Home Periféricos Headphones Gigabyte H11

gigabyte-logo

Introdução

 A Gigabyte é uma marca de renome que começou com componentes para computadores, como motherboards, placas gráficas, entre outras, e rapidamente se apercebeu que conseguiria competir em outras áreas como Periféricos. Esta é uma marca que aposta na diversidade e que está agora pronta a entrar no mercado dos auscultadores. Hoje apresenta-mos os Gigabyte H11, os primeiros auscultadores in-ear da marca, que contam com um acabamento premium.

Gigabyte_H11-03

Características

  • Tamanho do driver: 9mm
  • Material: Alumínio
  • Earpads: Brancos, Borracha (Tamanhos: S/M)
  • Impedância: 16 Ω/Ohms
  • Frequência de Resposta: 150-20,000 Hz
  • Comprimento do Cabo: 1.2m
  • Conector: ficha 3.5mm
  • Peso: 11.3g

Embalagem e Conteúdo

A embalagem onde os H11 vêm é relativamente normal, com uma boa apresentação sem cores exageradas, assim como os próprios auscultadores. Na frente conseguimos ver as pormenores dos H11 assim como os ear pads extra de tamanho diferente.

Gigabyte_H11-01Na traseira da caixa são anunciadas as principais características dos auscultadores, que segundo a marca são: Graves de Performance Profissional, Agudos e Médios Surpreendentes, Aspeto Moderno e Ear Pads Amigos do Utilizador.

Gigabyte_H11-02 No interior da caixa podemos encontrar apenas o essencial, e que já estava à vista através da janela frontal: os auscultadores e dois pares de ear pads de tamanhos diferentes de maneira a acomodar diferentes tamanhos de ouvidos.

Gigabyte_H11-04

Como se pode ver os acabamentos são um ponto forte dos Gigabyte H11. O corpo composto por alumínio dá uma boa sensação de robustez aos auscultadores apesar dos seus leves 11 gramas de peso.

Imediatamente posso identificar um dos pontos fracos do H11 como sendo o fio que os liga. Este não parece ser muito resistente nem grosso, mas pior que isto é o facto de se emaranhar com muita facilidade, e o tipo de borracha usada no exterior torna a remoção de nós ou jeitos no fio complicada.

Utilização

Vamos então passar para aos testes reais. Uma das partes mais importantes em auscultadores in-ear são os ear pads. Estes são os únicos responsáveis pelo bloqueio de ruído exterior e para além disto, a qualidade do som, principalmente a presença dos graves, depende de um bom encaixe dos auscultadores no ouvido.

Gigabyte_H11-05

Na minha experiência com os H11 os ear pads não me conseguiram proporcionar um encaixe tão bom como esperava, foram necessários vários movimentos até estes ficarem bem encaixados. É fácil perceber quando estes estão bem instalados no ouvido já que a performance nos graves e o bloqueio de ruído exterior sobe para outro nível.

Como a Gigabyte afirma os graves têm uma presença forte nos H11, estejamos a ouvir música, ver um filme ou jogar. Infelizmente estes chegam até a sobrepor-se aos agudos e médios quando estes surgem ao mesmo tempo, tornando-os mais indicados para filmes e  para sessões de jogo mais casuais. Em músicas onde temos apenas voz e pouco mais, os H11 conseguem uma boa prestação com um som limpo, embora um pouco abafado, provavelmente devido à afinação mais dedicada aos graves.

Gigabyte_H11-06

O bloqueio de ruído ambiente nos H11 não é espetacular, no entanto o volume que estes conseguem atingir é bastante bom, e em conjunto conseguem praticamente anular qualquer ruído ambiente.

Quanto ao conforto em uso prolongado os H11 são bons, estes conseguem manter-se no sítio se não forem feitos movimentos demasiado bruscos e o seu peso é quase desprezável. O fio tem um tamanho indicado para um uso em dispositivos móveis, como portáteis e telemóveis, no entanto se os tentarem usar num desktop é necessário que este tenha ligações no painel frontal, caso contrário o fio será curto.

Conclusão

Os Gigabyte H11 são a primeira tentativa da marca na criação de uns auscultadores in-ear, tentando assim completar o seu reportório de headsets que para já é quase inexistente, sendo que a única companhia que os H11 têm são os Gigabyte FLY (os quais também terão direito a uma review brevemente). Isto não quer dizer que a marca tenha feito apenas um trabalho “bom para principiante”, pelo contrário, quanto à construção e qualidade de som os H11 destacam-se de outros auscultadores do mesmo género.

Gigabyte_H11-07

Infelizmente existem falhas noutras áreas, uma delas, o fio, não é crítica mas como todos sabemos há forças sobrenaturais que atuam nos nossos bolsos e criam nós em cabos, e se o material destes não for o correto teremos mais dificuldades em nos livrar-mos deles. Quanto ao ajuste dos ear pads, talvez por estes serem maleáveis demais, foi difícil arranjar a posição correta para os auscultadores.

Para além da performance, convém também falar do preço. A Gigabyte disponibiliza os H11 por 15€, o que me parece um preço aceitável para este produto, e embora a qualidade de som para este preço seja boa, a sua durabilidade poderá ser afetada pelo fio.

selo-8_2

O Bom:

  • Corpo de Alumínio
  • Bons Graves

O Mau:

  • Fio

Resta-me agradecer à Gigabyte e atribuir uma pontuação de 8.2.

0 Comentários a este artigo

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos