusão

O Popcorn Hour A-200 é uma adição fantástica à pilha de aparelhos que ocupam o espaço do móvel da TV. O entretenimento em casa aumenta consideravelmente de qualidade e também comodidade e quem tiver oportunidade de experimentar este tipo de media centers, vai ficar impressionado!

É muito fácil de utilizar, nem que seja apenas as opções básicas. Além disso, ainda é fácil de configurar para fazer parte da rede caseira e também permite navegar por alguns portais bem interessantes como a CNN, BNC e também pelo YouTube. Nos dias que correm não há ninguém que não tenha uma colecção enorme de imagens e vídeos que merecem ser vistos revistos e também actualizados!

Considero uma compra excelente! Para levar nas férias da família com uma lista de filmes à maneira e sem precisar de se ir carregado com tantas caixas de DVDs e quem sabe se também não seria preciso levar o leitor! Pelo menos de Blu-Ray não deve haver em todos os hotéis…

A possibilidade de utilizar um disco 3.5” é um ponto que destaco novamente pela positiva porque torna relativamente barato ter bastante espaço em disco para guardar todo o conteúdo digital que temos à nossa disposição, de forma legal! Ainda bem que não suporta dois discos como o irmão PC-C200 porque ia aumentar bastante o tamanho do NMT…

Penso que podia incluir um receptor wireless incluído para internet e um comando bluetooth ou outro que não fosse necessário fazer tanta pontaria. Este defeito nota-se ainda mais na caixa de alumínio, talvez esteja ligeiramente mais escondido.

A fraca qualidade e aspecto barato da caixa original em plástico é o outro aspecto que deixa a desejar!

Este brinquedo tem um preço recomendado de USD179.88. Infelizmente nas lojas nacionais a conversão é praticamente de 1USD para 1Euro e o preço acaba por ser proibitivo para alguns. Mas procurem directamente no site da marca!

A caixa fanless em alumínio da Moovika custa 40Eur e pode ser encontrada no website oficial da Popcorn Hour Francesa!

Para o finalzinho da review, deixo, como sempre, o agradecimento à Popcorn Hour por ter cedido um sample para review.

16 Comentários a este artigo
  1. Até já pop corns aqui estão! Parabéns pela review detalhadissima desta caixa de surpresas Marco.
    É sempre bom dar uma passadela e ler algo de real interesse!
    Chega-lhe aí!

  2. tava a pensar comprar uma coisa destas, agora ja fiquei mais esclarecido.

    pena é mesmo isso do comando. :S

    mas é um Aparelho que já se ve muitas vezes em casa, em vez dos “caixotes” de leitores.

    boa Review

  3. Grande review!

    Mas é que podem mesmo acreditar nisso! Eu tenho um Egreat M34A, e lê também sem problemas 1080p.

    Cumprimentos.

  4. Já o meu o-play tem quase todas as funcionalidades desse popcorn , tirando as mais “geeks” como a possibilidade da programação dos layouts por html, mas tem levado updates de firmware constantes e o que era bom agora está óptimo .
    A nível de reprodução já vi 1080p e é sempre a partir !
    Para não falar que custa 80 € =D

  5. Isso não sei , mas o novo já o faz por wireless, já suporta cartões e isso tudo.
    Para mim não podia ter sido melhor compra 80€ +59€ para um disco externo de 320 gigas , e temos o nosso video clube de alta definição.

  6. Alex, o novo faz por wireless se tiveres uma pen wireless ligada a ele e isso é coisa que a Asus ainda não oferece… além de que é mais caro, bastante…

    Já a opção da Tuniq traz isso tudo (só não oferece um cabo HDMI, se não estou em erro)… 😀

  7. Isso da pen não sabia mas o novo fica por cerca de 120€ , e já vi mais barato no kk,
    Se te referes a isto :
    http://www.tuniq.com.tw/multimedia/HDBOX.html
    Acho que ainda nem saiu em mercado nacional , pelo menos que tenha conhecimento e dificilmente vai bater os 120€ , se é esse o modelo que falas acho mesmo que até pode ser mais caro que o popcorn.
    Posso estar errado mas pronto.
    Continuo a dizer a primeira versão , que eu possuo depois de uns updates á firmware a nivel de reprodução há pouco ou nada por onde pegar, e por 80€ fazer conversão de dts 5.1 para stereo é muita fruta.
    Na media market onde o comprei de todos só esse e o Egreat que o Tiago possui , faziam essa conversão e como não tenho um sistema de som estrondoso , foi um factor decisivo.

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos