Home Notícias Microsoft irá guardar dados europeus na Alemanha

Com o objetivo de proteger os clientes europeus das agências de segurança e inteligência norte-americanas, a Microsoft afirmou no dia de ontem que vai guardar um banco de dados na Europa, mais concretamente na Alemanha.

As relações entre a Microsoft e o governo americano já atravessaram melhores momentos com o tribunal de New York a obrigar a empresa a fornecer dados de um cidadão armazenados na Irlanda e esta se ter recusado. Recorde-se também que o Tribunal Europeu rejeitou um acordo entre os Estados Unidos da América e a União Europeia para a transferência de dados pessoais de território europeu para americano.

microsoft

Recentemente, um estudo provou que 83% das empresas alemãs gostariam de que os serviços de cloud que utilizam estivessem sediados no seus país. Desta forma, a Microsoft não só satisfaz o mercado alemão como também protege todos os dados dos seus clientes do velho continente dos olhares na NSA. Estes dados vão encontrar-se ao cuidado da empresa T-Systems e a própria Microsoft só poderá aceder aos seus dados com autorização da companhia alemã ou dos utilizadores, sendo que, mesmo com o “sim” por parte dos clientes, a T-Systems promete supervisionar todo o processo de recolha de dados da empresa americana.

A previsão aponta para que os bancos de dados da gigante tecnológica esteja a operar em plenas capacidades no segundo semestre do próximo ano abrangendo numa primeira fase os clientes da União Europeia e, seguidamente, os dos restantes países da Europa.

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos