Home Notícias Google lança PC Quântico 100 milhões de vezes ao que conhecemos

A divisão Advanced Supercomputing da NASA desenvolveu um PC Quântico, que se está a destacar dos supercomputadores que o mundo conhece.
A caixa é o D-Wave 2X, um computador quântico 100 milhões de vezes superior ao nosso computador de casa.

lilireviews-quantic-pc-1

Em colaboração com a Google e com a NASA, e empresa D-Wave Systems Inc, tem desenvolvido o mais avançado computador quântico do mundo. Para se ter noção, estamos a falar de 1000 bits quânticos de processamento. Inêdito!
Em analyses mais palpatórias, falamos de problemas complexos resolvidos num segundo, em vez de um ano

Em computação quântica, cada bit pode assumer simultaneamente o valor 0 ou 1.
Assim, enquanto três bits convencionais podem representar qualquer um dos oito valores (2^3), três qubits, como são chamados, podem representar todos os oito valores de uma só vez. Isso significa que os cálculos podem, teoricamente, ser realizados a velocidades muito mais elevadas.

lilireviews-quantic-pc-5

Um problema de optimização desenvolvido pela Google e a Nasa, foi resolvido com uma resposta 100 milhões de vezes mais rápida do que um computador convencional, com um processador de um único núcleo.

Mas onde será útil este PC Quântico?
Há problemas de grande complexidade nas missões espaciais da NASA, assim como há necessidade deste tipo de velocidade de cálculo nos modelos do controlo do tráfego aéreo – áreas onde a NASA investe esforços significativos em computação.

lilireviews-quantic-pc-2

Estes resultados anunciados pela Google ainda têm de ser analisados pelos parceiros neste projecto, pelo que poderá ainda haver mais informação surpreendente destes resultados agora anunciados.

lilireviews-quantic-pc-4

O objectivo é ganhar com todo o processamento disponível nas diversas situações práticas. A grande variedade de aplicações da NASA, que não conseguem ser resolvidas em supercomputadores tradicionais num prazo realista serão agora alvo desta “besta” de processameto. Torna-se assim numa evolução de outros modelos de computadores quânticos D-Wave já criados.

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos