Home Notícias A armadura HAL é aprovada no Japão para uso médico

Com o objetivo de atrasar o progresso de doenças como a esclerose lateral amiotrófica ou ajudar pessoas com distrofia a caminhar, a Cyberdyne desenvolveu a armadura robótica HAL que foi agora aprovada para uso médico por parte do Ministério da Saúde japonês.

O Hybrid Assistive Limb ou simplesmente HAL foi desenhada pela empresa japonesa, em parceria com a Universidade de Tsukua, para ser uma armadura de corpo inteiro destinada a melhorar e a expandir a capacidade física do ser humano e feita para proteger quem a usa em casos de libertação de radiação. Contudo, só a parte dos membros inferiores foi aprovada e com o objetivo médico em vista.

 

halhal

Esta armadura deteta os sinais do sistema nervoso (mesmo que estes sinais sejam bastante fracos) através de sensores colocados na pele do utilizador, na região dos músculos. O HAB conta ainda com sensores de ângulos das articulações que visam proteger os seus utilizadores de eventuais lesões devido a grandes movimentos. Muitos chamam a esta armadura de híbrida por trabalhar tanto com sinais biológicos como com dados biométricos.

O facto dos sensores do HAL detetarem até os sinais nervosos mais fracos faz com que esta tecnologia seja bastante promissora na área da saúde, tendo em especial consideração, os doentes paralíticos. Os pacientes que se submeteram aos testes da armadura mostraram melhoras significativas em comparação com os pacientes que não se submeteram.

hal

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos