Home Vídeos Unboxing Gigabyte Z170-Gaming K3

Unboxing e vista geral da motherboard Gigabyte Z170-Gaming K3

Esta board vem numa caixa pequena, o que significa que não é dos modelos topo de gama. Na frente tem um close-up do dissipador, o nome do modelo, o selo G1 e também do jogo World of Ships já que inclui um kit de iniciação ao jogo.

Na traseira da embalagem, quem se atrever, pode ler pequenas descrições sobre várias das caraterísticas em destaque. Também apresenta as especificações e as portas disponíveis no painel traseiro.

Ao abrir a embalagem, vem a board num saco antiestático e por baixo a zona dos acessórios. Temos então quatro cabos SATA prateados, dois deles com ligação a 90º, um G connector para as fichas do painel frontal, há quem diga que é útil, o espelho da board, manual de utilizador, guias de instalação, disco de software, um aviso para colocar no puxador da porta para a malta saber se pode entrar ou se não deve incomodar de todo, um autocolante G1 Gaming e um panfleto do World of warships com um código que dá acesso a um destroyer, 1 slot no porto, 7 dias de conta premium e 500 bandeiras sinalizadoras.

Esta board utiliza o chipset Intel Z170 que é para os novos processadores da 6ª geração Intel Core, tem suporte para DDR4, tem formato ATX com as cores tradicionais da linha Gaming da Gigabyte. No entanto, o PCB totalmente preto está reservado para os modelos topo de gama sendo que este utiliza um castanho escuro.

Para começar em grande tem um conector M.2 PCI-E para SSD perto do socket do CPU. Mais sobre armazenamento tem uma solução com 2 portas SATA Express, o que resulta também em 4 portas SATA 3.0 nessa zona e outras duas ligeiramente mais abaixo.

Tem apenas dois slots PCI-Express x16, bastante espaçados entre si. O primeiro é mesmo x16 e tem o shield metálico. O outro, está apenas a x4 e por esse motivo esta motherboard não suporta SLI. Ainda suporta Crossfire mas pode causar alguma limitação em certas configurações. A utilização ideal desta board parece-me que seja mesmo com apenas uma gráfica. Os outros slots de expansão são quatro PCI Express x1.

Para referir alguns pontos interessantes espalhados pela board, tem por exemplo os dois chips de BIOS, para alimentação do CPU utiliza um conector de 8 pinos, tem 5 conectores para ventoinhas incluindo a do cpu, tem um conector USB3.0 e um conector para Thunderbolt.

A Gigabyte tem apostado bastante na parte de áudio e este modelo não foge à regra com uma solução Realtek de alta definição com componentes de áudio topo de gama. Esta parte analógica da board também está fisicamente separada da digital e essa zona é iluminada e tem alguns efeitos disponíveis. Este modelo tem mais uma duas linhas e nome do modelo iluminados no canto oposto.

No painel traseiro tem duas USB 3.1 tipo A a vermelho, tem quatro portas USB 3.0, os habituais jacks de áudio, uma porta gigabit ethernet com o controlador Killer E2200, tem uma porta hdmi, um DVI-D e também um ps2 para rato/teclado.

Em termos de software inclui o App center que como o nome indica é umas espécie de centro de controlo onde se pode controlar todas as aplicações da Gigabyte. O mais importante para entusiastas será o EasyTune, que permite controlar todas as definições de overclocking e que está cada vez melhor.

O preço desta board em Portugal está abaixo dos 150€ e já se encontra disponível em algumas lojas.

Outros vídeos de hardware e periféricos no canal:

Review Krom Kratos
Unboxing Gigabyte GTX 950 Xtreme Gaming

Vídeos de jogos no canal:
CS:GOrda #04 – Competitivos com amigalhaços
CS:GO Shenanigans – Clutch Season
League of Legends #08 – Grand Finale Season 2015
H1Z1 Battle Royale #06 – Partindo a mesa
Minecraft SkyWars #03 – A real batalha
CS:GO Shenanigans – Clutch Season
DayZ Standalone #01 – F@cking noob !
Smite #02 – Fomos Completamente Carregados
World Of Tanks #2 – Scout’s Edition

Todo o apoio através de visualizações, gostos nos vídeos e partilhas são muito bem-vindos e serão a motivação para continuar a lançar mais vídeos no canal.

Artigos relacionados
huawei watch
0 1175

1 Comentário a este artigo

Deixar um comentário

Outros Artigos