Home Notícias A Adobe vai descontinuar o Flash Player para dispositivos móveis

A Apple foi muito criticada por não suportar Flash na última versão do Safari para o seu iOS, mas a sua teimosia deu frutos. Ontem de manhã no blog de Desenvolvimento da Adobe, a firma anunciou que vai desistir dos planos para o Flash Player para dispositivos móveis. Ou, nas palavras da companhia, “Não iremos continuar a desenvolver o Flash Player para dispositivos móveis de modo a suportar novas configurações de dispositivos (chipset, brownser, OS version, etc), a partir da próxima versão Flash Player 11.1 para Android e BlackBerry PlayBook.”

Então porque a mudança súbita? A Adobe justifica esta mudança dizendo que a indústria se esta a virar para o HTML 5 – palavras em tempo ditas por Steve Jobs para justificar a falta de suporte Flash do iOS. Aplicações Flash nos dispositivos móveis iram sobreviver, mas apenas na forma de apps nativos ou pacotes, reunidos usando o runtime do Adobe Air. Entretanto, a Adobe pretende investir no HTML 5 e colaborar na “inovação do HTML 5” com companhias com o Google, Apple, Microsoft, e RIM.

A Adobe não pensa descontinuar o Flash Player no PC e diz que espera “inovar com o Flash onde este tiver mais impacto na indústria, incluindo jogos avançados e vídeo premium.” No parágrafo seguinte do post do blog, contudo, a companhia fala de moldar futuras versões do software “para uma transição suave para HTML 5 à medida que o standart evoluir”. A Adobe acrescenta, “iremos continuar a prestar a nossa experiência com o Flash para acelerar o nosso trabalho no W3C e WebKit para trazer capacidades similares ao HTML 5 assim que possível, assim como aconteceu com com o CSS Shader.”

A experiência Flash em dispositivos móveis muitas vezes traduzia-se má, com playback de vídeo defeituoso e no geral uma má performance. A notícia aqui anunciada claramente tem mais a ver com dispositivos móveis. A Adobe parece estar a dedicar-se bastante ao HTML 5, o que pode ditar o final do Flash com o conhecemos. Se isto significar uma web mais aberta e viva, poderá ser para o melhor.

Algumas pessoas poderão ler esta notícia sem perceber a sua importância. Como já devem ter ouvido falar a nova versão do HTML 5 veio para substituir o conteúdo flash de websites, através de novas normas e técnicas. E se calhar não repararam mas muitos dos sites onde navegam devem ter um ou outro objeto de Flash já que esta tecnologia é fácil de usar e já o é à muitos anos, o exemplo fácil de perceber do que seria um mundo sem Flash seria por exemplo a inexistência do player de vídeos do Youtube e de muitos outros.

Mais uma vez encontramo-nos num momento de mudança na Web, teremos de esperar para ver onde nos leva.

Fonte: Techreport

0 Comentários a este artigo

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos