Home Notícias A Sony vai adquirir a companhia de gaming em cloud, Gaikai

A Sony Computer Entertainment (SCE) anunciou hoje que chegou a um acordo definitivo para adquiri a Gaikai Inc., a companhia líder em jogos interativos baseados em Cloud, por aproximadamente 380 milhões de dólares. Através da aquisição, a SCE irá estabelecer um novo serviço de cloud, assegurando que este continua a oferecer aos jogadores uma experiência de entretenimento verdadeiramente inovadora e imersiva.

“Ao combinar os recursos da Gaikai, incluindo a sua força tecnologia e talento de engenharia com o extenso conhecimento e experiência em plataformas de jogos da SCE, a SCE irá oferecer aos jogadores uma experiência de entretenimento em cloud incomparável.” diz Andrew House, Presidente e CEO da Sony Computer Entertainment Inc. “A SCE irá oferecer um serviço de streaming por cloud de qualidade mundial, que irá permitir aos utilizadores desfrutarem de uma grande quantidade de jogos imersivos com bons gráficos até jogos casuais para qualquer lugar ou hora, numa variedade de dispositivos ligados à Internet”.

“A SCE construiu uma incrível marca com a Playstation e ganhou o respeito de milhões de jogadores por todo o mundo.”, disse David Perry, CEO da Gaikai Inc. “Sentimo-nos honrados por poder ajudar a SCE a rapidamente controlar o poder da cloud interativa e continuar a aumentar o seu ecossistema, de modo a oferecer aos criadores de jogos novas ferramentas, para melhorar drasticamente o acesso a conteúdo excitante e criar novas experiências de tirar o fôlego para os utilizadores por todo o mundo.”

Estabelecida em 2008, com central em Aliso Viejo, California, a Gaikai tem desenvolvido plataformas de streaming em cloud com a melhor qualidade e mais rápidas no mundo, que permitem o streaming de jogos de qualidade a uma grande variedade de dispositivos através da Internet. Com esta aquisição a SCE irá estabelecer um serviço de cloud e irá expandir a sua rede de negócio ao tirar total partido da tecnologia revolucionária da Gaikai e das suas infraestruturas, incluindo data centres que servem dezenas de países e parceiros chave por todo o mundo.

Fonte: Techpowerup

0 Comentários a este artigo

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos