Home Notícias Hololens já tem data e preço

Os já muito esperados Hololens da Microsoft já tem data definida para início de venda e preço estipulado, começando hoje as pré-reservas. Mas para quem quer comprar o Hololens em Portugal terá de esperar ainda mais um bocado pois, por agora, apenas entrarão no mercado dos Estados Unidos e do Canada. E mesmo para estes países, só quem cumprir o pré-requisito de fazer parte do Windows Insider poderá adquirir estes óculos da Microsoft. Lembramos que os participantes do programa Windows Insider terão de dar feedback e trabalhar com a Microsoft para definir o futuro da computação holográfica.

Microsoft Hololens


Os Microsoft Hololens irão começar a ser enviados para os clientes no final deste mês, dia 30 de março de 2016, e terão um preço a rondar os 3000 dolars, cerca de 2750€. A versão dos Hololens que vai entrar no mercado é a Development Edition, edição que, como o nome indica, tem como alvo os que pretendem desde já começar a desenvolver novas aplicações e/ou melhorar as já existentes nesta nova plataforma.

Microsoft Hololens

O que são os Microsoft Hololens?

Os Microsoft Hololens são uns óculos de realidade aumentada. Em óculos de realidade virtual, é criada uma realidade paralela facilitada pela tecnologia, onde objectos digitais, dados e outros podem ser adicionados ao campo de visão do utilizador. Ao contrário da realidade virtual, que troca a realidade do utilizador por uma virtual, a realidade aumentada mantém a realidade do utilizador mas aumentada com extras digitais.
O projecto Hololens começou à 7 anos, 5 destes com Alex Kipman que antes disto trabalhou no kinect, antecessor dos Hololens.

Microsoft Hololens
Sendo que o Hololens é o pináculo da tecnologia actual, muito do que este é capaz é devido às mais de 5 cameras, acelero-metros e giroscópios para que se consiga saber a localização da cabeça e como está posicionada a todo o tempo. Este, para além de mapear o ambiente do mundo real que o rodeia, permite ao utilizador combinar dados digitais com o mundo real, criando um ambiente muito atractivo. O aparelho criado por Alex Kipman irá receber TB de dados dos sensores a todos os segundos, estes dados serão todos processados no próprio Hololens que, graças aos avanços tecnologicos, permitiu incorporar um CPU, um GPU e o primeiro HPU (holographic processing unit) do mundo.

Microsoft Hololens
Na parte virtual, os Hololens, ao contrário dos outros óculos no mercado, não têm pixeis mas sim photons, o que faz com que as imagens sejam muito naturais. Com o apoio de 2 speakers que se encontram embutidos nos Hololens, não serão necessários auriculares, permitindo assim que o utilizador ouça todo o mundo real que o rodeia ao mesmo tempo que ouve também a parte digital.
Porem como era de esperar, este equipamento da Microsoft contém algumas limitações como, por exemplo, o espaço visão de realidade aumentada que o utilizador pode ver através dos óculos bem como os comando de controlo. Algo que de certeza será melhorado quando sair para o mercado a versão de cliente dos Hololens.

Os objectos digitais podem também interagir com o mundo real como, por exemplo, se atirar-mos uma bola contra o chão iria saltar como uma bola real. Em resumo os Hololens podem ser usados para comunicação, absorção de informação e mapeamento do ambiente do mundo real.

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos