Home Móvel Acer Iconia Tab A500 – 32GB WIFI

Pela primeira vez temos um tablet na LiLireviews.com e, por isso mesmo, esta não poderia deixar de ser uma ocasião para fazer uma review muito especial. Tão especial, que decidimos começar a introduzir mais alguns vídeos no LiLireviews.com para tornar esta experiência mais dinâmica.

O dispositivo em análise é o ACER Iconia Tab A500: modelo com 32GB de memória interna e WIFI.

A primeira abordagem ao tablet da Acer com o sistema operativo Android 3.2 é muito positiva e sendo esta uma altura em que aparelhos semelhantes começam a surgir com mais força no mercado, há um grande interesse em saber como são os potencias rivais do iPad 2 e o do seu sistema operativo iOS 4 e 5.

httpv://www.youtube.com/watch?v=DtAhXmbzuhg

Especificações técnicas do hardware:

– Processador: Nvidia Tegra 250 dual-core Cortex A9, 1GHz;
– GeForce GPU com muito baixo consumo;
– 32GB de memória flash e 1GB de RAM;
– Touchscreen 10.1 polegadas WXGA TFT 262k LCD;
– GPS;
– Câmara frontal 2MP e câmara traseira de 5MP com focagem automática e flash;
– Wi-Fi IEEE 802.11b/g/n (apenas 802.11n 2.4GHz);
– Bluetooth 2.1+EDR;
– Ligações: Porta full USB; Porta micro USB; porta mini HDMI; porta para docking station da Acer; ranhura para cartões microSD; Jack in áudio 3,5mm; Entrada para adaptador de corrente;
– Botões de controlo de volume; Botão para bloquear a rotação automática do monitor;
– Bateria recarregável de polímeros de lítio, 24,1W / 3160mAh;
– Som Dobly Mobile 2 Stereo;
– Dimensões: 260 x 177 x 13,3 mm
– Peso: 765g (com bateria)

Exterior:
O Acer Iconia Tab A500 é composto por uma interessante combinação de alumínio escovado e um plástico bastante resistente de cor cizenta e cor preta nas laterais, onde se encontram as ligações externas como, por exemplo, as portas full USB, micro USB e mini HDMI.

O novo tablet da Acer com Android Honeycomb 3.2 está equipado com um ecrã capacitivo de 10.1 polegadas com uma resolução de 1280×800 pixéis. O seu ecrã apresenta uma capacidade de reprodução de 256.000 cores.

A resposta ao toque é rápida e as cores são bastante vivas. No entanto, notamos que com pouco tempo de uso, o ecrã fica facilmente repleto de impressões digitais que tornam a experiência um pouco desagradável, no entanto este será, sempre, um problema nestes dispositivos.

Outro problema detectado diz respeito aos reflexos do ecrã do tablet que, em ambientes de extrema luminosidade dificultam a experiência de utilização do tablet mesmo quando regulados o contraste e a luminosidade do aparelho.

O facto de o dispositivo possuir uma porta full USB é algo que nos agradou muito nos testes efectuados: é com relativa facilidade que podemos aceder ao conteúdo de uma pen drive ou mesmo um leitor de cartões através do software nativo no Android 3.2. Outra agradável funcionalidade da porta full USB é possibilitar a ligação tanto um teclado como um rato USB, potencialidades que podem ser muito uteis dependendo claro do fim a que o tablet se destina.

A porta micro USB é útil não só para fazer atualizações ao tablet mas também comunicar com outros computadores ou dispositivos. Achamos que, no entanto, poderia ser usada não só para conectividade mas também para carregar a bateria do tablet. Uma vez que isto não é possível, o utilizador é obrigado a ter de se fazer sempre acompanhar do adaptador de corrente que a Acer fornece.

A ligação mini HDMI é muito interessante para fazer, por exemplo, uma demonstração ligando o dispositivo diretamente a um qualquer aparelho seja monitor, televisão ou projetor.

O som do aparelho é-nos apresentado por um sistema stereo Dobly Mobile, tendo uma performance muito aceitável para a dimensão das suas colunas. Existe, sempre, a opção de ligar auscultadores ou outro tipo de colunas suplementares para tirar um melhor partido das capacidades de áudio do tablet, através da sua ligação de mini-jack áudio 3.5mm.

Existe, para além dos botões de regulação do volume do áudio do tablet, um botão bastante útil nestes aparelhos que se destina ao bloqueio da rotação automática do monitor, sem dúvida um ponto a favor deste Acer A500.

Interior:
Sistema Operativo: Google Android Honeycomb 3.2 (versão 3.1 inicialmente testada nos primeiros 15 dias de teste, versão actualizada para 3.2 onde foi testada durante mais 15 dias na lilireviews.com) é uma versão mais interessante do sistema operativo da Google desenhado de raiz para este tipo de dispositivos. É certo que muito ainda há a fazer para que este S.O. possa rivalizar com o iOS 4 e 5 da Apple no entanto já é uma solução a ter em conta dependendo claro está do uso que se pretender dar ao tablet.

Software instalado de origem no sistema Android Honeycomb:

Acer Media – software que permite ler vários tipos de media como música, fotos e videos;
Acer Sync – software de sincronização da Acer;
Adobe Reader
Aupeo – Personal Radio;
Calculadora;
Calendário (com integração Google Calendar);
Software de Câmara de foto;
Software de câmara de vídeo;
Clear.fi – Software de visualização de música, fotos e vídeos;
Contactos – Software de sincronização de contactos (com integração Google Contacts)
Docs To Go – Software que permite visualizar ficheiros do Microsoft Office – Word, Excel e PowerPoint;
Email – Cliente de email nativo;
Google Earth;
eReading – Software para visualização de ebooks;
Estúdio de filme – Software para edição de vídeo;
Google Talk;
Gravador;
Hero of Sparta HD – Jogo de demonstração;
Google Latitude;
Lets Golf HD – Jogo de demonstração;
Google Locais;
LumiRead – Software para visualização de ebooks;~
Google Maps;
Android Market;
Música – Software de reprodução de ficheiros de áudio;
Navegador – Web browser nativo;
Navigation – Software de navegação GPS com auxílio do Google Maps;
NFS Shift HD – Jogo de demonstração;
Pesquisa por voz;^
Pesquisa Google;
Relógio;
Servidor Multimédia – Software para partilha de video, foto e música;
SocialJogger;
Transferências;
Youtube:
Zinio Reader;

httpv://www.youtube.com/watch?v=56QMn1MSU-E

A experiência do utilizador:

Após termos testado este tablet mais de um mês podemos afirmar que este dispositivo da Acer é um excelente companheiro em qualquer situação, seja em férias ou em trabalho. A bateria dura cerca de 8h a 10h numa utilização intensiva, no entanto, o dispositivo leva menos de 3h horas para ficar com carga completa. Ver o email, navegar na web através do sistema Google é uma delicia, muito rápido sem quaisquer problemas mesmo em sites com flash. Toda a integração do vasto conjuntos de ferramentas que a Google oferece ao utilizador torna a experiência no ambiente Android muito user friendly (sobretudo para quem já tem um smartphone android) e na maior parte dos casos a sincronização de conteúdos entre dispositivos (computador de mesa, portátil e smartphone) enriquece a experiência de uma forma fantástica que ajuda qualquer workflow.

O dispositivo é bastante robusto tanto a nível de hardware como no que diz respeito ao desempenho do software Android. Existem, no entanto, duas características que deixam a desejar: o peso do aparelho e a falta de HSDPA (High-Speed Downlink Packet Access) ou seja ligação 3.5G utilizando um cartão SIM de dados. Destes dois problemas a Acer já irá resolver um deles lançando uma nova versão deste tablet, o Acer Iconia Tab A501 capacitado de HSDPA – 3.5G. O atraso da entrada do modelo A501 no mercado nacional deve-se à morosidade dos protocolos a celebrar entre operadoras de redes móveis e os construtores de hardware, neste caso, a Acer.

Achamos fundamental que, para que possamos tirar todo o proveito das capacidades dos tablets, estes dispositivos devem possuir ligação 3,5G, já que a maior parte das necessidades do utilizador estão relacionadas com o uso da Internet e dos serviços cada vez mais inseridos na “nuvem”. Claro está, tudo isto depende muito da forma como se pretende usar o tablet e com que finalidade: se a utilização for feita dentro de portas, isto é, em casa ou num local fixo de trabalho, certamente o modelo que WIFI bastará. No entanto se o uso do dispositivo for para trabalho, existindo uma grande necessidade de mobilidade e estar “sempre ligado” o A501 será a melhor solução.

Fotos exemplo tiradas com a camera principal do Iconia Tab A500:

 

Pontos fortes

  • Preço
  • Sistema operativo
  • Porta full USB
  • Porta miniHDMI
  • Ecrã capacitivo de 10.1 polegadas
  • Aplicações nativas no S.O. Honeycomb 3.1

Pontos fracos

  • Peso
  • Autonomia
  • Ecrã com demasiados reflexos
  • Falta de HSDPA – 3.5G
Artigos relacionados
0 Comentários a este artigo
  1. Excelente review deste Tablet da Acer.

    Andava a procura de uma review actual que ajudasse a decidir qual dos tablets Android que estão mercado deveria comprar e acho que encontrei um vencedor.

    Obrigado Lilireviews!

  2. Muito boa review! É realmente um tablet muito interessante, e a ter em conta. A falha de 3G, pode ser um no-go para alguns utilizadores, mas certamente agradará a muitos na mesma.

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos