Home Hardware Discos OCZ Vertex II 60GB

Testes e Resultados:

Os programas de testes escolhidos para esta review foram:

  • CrystalDiskMark 3.0
  • ATTO Disk Benchmark
  • HD Tach
  • AS SSD Benchmark

O sistema utilizado foi o seguinte:

Motherboard: Asus P7P55D-E
Processador: Intel i7 860 – Hyperthreading activo
Memórias: GSKILL PC3-12800 RIPJAWS CL8 1600MHZ DC 4Gb
Fonte de Alimentação: Corsair TX 650W
Disco: OCZ Vertex II 60GB

Passemos então aos testes propriamente ditos:

O sistema operativo utilizado foi o Windows 7 x64.

HD Tach
Este programa testa a velocidade de leitura sequencial ao longo do disco, e era muito utilizado nos discos mecânicos (tipo Winchester), isto porque dava um gráfico bastante interessante onde que se podia analisar o decair da velocidade de leitura à medida que se chegava ao centro dos pratos. Como isso não acontece nos SSDs, cuja leitura se mantém virtualmente inalterável ao longo do disco, apenas o iremos utilizar porque ainda estamos a comparar um SSD com disco mecânico.

Em comparação com discos mecânicos, podemos ver claramente que neste benchmark os SSDs são “Reis e Senhores”. O tempo de acesso mantém nos 0.1ms, como é habitual.

CrystalDiskMark

Muito em voga agora com a chegada dos SSD, este programa efectua testes de leitura escrita aleatórios e sequenciais, com um tamanho de ficheiro pré-definido pelo utilizador. Neste teste foi utilizado um ficheiro de 100MB, correndo 3 vezes em toda a extensão do disco.

Os resultados aqui são bastante interessantes, no entanto abaixo do que é anunciado pela OCZ. Os testes da OCZ foram feitos usando o  ATTO Disk Benchmark, que ao contrario deste software, utiliza dados comprimíveis, permitindo assim ao disco demonstrar a sua verdadeira performance.

AS SSD Benchmark

Bastante semelhante ao Crystal Disk Mark, este programa utiliza também dados comprimíveis para testar o disco, sendo que podemos considerar estes resultados como o que podemos obter na pior das hipóteses:

ATTO Disk BenchMark
Um dos programas que mais resultados sintéticos, tanto a nível da leitura como da escrita, apresenta é este. No final do teste cria um gráfico com os vários tamanhos dos ficheiros usados, permitindo-nos comparar directamente os valores obtidos, seja entre discos mecânicos como em SSDs.

É aqui que vemos a real capacidade deste disco. Já perto dos 128KB obtemos praticamente a performance máxima, sendo que aos 4096KB obtemos 279MB/s de leitura e 268MB/s de escrita. Apesar de não serem directamente comparáveis , porque a base de testes é diferente, podemos só de relance notar que mesmo em comparação com o OCZ Agility que utiliza o famoso controlador Indilinx, este disco em testes dizima completamente qualquer resultado do mesmo, apesar de as diferenças não serem muito significativas nos outros programas de benchmark.

IOMeter
Este programa foi criado inicialmente pela Intel, e permite-nos criar testes personalizados, sendo por isso, muito apreciado pelos reviewers. Os resultados obtidos podem ser em IOPS ou em MB/s. Para este teste, utilizou-se apenas um teste com leitura/escrita aleatória com um ficheiro de 4KB de tamanho, para simular a maioria da carga sofrida por um disco durante o seu uso do dia-a-dia. Os IOPS são bastante importantes não só para o mercado doméstico, mas também, e em muito maior peso, para o mercado de servidores, pois estes são alvos de uma elevada taxa de acessos por segundo, onde um disco terá de dar resposta da forma mais rápida possível.

Páginas: 1 2 3 4 5

0 Comentários a este artigo
  1. O disco tem um desempenho excelente e a review acompanha. acho que o preço não é só o único ponto negativo, a capacidade também é. para quem procura um disco para colocar os programas, acho 60Gb pouco. hoje em dia os jogos já ocupam muito espaço e normalmente temos pelo menos 5 jogos instalados simultaneamente, para não falar de outros programas, como photoshop e assim que acabam por ocupar também muito espaço.

  2. Boas!

    Obrigado Filipe, nem me lembrei desse pormenor, visto que quase não jogo. Vou adicionar, pois para quem realmente se dedica ao gaming, 60GB são realmente muito pouco.

    Cumprimentos!

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos