Home Periféricos Headphones Review Roccat Syva

Introdução

Já passaram pelo Lilireviews diversas marcas que deixaram o seu testemunho neste ramo em ascensão que são os headphones in-ear. Hoje apresentamos mais um produto in-ear gaming, desta vez vem da Roccat, a fabricante de hardware alemã bem conhecida pelos seus periféricos de gaming. Já é sabido que a Roccat destaca-se pelo seu inventário com designs únicos e espectaculares, mas tratando-se de uns in-ear headphones, terá que atender a certas necessidades que variam de pessoa para pessoa. Será que se portou bem com os Syva? Vamos descobrir!

Especificações Técnicas

Auscultadores

  • Frequência de resposta: 20-20.000Hz
  • Sensibilidade de 1kHz: 96dB/1mW
  • Impedância: 32Ω
  • Máxima potência de entrada: 10mW
  • Diâmetro: 10mm

Microfone

  • Sensibilidade de 1 kHz: -40±3dB
  • Impedância: ≤2.2kΩ
  • Diretividade: Omni-direcional

Embalagem e Conteúdo

Os Syva vêm numa simples e pequena hardcase onde nos é apresentado o produto na parte frontal juntamente com a marca e as features de maior importância nomeadamente o seu peso ultra leve, o seu jack plug de 3.5mm, o botão Call/Play, e a compatibilidade com VolP+MP3.

Syva_2

Na lateral, contém as especificações do headset e do conteúdo da caixa e uma aba magnética que quando aberta permite-nos visualizar o headset e, por fim, nas traseiras encontramos algumas características extra, tais como descrições do produto em diferentes línguas e uma nota de Erik Johan Dale  que cita “The most important thing in communication is to hear what isn’t being said.

Syva_1

Depois de aberta a caixa, podemos então visualizar finalmente os in-ear que se situam bem seguros num suporte de plástico com uma cobertura com o logótipo e slogan da Roccat, “Set the rules”. Por de baixo do suporte do headset são-nos ainda fornecidos 3 pares adicionais de borrachas de encaixe com diferentes tamanhos, Small / Medium / Large, na esperança de que pelo menos um nos proporcione o melhor conforto possível.

Syva_20

Design

Agora com o headset nas mãos podemos vislumbrar o esplendor dos Syva na sua totalidade, no primeiro momento salta à vista o seu peso quase imperceptível e o cabo em fita azul e preto extremamente estiloso que adicionalmente tem a capacidade de se manter desemaranhado em qualquer situação, o que resolve um dos maiores problemas tanto no comodismo como na longevidade do produto.

Syva_11

A meio do cabo do auricular esquerdo situa-se o microfone e o botão Call/Play que nos irá ajudar, com qualidade superior, não só no voice chat com os nossos companheiros de jogo como também possibilita a utilização deste headset noutros aparelhos portáteis como smartphones ou leitores de música nas suas respectivas funções (chamadas telefónicas, ouvir música,…).

Syva_13

Temos também o jack plug de 3.5mm muito bem concebido, pois através do seu punho emborrachado comprido evita o desgaste precoce do mesmo, ao contrário de outros mais convencionais que se estragam com muita facilidade afectando o funcionamento próprio dos phones. Como é costume da Roccat os auriculares têm um formato muito futurista concebidos de um material muito resistente, leve e de boa qualidade, excelente para utilizações de longos períodos de tempo em que já teríamos as orelhas doridas.

Syva_17

Qualidade de Áudio

Apesar do seu aspecto superior, os Syva pecam por não corresponder em qualidade de som. Os agudos são satisfatórios, nítidos e claros sem quaisquer sons estalantes, mas o bass, apesar de ser smooth falhou em transmitir o power esperado em termos de impacto. Apesar disso, de uma forma mais geral, o som está bem equilibrado visto que o headset foi desenhado com o foco na portabilidade. O microfone foi bem sucedido devido aos gamers serem o destinatário destes phones, este é capaz de cancelar barulhos de background e entrega o nosso audio chat com clareza à outra extremidade da chamada dando prioridade à nossa voz em vez da televisão atrás de nós. Através do botão Call/Play somos capazes de controlar outras acções destinadas a outros dispositivos como atender e desligar chamadas, ou os habituais comandos de leitores de música (play, pausa, e skip).

Syva_5

Conclusão

Contudo, os Roccat Syva fornecem-nos uma boa experiência tanto a nível de funcionalidade como qualidade, embora tenham sido desenhados para aqueles que estão “em movimento” estes phones são versáteis o suficiente para agradar os entusiastas de gaming e de música, podendo ser usados em praticamente qualquer dispositivo e obter uma boa experiência deles.

Syva_3

Tem que se ter em conta que a Roccat teve uma atenção especial aos pontos críticos dos phones mais comuns, fortalecendo a zona do jack plug e usando fio em formato de fita em vez de cabo, aumentando assim massivamente a duração do material deixando-nos uma sensação de alívio, sabendo que os podemos guardar no bolso sem cautela em excesso.

Syva_17

É possível olhar além dos seus pequenos defeitos por compensar com o seu custo bastante razoável de um valor que ronda os 35€. Na minha opinião, recomendo-os àqueles que procuram uma utilização de longos períodos de tempo, o seu peso e formato são grandes vantagens por não causarem desconforto naquelas viagens de maior duração, considerem o design espectacular como um bónus. Mas se estão à procura de qualidade, estes phones são facilmente superados (não desprezando os Syva) pelos, já testados aqui no Lilireviews, Ozone Oxygen que se classificam acima dos Syva pelo seu conforto, isolamento de som, preço, versatilidade, extras, e qualidade de audio. Os Syva vêm com os seus próprios benefícios e atende a determinados grupos de utilizadores, é garantido que se tratam de uma escolha a considerar se tencionam fazer um uso constante deles e definitivamente a melhor opção em termos de aparência.

Syva_4

O bom:

-Conforto
-Portabilidade
-Design
-Muito práticos (não se emaranham)

O mau:

-Áudio não correspondeu às expectativas
-Existe melhor e mais barato

Deixar um comentário

Outros Artigos