Home Móvel Apple Siri pode receber ajuda Japonesa

timcooksirijapan

Tim Cook, CEO da Apple, está no Japão e parece que este se irá tornar num país muito importante para as capacidades de inteligência artificial nos dispositivos da marca, com especial atenção para a Siri.

Depois de anunciar o novo centro de investigação na China, exclusivamente dedicado ao desenvolvimento de novo e melhor hardware, estava na hora de fazer algo em resposta às críticas que a Siri tem recebido e para melhorar a funcionalidade deste assistente pessoal e expandir a sua utilização a mais dispositivos, sem que seja ultrapassado por outros concorrentes mais assertivos, com mais capacidades de AI e diferentes utilizações como o Google Home e Amazon Echo.

O Japão é uma das referências em termos de robótica e para combater a estagnação no desenvolvimento de AI, inaugurou recentemente um Centro para Pesquisa Avançada em Inteligência Integrada em Tóquio, que serve exatamente para desenvolver sistemas de inteligência artificial capazes de resolver problemas tirando proveito de big data. Este centro já tem alinhadas várias parcerias com empresas como Sony, NEC e Toyota.

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos