Home Periféricos Headphones Asus Vulcan ANC

Vamos a mais uma estreia no LILIREVIEWS, desta vez apresentamos o modelo de entrada nos headsets de gaming por parte da Asus, vamos conhecer os Asus Vulcan ANC.

Tendo já uma comunidade de gaming bem estabelecida e conhecida, a Republic of Gamers, conta com muito hardware de grande qualidade, nomeadamente motherboards, placas gráficas e portáteis, mas no entanto nenhum periférico com origem nesta série. Para acompanhar outras marcas em expansão a Asus decidiu começar pelo mundo dos headsets, uma entrada arriscada onde há muitas opções mas no entanto poucas que sejam realmente consistentes em todos os pontos que importam, conforto, durabilidade e qualidade de som.

Para inovar a Asus afirma que este é “o primeiro headset de gaming profissional com cancelamento de ruído ativo do mundo”, um trunfo que lhe pode valer muitos clientes caso todo o pacote reflita a parte de headset de gaming profissional, vamos ver.

Especificações

  • Diâmetro dos Drivers : 40 mm
  • Frequência de Resposta: 10 ~ 20000 Hz
  • Impedância:  32 Ohm
  • Cancelamento de ruído Ativo: Máximo> 15 dB, 85 % cancelamento de ruído ambiente
  • Cancelamento de ruído Passivo: Máximo > 30 dB
  • Tempo de funcionamento (por carga) : Até 40 horas
  • Dimensões: 21 x 18 x 7 cm
  • Peso: 325 g
  • Acessórios: Bolsa de Transporte, Guia do Utilizador

 

Embalagem e Conteúdo

A embalagem é bastante sombria e mantém o esquema de cores da Asus ROG, um esquema que muitos gamers geralmente apreciam, o preto, vermelho e alguns cinzas ou metálicos.

Infelizmente o modelo que nos enviaram sofreu bastantes danos durante o transporte, no entanto uma acomodação espantosa no interior garante que todo o conteúdo se encontra intacto entre 2 peças de cartão, e protegido pela fantástica bolsa de proteção que a Asus oferece.

No interior da caixa temos então como foi descrito atrás a bolsa de transporte, folheto da garantia, um Guia do Utilizador com português, a bolsa de proteção, os Vulcan e o microfone e cabos removíveis.

Uma das críticas já feita em reviews anteriores aqui no LILIREVIEWS é a falta de uma bolsa de transporte, por mais simples que fosse, em muitos dos headset que por aqui passaram, e aqui veio a Asus surpreender com uma bolsa rígida com fecho.

Headset

Numa primeira vista os Vulcan têm um aspeto muito agradável e extremamente suave proporcionado pela fluidez das curvas e pelo material, que segundo a Asus é constituído por carbono resistente a riscos, algo que nos leva a confiar na durabilidade do material. Com um peso de 325 gramas este é também dos headsets profissionais mais leves que já por aqui passaram.

O material escolhido para as almofadas foi pele sintética, tanto na banda da cabeça como nos auriculares, e no seu interior uma espuma muito suave, conhecida por memory-foam, “espuma-de-memória” por nos quase esquecermos que estamos com algo na cabeça.

Os auriculares são semi-articulados podendo-se rodar ligeiramente em qualquer direção e têm uma forma oval que consegue rodear facilmente a orelha sem a pressionar, aumentando assim o conforto e o isolamento de som. A Asus apostou nos já usuais drivers de 40 mm e alega que estes estão embutidos numa câmara especialmente afinada para um campo acústico alargado.

Tanto o microfone como o cabo de ligação podem ser removidos para facilitar a arrumação, assim como é possível dobrar as pontas do headset, tornando-o extremamente compacto e transportável.

Se por um lado é bom que o cabo seja feito de borracha por aumentar a sua longevidade, por outro é algo irritante por ser praticamente impossível estica-lo completamente removendo algumas das curvas teimosas normais em cabos, e pessoalmente acho que fica mais elegante um cabo entrançado de tecido ou fibras sintéticas. O comprimento deste é mais do que suficiente, ou até algo exagerado dependendo do uso que lhe derem já que este não conta com nenhuma extensão para que pudesse ser dividido em 2 quando não precisamos dos quase 2 metros de cabo.

A meio do cabo podemos contar com um pequeno comando que permite de forma rápida ligar ou desligar o microfone, e controlar o volume. Como detalhe bastante útil a Asus decidiu juntar ao comando um pequeno clip que o mantém preso à roupa.

Cancelamento de Ruído

Este é o grande trunfo apostado pela Asus, o primeiro headset de gaming profissional com cancelamento de ruído ativo. A acompanhar o cancelamento de ruído passivo proporcionado pelo desenho dos auriculares e pela pele sintética, os Vulcan apresentam uma capacidade de cancelamento de ruído ativo, capacidade esta que por precisar de alimentação de uma pilha AAA pode ser ligada e desligada através de um pequeno interruptor no auricular direito.

O que este gráfico nos mostra é que é possível conseguir uma redução de até -20dB nos ruídos normalmente produzidos pelo computador, nomeadamente ventoinhas, e até menos -50dB em ruído ambiente e ruído humano.

Em ambos os auriculares podemos observar umas reentrâncias onde estão dois pequenos microfones que detetam ruído ambiente, e em tempo real criam uma onda sonora contrária no interior da earcup, negando assim algum do ruído que passa pelo cancelamento de ruído passivo. Segundo a Asus uma bateria AAA irá proporcionar até 40 horas de atividade, o que parece ser um valor bastante bom, e 2 baterias recarregáveis destas conseguem-se revezar sem problemas caso acabem. Na próxima secção discutimos a eficácia deste sistema.

Desempenho

Como já vinha a prometer a descrição feita atrás, os Vulcan são um exemplo de conforto para esta gama de gaming profissional. A banda da cabeça é flexível o suficiente para não apertar demasiado a cabeça, a espuma das zonas almofadas também resulta muito bem e finalmente o baixo peso ajuda a que nos esqueçamos que estamos com um headset na cabeça.

Se por um lado é bom que as almofadas dos auriculares sejam de pele sintética para bloquear mais o ruído, por outro lado estas causam algum aquecimento na zona das orelhas e por conseguinte um menor conforto num uso prolongado.

O cancelamento de ruído passivo é muito eficaz comparando com outros modelos que por aqui passaram no LILIREVIEWS, conseguindo um bom resultado sem a necessidade de apertar demasiado a cabeça do utilizador.

E agora as joias da coroa, o ANC – Active Noise Canceling – de uma forma quase inexplicável consegue reduzir drasticamente o pouco ruído que consegue passar pelos earcups! No entanto o efeito é muito mais notório nos tons médios/graves do que nos tons agudos.

Um senão desta característica é que ao fazer a remistura do som ambiente invertido com o que o estiver a ser ouvido através do headset, a mistura não é perfeita e rouba um pouco dos tons mais graves da música, filme ou jogo que estivermos a escutar. No entanto com um equalizador ajustado à medida é possível recuperar parte dos tons perdidos. Para finalizar nota-se algum ruído branco quando o ANC está ligado e não se está a ouvir nada no headset.

O ambiente recreado em jogos faz jus ao que a Asus afirma quando diz que afinou a câmara de som para tornar a experiência sonora mais ampla, temos a sensação de um som aberto com os graves a marcarem presença sentida em algumas ocasiões.

Em músicas o Vulcan apresentam-se como um modelo muito equilibrado, não se pode dizer que sejam o headset com o som mais cristalino que já experimentámos, no entanto os níveis que conseguem tanto em tons altos como em tons baixos complementam-se de uma boa forma, e só alguns utilizadores mais exigentes sentiram a necessidade de efetuar tweaks no equalizador da placa de som ou dispositivo.

Concluindo esta parte da análise este é um headset pronto para enfrentar qualquer desafio que lhe ponham e promete uma experiência sonora muito consistente, algo que se nota ser difícil mesmo na gama de gaming profissional.

O microfone é ligeiramente ajustável na zona preta, e não roda diretamente na ligação com o auricular esquerdo. O comportamento deste foi aceitável nos testes realizados, onde o outro lado da ligação não sentiu uma grande interferência do barulho realizado pelo teclado e barulho ambiente.

No que diz respeito à qualidade de construção os Vulcan não passam tanto a ideia de robustez como outros headsets que por cá passaram, isto deve-se ao facto de existir um ponto fraco na banda criado pelas dobradiças que retiraram alguma firmeza ao material, e ao se pegar no headset este range um pouco, embora isto se possa dever ao facto de o material emprestado pela Asus já não ser original mas sim um modelo de exposição.

Conclusão

A estreia da Asus ROG nos periféricos não se fez de maneira acanhada, a sub-marca conseguiu criar um pack muito equilibrado, com trunfos únicos e que realmente funcionam e não estão apenas a encher uma lista de características. Os drivers de 43 mm são utilizados no seu melhor, e apesar de não serem os mais potentes nos tons mais altos ou mais baixos, conseguem transmitir um punch considerável sem perder a clareza de som mais necessária em música e filmes.

Quanto a conforto estes também são exemplares, com os seus 325 gramas e uma largura que não necessita de comprimir a cabeça para se manter no sítio o uso prolongado está garantido desde que não se incomodem com o possível aquecimento causado pelo uso de pele sintética nos auriculares.

E finalmente os Asus Vulcan ANC ganham o prémio de melhor insonorização até a data no LILIREVIEWS, o cancelamento de ruído passivo bate muitos dos headset que já por aqui passaram, e se juntar mos a isto o cancelamento de ruído ativo que elimina muito do ruído de fundo que mesmo assim passa pelos auriculares temos tudo o que um gamer pode pedir de um headset de gaming profissional estéreo.

Os senãos são poucos, ficando por uma qualidade de construção que peca apenas em alguns pontos, um fio de comprimento único e algo irritante por não se deixar moldar, e o cancelamento de ruído ativo que afeta ligeiramente a experiência sonora que podemos ter.

O preço encontra-se na média do que podemos observar nos produtos desta gama, e se não esquecer-mos o espetacular extra que é a bolsa de transporte e a característica única do cancelamento de ruído ativo, podemos estar confiantes que o dinheiro gasto é merecido caso os pontos fracos não afetem demasiado.

O bom:

  • Cancelamento de ruído passivo e ativo
  • Qualidade de som
  • Acabamentos
  • Conforto
  • Bolsa de transporte rígida

O mau:

  • Cabo de tamanho único e de borracha
  • Interferência do ANC no som
  • Robustez

 

Despeço-me enviando um agradecimento à Asus pelo modelo testado.

0 Comentários a este artigo

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos