Home Notícias Cientistas batem recorde de velocidade na transmissão de dados

darpa-hollow-core-fiber-640x499

Um grupo de investigadores americanos e holandeses quebraram o recorde de velocidade de transmissão de dados por um único fio de cabo de fibra. A velocidade de transferência alcançada foi de 255 Tbps (terabits por segundo), ao longo de 1 quilometro de cabo. É 2.500 vezes mais rápido do que qualquer cabo de fibra comercial.

Isso significa que seria possível transferir um filme de 1 GB (gygabyte) em 0.03 milissegundos, ou melhor ainda, todo o conteúdo de um Hard Drive de 1TB (terabyte) em 0,03 segundos.

Imagine a possibilidade de descarregar todos os 317.060 filmes no IMDB em duas horas e meia! – cálculo feito pelo website Engadget

As centenas de cabos de fibra de vidro atualmente estendidos pelo Oceano Atlântico não conseguem sequer chegar aos calcanhares destes 255 Tbps.

De acordo com a notícia no website ExtremeTech, esta capacidade de tráfego de dados seria suficiente para lidar com o pico de trânsito de dados da Internet no Mundo todo.

A pergunta que alguns dos leitores poderão fazer é: Como fizeram?

A resposta é Fibra Multi-core. Numa explicação simples e rápida, todo o backbone da Internet consiste em fibra de vidro e plástico mono-modo. Isto é, essas fibras só podem transportar um modo de luz – o que significa que só podem levar a luz de um único laser.

multifiber

Fibra Multi-core é, literalmente, um fio de fibra ótica que tem vários núcleos (neste caso 7) rodando sobre ela, permitindo operações multi-modo (tendo assim 7 “canais” para transferência de informação).

A solução pode parecer simples, mas na realidade tem sido bastante difícil e caro fazer fibra multi-modo de alta qualidade. Os pesquisadores usaram uma fibra de vidro com sete núcleos individuais, dispostas em um hexágono. Eles usaram posteriormente multiplexação espacial para bater os 5,1 terabits por “canal”, e depois o WDM (Wavelength-division multiplexing) para “espremer” 50 frequências de luz para os sete núcleos – alcançando assim os 255 terabits.

fibra_01

O artigo com a pesquisa completa pode ser consultada clicando aqui

Certamente estamos todos anciosos que a fibra mono-modo comece a ser substituída pela fibra multi-modo, no entanto como é claro para nós, tal mudança requer um upgrade de milhões de quilómetros de cabo e muito hardware de encaminhamento novo (routers), o que implica uma mudança de longo termo.

O constante crescimento do tráfego na internet, devido aos streaming de vídeos, smartphones, tablets, tem sido bastante alarmante e é bom que se comece a pensar em novas formas de aumentar a velocidade de transmissão de dados… e ao que parece estamos perto de conseguir!

0 Comentários a este artigo

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos