Home Hardware Palit HD4870

Testes e metodologia

A metodologia utilizada não foge ao que é habitual. Benchmarks, jogos e testes de estabilidade que ajudam a apurar a competência da placa gráfica em questão.

O sistema utilizado tem por base a nossa plataforma preferida conhecida como AMD Spider Platform.

Motherboard: Gigabyte MA790FX-DQ6
Processador: AMD Phenom X4 9850
Memória: Mushkin 4GB XP2-6400
Placa Gráfica: Palit HD 4870
Disco rígido: Western Digital Raptor 36GB
Fonte de Alimentação: Seasonic M12 700W
Para os testes à HD 4870 foram instalados os drivers mais recentes fornecidos pela ATI e o “Hotfix” disponível para todos num Windows instalado de fresco para este propósito.

Overclocking

As velocidades default para este modelo são 750MHz e 900MHz para o core e para as memórias, respectivamente.
No que diz respeito ao core, o overclock máximo estável atingido não é significativo nem proporciona grandes melhorias durante os jogos. É recomendado algum cuidado ao fazer overclocking às memórias!

3DMarks

Estas são algumas das ferramentas que proporcionam um modelo e termo de comparação mais alargado no mundo da informática. É quase obrigatório correr estes benchmarks embora nem sempre revelem o potencial do produto em causa devido ao resto da configuração e tweaks utilizados.

3DMark 03

3DMark 06

PCMark 05

Resultados nos benchmarks mais conhecidos que além de serem brutais para um sistema desta gama e com uma placa gráfica deste preço ainda nos deram alguns pontos no HWBot.

Jogos
Aqui se vê o poder do produto em análise para o consumidor final. Com o número de frames por segundo atingidos em cada jogo é possível comparar com a gráfica anteriormente utilizada ou com a que está na lista de compras.
Resta dizer que quanto mais alto o valor, melhor!

Call of Duty 4
Frames por segundo medidos durante 1minuto num ambiente exterior e com muitos tiros, granadas, fumos, etc.

Call of Juarez
Correr o benchmark do pesadissimo Call of Juarez com as opções em High.

Company of Heroes
Palavras para quê? É o Company of Heroes e estamos prontos para correr o Performance test com tudo no máximo!

Crysis
Crysis em resolução altissima, com todas as opções em Very High e veja-se…

O jogo corre fluído!!

Estes resultados traduzem o grande potencial desta placa gráfica para quem apreciar jogar com máxima qualidade e resoluções… Simpáticas, digamos.

Consumo Energético, temperaturas e ruído

Embora consuma mais do que a sua irmã mais nova, a HD 4870 continua a ser uma placa gráfica relativamente eficiente.

A temperatura pode ser o único entrave para esta gráfica pelo simples facto de que a ventoinha em modo automático funciona a baixas RPM e embora seja possível aumentar a velocidade de rotação da ventoinha manualmente e ver as temperaturas a descer substancialmente. Em idle 41ºC já mostrado no guia sobre o Hotfix da ventoinha.

Nesta análise foi usado apenas o stock cooler mas para além dos blocos de aircooling mais performantes também já estão no mercado blocos de watercooling para resolver este problema das temperaturas.

Quanto ao ruído produzido pelo stock cooler e embora seja uma classificação relativa, considero suportável até aos 40%… Embora já se ouça bem.

Páginas: 1 2 3 4

Autor
Engenheiro Civil, a viver em Taipei, Taiwan com enorme gosto por tecnologia e partilha de informação. Estou no LILIREVIEWS desde 2007 e ao longo destes anos tive oportunidade de desempenhar diferentes funções em marcas líderes nesta área, nomeadamente na OCZ, Antec, AOC, NZXT, Razer e Gigabyte. Sou fã de novidades em hardware e passo demasiado tempo em jogos online, onde me podes encontrar com o nick MulherGorda.
0 Comentários a este artigo
  1. Pois e ao ganharem com a parte das gráficas tens de comprar tudo em AMD é por isso que ainda não a muita gente com esses tipos de pc’s

    Cumpz

  2. é verdade , cada vez estão melhores !

    AMD em graficas, parte tudo ..

    pois estão, podia ser um prémio para o próximo concurso , .p

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos