Home Notícias ARM equipa 90% do mercado móvel

Até podem haver muitos fãs inquestionáveis de PCs, mas a Intel tem muito trabalho pela frente se pretende continuar a ser a produtora dominante de CPUs. A parceria Intel / Windows que pareceu inquebrável por uma década não parece tão forte agora. Culpado disto é a maravilha móvel ARM, que já provou ser realmente bom.

Temos o exemplo do futuro tablet da Microsoft, porque é que esta decidiu lançar a Surface com ARM primeiro, e não um modelo com especificações mais baixas equipado com um chip UVL Intel? Porque esse mesmo chip custa bem mais que uma solução baseada em ARM, e também  importante o consumo energético reduzido.

Eficiente e económico, dois dos atributos mais importantes quando se trata de escolher uma nova peça de hardware, e estas são qualidades que se podem encontrar em chips ARM. Claro que não podem deixar de existir equipamentos como Androids que sobreaquecem ou gastam demasiada bateria, mas o número fala por si. Mais de 90% dos telemóveis hoje em dia estão equipados com chips ARM.

Os processadores ARM conseguiram envolver-se completamente no segmento móvel e estragar uma relação duradoura da Windows com a Intel.

Sem dúvida que a Intel, que está a tentar entrar no mercado móvel em peso, vai lançar várias campanhas para que isto aconteça mais rapidamente. Um exemplo disto são os Ultrabooks equipados com chips Intel com algum sucesso, mas dependendo do uso, é difícil dizer que não a uma tablet com a Suite Ofice instalada e um teclado por 150 €.

Não se pode culpar a Microsoft por investir em equipamentos ARM, ou quem sabe até tenha sido ao contrário, mas ainda poderá haver muito a dizer da parceria Microsoft / Intel, e enquanto assim for que ganha é o utilizador enquanto houverem produtos que completem os desejos de cada tipo de utilizador.

Fonte: VR-Zone

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos