Home Notícias GeForce GTX 970 com falsas especificações

Desde há algum tempo para cá, vários utilizadores da GTX 970 repararam que a placa não usava mais de 3.5GB de VRAM em vários títulos e nos poucos que ultrapassava esse valor, a performance sofria um impacto negativo, causando algum stuttering a jogar.

Muito se disse e escreveu sobre isto, até que a Nvidia se chegou à frente e confirmou que efectivamente havia um “problema”. Problema entre aspas, porque na realidade não é um problema, mas sim o modo em como o chip é produzido, que não corresponde ao que foi anunciado pela Nvidia.

Posto isto, e depois de vários especialistas terem analisado ao pormenor a situação, veio-se a saber que a GTX 970 afinal não tem 4GB de VRAM, mas sim 3.5GB+0.5GB. Além disso, o chip também não tem os 64 ROPs, mas sim 56 ROPs e falta-lhe inclusive cache L2, que segundo o publicitado é de 2MB, quando na realidade é de apenas 1.75MB.

GM204

Então qual o problema disto? A GTX 970 não passou milagrosamente de bestial a besta, continua a ser uma placa excelente para o preço, mas os consumidores foram enganados, com especificações que não correspondiam ao produto que estavam a comprar. A situação da VRAM é a mais grave, causando efectivamente impacto negativo na fluidez de alguns jogos, visto que, quando os 500MB extra são acedidos, a performance sofre, devido ao estreito bus em que assenta.

Isto faz a placa para todos os efeitos ter um bus de memória de 224-bit e não 256-bit, visto que, só os 3.5GB é que têm acesso a ele, o restante é separado e fica para os adicionais 500MB, daí a performance baixa quando usados.

Há muitos clientes insatisfeitos, sentem-se enganados pela Nvidia e não seria de estranhar que esta situação viesse a afectar as vendas. O fabricante sabia perfeitamente disto, mas escondeu o jogo dos consumidores, o que é bastante reprovável. Entretanto, já se fala que a Nvidia vai de uma maneira ou de outra compensar os possuidores da GTX 970, talvez com a oferta de alguns jogos ou descontos numa próxima compra.

Resta esperar, ainda muita tinta vai correr sobre o assunto, mas logo que haja desenvolvimentos relevantes sobre a situação, farei a actualização. Entretanto, se quiserem aprofundar o assunto, aqui fica um vídeo detalhado:

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos