Home Periféricos CM Storm Reaper

A Cooler Master, com a sua marca CM Storm, tem investido bastante no mercado gaming com alguns produtos bastante interessantes que já foram aqui analisados. Dentro deste segmento, a CM Storm apresenta também o rato Reaper, o seu modelo topo de gama desenhado para enfrentar todo o tipo de batalhas. O Reaper apresenta algumas características que o tornam mais indicado para jogos FPS, no entanto, nada inviabiliza de o personalizar para outro tipo de jogo. Este é um de vários ratos que a marca apresenta no seu reportório, mas este é sem dúvida o seu modelo mais trabalhado.

Características

    Estas são as características segundo a marca:

  • Design: Palm Design
  • Body: Plastic / Aluminum / Rubber
  • Sensor: Avago 9800
  • DPI: 8200
  • Switch: Omron 5 million clicks
  • Onboard Memory: 128k
  • Inch Per Second: 150
  • Max. Acceleration: 30g
  • LED color: White
  • Cable length: 1.8m/ 5.75 feet Braided cable

Embalagem e conteúdo

Característico da marca, a embalagem apresenta-se bem desenhada e com um aspecto sóbrio. Na frente, um primeiro vislumbre do rato e o nome do modelo, para ser mais fácil identificar o produto nas prateleiras (se bem que hoje em dia a maioria das compras são feitas pela internet). Nas laterais encontramos alguma informação em várias línguas.

CM Storm Reaper 01

Na parte de trás da caixa, um fotografia acompanhada de várias características técnicas, ajudam o utilizador a decidir-se na altura da compra. Estas informações são em várias línguas, uma vez que a Cooler Master distribui este modelo numa vasta lista de países.

CM Storm Reaper 02

Dentro da caixa, para além do rato, apenas encontramos um manual de introdução bastante básico. A caixa em si é bastante robusta, capaz de acomodar o conteúdo durante o transporte, o que transmite mais segurança na altura de comprar online.

O rato

Todos os ratos deveriam ser diferentes (alguns são iguais mas como logos diferentes). Muitas marcas investem bastante em R&D (researchand development) para se manterem à frente dos seus concorrentes e acabam por apresentar produtos muito interessante e com características que tornam um jogador bom, num jogador excelente.

CM Storm Reaper 03

Apesar do Reaper não ter adoptado um design ergonómico, é bastante confortável mesmo após longas horas de utilização. Segundo a marca, este rato foi concebido tendo em conta o “palm grip”. Fica a dica para aqueles que adoptam este tipo de uso.

CM Storm Reaper 04

O rato não é demasiado largo e adequa-se perfeitamente a mãos médias e grandes, devido ao seu comprimento. Utilizadores com mãos mais pequenas irão achar este rato um pouco grande demais. A superfície cinza é em plástico e não alumínio. Entre esta superfície e os botões existe um espaço por onde irradia luz branca.

CM Storm Reaper 05

No lado do polegar encontramos uma das características mais interessantes do Reaper. Para além dos dois botões habituais BACK e FORWARD, a Cooler Master adicionou um botão extra de dimensões generosas para ser facilmente acedido. Este botão é configurável mas a sua função por defeito é diminuir os DPI’s para níveis baixos enquanto está a ser pressionado. Esta função é particularmente útil em FPS, para aquela precisão on-the-fly. Para outro tipo de jogos, é só configurar a gosto no software.

CM Storm Reaper 06

Outra característica muito boa é o mousehweel. É todo em alumínio, tem uma textura muito boa e uniforme. O Reaper utiliza switchs OMRON para os botões direito e esquerdo, mas não para os restantes botões. O mousewheel não tem tilt, o que normalmente não faz falta para gaming, e é bastante sólido, não abana para os lados quando se utiliza, apesar de ser necessário exercer um pouco mais de pressão no click. Os dois botões adicionais servem para aumentar ou diminuir os DPI’s.

CM Storm Reaper 12

A cooler Master decidiu usar o laser Avago 9800, um dos melhores do mercado. Está posicionado no centro do rato, o que muitos dizem ser o ideal. Os skates são três, em teflon e estão posicionados nas laterais, ao longo do rato, e no fundo.

Pormenor

Todos os ratos têm as suas características especiais e o Reaper não foge à regra.

CM Storm Reaper 08

A zona do polegar está bem desenhada e é bastante confortável, os botões são de fácil acesso e rapidamente nos habituamos ao botão extra. Estes botões são configuráveis através de software, o que significa que temos ao alcance de um dedo uma quantidade enorme de possibilidades. O que não é tão bom é a qualidade da construção destes botões, especialmente os botões BACK e FORWARD. Nesta unidade, o botão FORWARD começava a ficar preso momentaneamente após algumas horas de utilização, o que irritava.

CM Storm Reaper 07

Este mousewheel é mesmo sólido! Os botões direito e esquerdo têm comprimentos diferentes, o que faz algum sentido, uma vez que os nossos dedos também são diferentes. O conforto está assegurado e, neste aspecto, o Reaper está muito bem conseguido. Na frente há também duas saídas de luz, tipo faróis de automóvel, que se acendem quando o rato está em funcionamento.

CM Storm Reaper 10

Os botões para mudar os DPI’s estão posicionados num sítio habitual, mas a sua qualidade é muito inferior aos resto do rato. A Cooler Master poderia ter tido muito mais cuidado aqui. O espaço entre os botões e o palm rest serve para emitir luz, mas uma fresta tão grande era desnecessária. Este espaço vai acumular sujidade… O LED só emite luz branca e isto é uma característica da série Aluminum.

CM Storm Reaper 09

A Cooler Master decidiu que esta Aluminum Series deveria ser facilmente personalizável e, assim, a ideia era que este palm rest pode ser alterado ao gosto de cada utilizador. Tendo em conta que os outros modelos desta série têm efectivamente partes em alumínio que podem ser retiradas e alteradas, no Reaper isso não acontece. O palm rest pode ser retirado através de um parafuso que se situa na base do rato, mas não é em alumínio.

CM Storm Reaper 11

O conector USBé banhado a ouro para favorecer a conexão e o cabo tem um revestimento entrelaçado, característica presente na maioria dos ratos gaming topo de gama. É bom ver estes pormenores presentes neste rato também.

Software

Apesar de não ser necessário software para fazer uma utilização normal como o Reaper, convém ter o software instalado para fazer as modificações pessoais.

CM Storm Reaper 13

O sofware está dividido em seis separadores. No primeiro podemos alterar as funções de cada um dos botões do rato.

CM Storm Reaper 14

No segundo separador alteramos a sensibilidade do rato e o modo como o LED actua. Não dá para mudar a cor do LED, só o modo como ele é visto.

CM Storm Reaper 15

O terceiro separador é onde o utilizador pode criar, editar e remover todas as macros que entender.

CM Storm Reaper 16

No quarto separador, o utilizador pode criar diferentes perfis para ser mais fácil guardar diferentes definições de acordo com utilizações em vários jogos, por exemplo.

CM Storm Reaper 17

O quinto separador é um arquivo de todas as macros criadas pelo utilizador e permite rapidamente atribuir macros a diferentes perfis.

CM Storm Reaper 18

O último separador serve para ligar directamente ao suporte da Cooler Master. É sempre bom ter isto por perto.

Apesar do Reaper permitir até 5 perfis diferentes, é sempre necessário ir ao software para se mudar de perfil e tendo em conta que cada vez que se abre o software, este demora imenso a arrancar, o utilizador pode perder o interesse em usar o mesmo. Para além disso, sempre que o rato não está ligado mas o software está, aparece uma mensagem no meio do ecrã a avisar que o rato não está ligado.

Utilização

Após várias horas de utilização, devo dizer que o conforto é bastante elevado, apesar de não ter sido desenhado com a ergonomia em primeiro plano. O acabamento mate também ajuda um pouco neste campo, pois a mão também sente o toque suave. Segundo a Cooler Master, o palm rest seria em alumínio para ajudar a dissipação do calor da mão durante os jogos. Este facto não se verifica uma vez que o palm rest não é em alumínio.

Os botões, apesar de bem posicionados, deixam um pouco a desejar em termos de qualidade de construção, o que leva a alguma frustração após algumas horas de utilização ou naqueles momentos chave entre uma grande jogada ou um grande fail…

O software, embora intuitivo e de fácil utilização, demora muito tempo a carregar, o que leva a mais frustração quando estamos a iniciar um jogo e nos lembramos que não estamos com o perfil certo. Alterar o perfil só pode ser efectuado no software e este demora cerca de 30 segundos a abrir…

O movimento que mais fazemos com o rato é o deslocamento horizontal e, apesar dos skates permitirem um deslocamento suave, o seu posicionamento e tamanho criam demasiado atrito. Após várias horas de utilização isto começa a ser bastante notório e poderá causar problemas nos jogos.

Os botões principais portaram-se lindamente e são de uma qualidade acima da média, mas os restantes eram apenas medíocres e a sua qualidade baixa. Excepção feita para o botão grande do polegar que era bastante sólido.

Um ponto estranho neste rato foi o facto da base não estar 100% plana. Poderá ser um problema apenas desta unidade mas é um defeito que poderá afastar muitos potenciais compradores.

Conclusão

Apesar de não ser um produto exemplar, o Reaper é um rato que irá satisfazer muitos utilizadores. O preço é bastante bom face a todos os pormenores que encontramos. Tendo em conta que este é o modelo topo de gama da Cooler Master e comparando com os concorrentes, o Reaper tem uma certa vantagem neste campo. De realçar o mousewheel que tem um aspecto fantástico e é de uma solidez muito acima da média. Os switches OMRON dão uma longevidade elevada a este rato e o botão extra do polegar irá ser amplamente usado, pois é extremamente útil.

Os aspectos negativos que encontrei neste modelo não devem ser notados como um entrave, mas como uma oportunidade que a marca tem de procurar aprimorar ainda mais este produto. Tal como há um CM Storm Advance II, talvez um eventual CM Storm Reaper II poderá corrigir todos estes defeitos. A qualidade de construção de alguns botões deveria ser revista, o software deveria ser mais rápido a carregar, os skates poderiam também ser redesenhados para não serem tão grandes.

Resumindo, é um rato que cumpre o que promete e tem potencial para ser melhorado!

selo-7_8

O bom
Solidez do rato
Excelente mousewheel
Botão extra do polegar
Preço

O menos bom
Qualidade da construção
Posicionamento dos skates
Software

Resta-nos agradecer à Cooler Master/CM Storm por nos ter cedido este exemplar.

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos