Home Hardware Caixas LC Power Gaming 971B Infiltrator

A LC Power dispensa apresentações, já cá anda há muito tempo e é conhecida por apresentar produtos com uma boa qualidade/preço. Esta marca alemã disponibiliza uma vasta gama de soluções, desde fontes de alimentação, a caixas para PC, caixas externas para discos rígidos, leitores multimédia e coolers para processadores.

Mas, onde estão verdadeiramente inseridos cá em Portugal é nas caixas de PC e fontes de alimentação, sendo nesta última, a escolha de muita gente quando procuram um bom produto a um preço amigo da carteira.

Desta vez, chega-nos a nova caixa da marca para gamers e entusiastas, denominada de Gaming 971B Infiltrator. Os entusiastas são consumidores exigentes, será que esta big-tower vai corresponder às expectativas e exigências deste público alvo? Já vamos ver de seguida.

Embalagem e Conteúdo

Sendo esta uma caixa full-tower, a embalagem é de grandes dimensões e dá logo a entender para que se designa esta Infiltrator. O layout e as cores estão bem conseguidos, chamando a atenção apenas nas doses devidas, nada de muito rebuscado. É ainda possível ler algumas das principais características da caixa.

Tal como na frente, na traseira é possível ler algumas das suas características, bem como imagens a complementar. Podemos assim, ter desde logo uma ideia de como é a caixa no interior e exterior.
Dentro vem uma pequena caixa com o manual e alguns acessórios, nomeadamente fitas plásticas para prender os cabos e ajudar na arrumação interior.

Características

  • Mainboard tray for cable management
  • Tool-free mounting of all drives
  • Black coating of the case inside
  • Device for a water cooling system
  • Removable mounting frames for 3.5″ HDDs
  • Up to six 120mm fans mountable (fans optionally available)
  • Mesh grid at the front and lateral panel
  • Dust filter behind mesh grid
  • PSU mountable on top or bottom of the case rear

O Exterior

O exterior da caixa é sóbrio, tem pouca cor, apenas com duas tiras de cromado na vertical, ao longo de toda a frente. Possui as típicas grelhas, a toda a sua altura, deixando passar o ar fresco que vem de fora. Toda a frente possui também atrás das grelhas filtros para minimizar a entrada do pó.

Não são os filtros convencionais que já vimos em outras caixas gaming, sendo até mais trabalhosos de remover, mas muito melhor que simplesmente não ter e assim tornar-se num pequeno armazém de pó e sujidade.

O material em que é construída é robusto, não dando sinais de fraqueza à primeira vista. As tampas laterais também são espessas e de boa qualidade, só pelo peso de cada uma percebemos logo que estamos perante material de boa qualidade.

Mas, como não há bela sem senão, o peso da caixa é de mais de 13,5Kg, não se tornado muito fácil de transportar, muito menos depois de estar com os componentes montados.

A lateral direita da caixa, tem uma vasta grelha que ocupa metade da lateral, grelha essa que também vem munida de um filtro para o pó. Mas, ao contrário dos frontais, depois de retirado, é muito complicado, ou até quase impossível de o tornar a colocar como de origem, visto as extremidades virem prensadas entre a grelha e o aço da lateral.

A nível estético, é bastante simples, contendo apenas o nome Infiltrator a vermelho e uma forma em espécie de “C”, em tom de cinza. Mais na frente, podemos ainda encontrar uns orifícios para o ar passar, mas que em termos práticos, não oferece grande ajuda ao airflow devido ao posicionamento.

A outra lateral, segue a linha de toda a caixa, ou seja, simples, sóbria e sem exageros, contendo igualmente o nome Infiltrator com a mesma forma de “C”, mas desta vez com uma saliência.

O topo da caixa está bastante agradável esteticamente, contudo, acaba por desfavorecer quem usar refrigeração a ar, uma vez que, existe pouco espaço disponível para fazer a extracção do ar quente que se acumula.

Disponibiliza quatro entradas USB 2.0, uma USB 3.0, uma para micro e outra para headphones. O botão Power também se encontra bem posicionado, assim como o do Reset e a LED de indicação da actividade do disco.

A par das restantes grelhas da caixa, estas também trazem filtros do pó, mas acaba por ser um pouco irrelevante, uma vez que, no topo colocam-se ventoinhas para extracção e não para puxar ar para dentro. Não pode também faltar a referência à marca, estando ela em destaque logo na frente.

A traseira tem a particularidade de permitir colocar a fonte de alimentação onde mais desejamos, seja em cima ou em baixo, permitindo ainda colocar uma ventoinha de 120mm para ajudar na extracção do ar.

De notar também o cabo USB 3.0 que vem da frente da caixa e deve ser ligado à motherboard. Vem também totalmente preparada para receber watercooling, com os devidos orifícios para passar os tubos.

O Interior

O interior é todo em preto, como já vem sendo cada vez mais habitual neste tipo de caixas, trazendo uma divisória a meio que supostamente é para separar a zona do CPU dos restantes componentes mais abaixo, nomeadamente placa gráfica. A utilidade dessa divisória é muito duvidosa, na minha opinião é mesmo inútil e um desperdício de plástico.

A armação da caixa é de boa qualidade, muito robusta, não dando sinais de qualquer flexão, sendo outro dos pontos fortes desta LC Power.

A Infiltrator é uma caixa grande, medindo 58cm de altura e 59,5cm de comprimento. Consegue acomodar material de topo, nomeadamente placas gráficas com 34cm e até motherboards em formato E-ATX.

Existem furações com fartura na motherboard tray, não sendo a arrumação dos cabos um problema. Nesse quesito a caixa está muito bem elaborada, permitindo dar no final da montagem um aspecto limpo.

A zona da fonte de alimentação é ampla, com boas borrachas de modo a não riscar a fonte e possui os devidos orifícios para a fonte respirar e ir buscar ar fresco fora da caixa. Devem então, colocar a fonte com a ventoinha virada para baixo.

A questão do pó não está completamente posta de lado, uma vez que, o filtro, se é que se pode chamar de filtro a um bocado de plástico maleável com furos, não é a melhor solução para evitar o pó, seria muito mais preferível e eficaz um filtro tradicional. Uma nota negativa também pelo facto de ser necessário retirar a fonte para remover o filtro do pó.

A caixa traz duas cages removíveis que podem suportar até 8 discos rígidos 3,5”, quatro cada uma. Com adaptadores, também possibilita a instalação de discos rígidos 2,5” ou SSDs, mas terão de os adquirir à parte, não sendo fornecido nenhum junto com a caixa.

A zona das drives e discos é toda ela tool-free, ou seja, não é necessário qualquer tipo de ferramenta para a montagem, com uma pequena alavanca ligada a molas os componentes ficam presos no lugar. Puxando para o lado esquerdo solta e para o lado direito prende, depois da drive estar no lugar.

A frontal é removível, para quando for necessário limpar os filtros do pó ou limpar por exemplo as ventoinhas sem ser necessário tirar toda a cage com os discos atrás. Removendo a parte frontal, ajuda também bastante na montagem da drive de DVD. É sem dúvida muito bom esta possibilidade e ainda bem que a marca teve atenção a isso.

Importante também é o fundo e aqui mais uma vez esta caixa denota cuidado. Traz quatro bons e altos suportes com extremidade em borracha que, não só evita riscos no chão quando se arrasta a caixa, como também dá uma boa altura para a fonte de alimentação poder aspirar ar fresco de fora.

Montagem

Montar a fonte de alimentação é muito simples, e as borrachas evitam qualquer risco, uma vez que, a fonte e a caixa não se tocam. Existe muito espaço para montar fontes de grande dimensão, não prejudicando depois a arrumação dos cabos.

Outra característica muito útil e que não foi esquecida, é o corte na motherboard tray, que possibilita trocar de cooler sem retirar a motherboard. Este pequeno pormenor permite-nos poupar imenso tempo e trabalho. A abertura é grande, não havendo qualquer problema com os diversos tipos de sockets.

As cages, como já falado anteriormente, são removíveis, não só para tornar a montagem dos discos mais simples, como para efeitos de limpeza. É também nestas cages onde as ventoinhas estão alocadas, mas não posso deixar de referir e de dar um grande cartão vermelho para esta situação, a LC Power Infiltrator não traz ventoinhas de origem, todas elas terão de ser compradas à parte.

É de facto inadmissível como uma caixa que supostamente é para gamers e entusiastas, não trazer fans para refrigeração, no mínimo exige-se pelo menos uma na frente e uma na traseira, para o mais básico airflow.

Dentro das cages vêm quatro suportes que funcionam como uma gaveta, onde se colocam os discos rígidos. O processo é muito rápido e não apresenta qualquer tipo de dificuldade, basta pressionar ao de leve nas patilhas para prender os discos. Depois de devidamente colocado, é só deslizar o suporte para dentro da cage novamente.

O topo da caixa é removível, bastando para isso pressionar um pequeno botão na ponta e ao mesmo tempo deslizar a peça do topo. Permite colocar até três ventoinhas de 120mm ou então um radiador para watercooling. Aliás, toda esta caixa tende para o watercooling, não só por não trazer ventoinhas de origem, mas porque de facto oferece muito espaço e pormenores em locais que são muito úteis para quem monta um sistema de refrigeração a água.

Como se pode ver, mesmo depois dos componentes montados, ainda existe muito espaço. Consegue albergar componentes de grandes dimensões sem o mínimo de problema, restando ainda muito espaço para arrumação de cabos, seja para não prejudicar o airflow como para dar um ar mais limpo ao interior da caixa.

A funcionar, as únicas LEDs que a caixa tem são no botão Power e a da indicação de actividade do disco, sendo a primeira em tom azul e a última em tom vermelho.

Conclusão

A caixa em si não traz novidades para o já existente, mas não deixa de ser uma boa caixa, bem construída e muito espaçosa. Pode ser utilizada com refrigeração a ar ou watercooling, mas principalmente para esta segunda vem muito bem preparada.

É bem acabada, robusta e embora os plásticos que contém não sejam de muita qualidade, não desiludem e cumprem bem. É uma Big-Tower, daí que, suporta componentes de grandes dimensões, nomeadamente motherboards E-ATX e placas gráficas de última geração, sejam Single ou as ainda mais longas Dual-GPU.

Não me agradou nada o facto de não trazer ventoinhas para refrigeração, ainda por cima quando toda a concorrência as inclui e sendo esta uma caixa dirigida aos gamers. É sem dúvida um ponto muito negativo que não se pode deixar passar em claro. Os filtros do pó também podiam ser melhores, principalmente o da zona da fonte de alimentação, mas acabam por servir. O maior problema é mesmo quando for preciso os retirar para limpeza, além de trabalhoso, o filtro da lateral será quase impossível de o tornar a colocar como antes, terá de ser limpo assim como está.

Ainda no que diz respeito à refrigeração, outra nota menos positiva para o topo da caixa, que desfavorece muito quem usar refrigeração a ar. Tem pouco espaço por onde o ar possa fluir, o que prejudica um pouco o airflow.

De salientar a existência de uma porta USB 3.0 frontal, que hoje em dia já começa a ser uma mais-valia, aumentando em muito a performance dos discos externos. A frontal também é removível, facilitando a montagem de drives e discos.

No geral, acaba por ser uma opção viável, muito por culpa de ser complicado encontrar caixas Big-Tower no mercado a 100€. Se não fosse por isso e o facto de estar muito bem preparada para watercooling, seria complicado recomendar esta caixa face às opções que existem na concorrência.

Esta LC Power transmite segurança e robustez em boa dose, mas não esperem uma caixa com a qualidade e features de uma Big-Tower do dobro do preço. Contudo, se procuram uma caixa com espaço para dar e vender e amiga da carteira, a Infiltrator ocupa muito bem esse lugar e não vos desiludirá. Ainda tem o bónus de não se ter esquecido de diversos aspectos úteis, como o corte na motherboard tray, muitos furos para uma boa arrumação de cabos e possibilitar a montagem da fonte de alimentação em dois locais diferentes

Em suma, a Infiltrator não sendo uma caixa extraordinária, cumpre bem e oferece características e qualidade suficientes para a generalidade das pessoas. Se procuram espaço acima de tudo a um preço mais baixo, esta Infiltrator é a solução.

E como as imagens valem do que mil palavras, podem ver um breve vídeo da autoria da Lilireviews, que mostra algumas das características desta nova LC Power.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=PaA3eOzgRW8]

Agradecimento: Por último e não menos importante, um agradecimento à FJMPC por ter disponibilizado o produto da review.

0 Comentários a este artigo

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos