Gigabyte Aivia M8600

Escrito por  //  23 de Junho de 2011  //  Periféricos, Ratos  //  17 Comentários

Gigabyte aivia M8600_7
9
Muito Bom
85€
Share Button

Introdução
O Lilireviews volta com mais um produto da gama Aivia da Gigabyte. Depois do fabuloso Aivia K8100, também o mercado dos ratos teve especial atenção por parte da marca e, para colmatar o conjunto em beleza, a Gigabyte precisava de um produto à altura de um teclado que ganhou distintos elogios em todos os sítios de análises e de todos os utilizadores com a sorte de terem um debaixo dos dedos.

Chamemos-lhe apenas Aivia, evitando assim a mais longa designação: “Advanced, Intuitive, and Versatile Interface Archetype”. Esta vertente gamer da Gigabyte está a dar os primeiros passos mas não é por isso que deixa a desejar em qualquer tipo de patamar onde apresenta trabalho pois todos esses ainda poucos e curtos passos têm sido na direcção certa visto que tem trazido algo de novo e revolucionário ao mundo dos periféricos e, por acréscimo, ao mundo dos gamers e dos jogos de computador. Neste último patamar, quem melhor que os próprios gamers para ajudar uma marca a desenvolver um produto muito perto da perfeição munido de todos os acessórios necessários e extras importantíssimos tanto a nível de hardware como software.

Ninguém saberá tão bem o quanto um simples periférico pode alterar completamente toda uma experiência que o jogo nos proporciona como um jogador assíduo e vivido neste mundo de diversão. Por tudo isso, a Gigabyte tem vindo a trabalhar com vários jogadores de topo a nível mundial, todos eles vindos de tipos de jogos e jogabilidades distintas e cada um com diferentes maneiras de manusear todo este material. Desta forma, a Gigabyte pode aperfeiçoar os seus novos periféricos a um nível quase perfeito pois como todos sabemos, o público gamer é exigente e não deixará escapar o mínimo defeito durante um final de dia de tiroteio on-line!

O Aivia M8600 chega até aos consumidores numa altura em que os First Person Shooters (FPS) estão a atacar com força o mercado dos jogos e toda a gente quererá tirar o melhor da sua pontaria no mundo on-line destes. Este rato vem certamente proporcionar uma enorme flexibilidade e controlo por parte do utilizador devido ao potente software e às features maravilhosas que apresenta.

Embalagem e Conteúdo
A embalagem do M8600 é muito peculiar. Adopta uma forma cilíndrica, com 35cm de altura e 9cm de diâmetro que consegue albergar todos os acessórios que acompanham o rato. Com o logótipo a dourado bem visível num dos lados desta embalagem, a Gigabyte incluiu também algumas características do componente tais como a autonomia de cada bateria e o facto da marca incluir uma outra no bundle do M8600.

Já menos perceptível, todas as restantes funções do Aivia aparecem mais abaixo para que o possível comprador possa ter a noção da qualidade e da versatilidade do produto que está a comprar. No fundo, as habituais normas, compatibilidades e especificações do hardware.

Abrindo a embalagem e retirando o seu interior podemos vislumbrar a enorme quantidade de extras que acompanham o M8600. Sem esquecer nada, a Gigabyte conseguiu sem dúvida fazer deste bundle, um dos mais completos do segmento. A embalagem divide-se em 2 partes distintas com a adição da tampa superior. Do lado desta, vem aconchegado o rato num suporte de plástico, um dos dois cabos USB e os skates suplentes.

Do outro, o CD de instalação do software do Aivia M8600 e uma bolsa de acessórios de elevada qualidade. Forrada a veludo muito suave, é sem dúvida uma bolsa que poderemos vir a utilizar para transportar o próprio rato e seus acessórios principais. Para já, serve apenas para albergar a bateria extra, o carregador/receptor e o segundo cabo USB. Do lado exterior da bolsa acompanha também o já habitual livro de instruções e guia de montagem.

Especificações

Em detalhe
Voltando atenções para o rato em particular, rapidamente podemos concluir que o seu design não é nada de inovador nem algo que nunca tenhamos visto neste tipo de periféricos, aliás, muito pelo contrário. Com 11 botões totalmente programáveis através do software do M8600, este periférico está sem dúvida alguma munido da acessibilidade necessária durante qualquer jogo.

Do lado esquerdo, além da superfície mais rugosa para garantir máxima aderência, podemos vislumbrar os 2 botões que, em default servem para avançar e retroceder no browser, respectivamente. Encontram-se bem localizados e de acesso muito fácil para o nosso polegar. Visto este modelo ser ambidextro, podemos já adivinhar que, do lado oposto, estes dois botões também estejam disponíveis para os esquerdinos que decidirem adquirir este periférico.

Na parte superior do M8600 salta à vista o scroll em borracha que se assemelha a um pneu de um automóvel. Este pode ser utilizado como 3 botões distintos e é bastante suave ao toque e de manuseamento muito fácil. À parte da já conhecida por todos, função scroll, o mesmo possui os botões esquerda, direita e “press” que funcionam na perfeição!

Além do scroll, contamos ainda com mais dois botões (além do mouse1 e mouse2 que dispensam apresentações) que servem para aumentar ou diminuir a sensibilidade alterando os valores de DPI. O botão da frente do lado direito troca os perfis definidos no software GHOST e tal será vislumbrado na mudança de cor do LED maior. Existem 5 cores diferentes, uma para cada perfil, que podem ser alteradas por qualquer outra cor também utilizando o software GHOST da Gigabyte.

Já com o rato em “top-down” encontramos vários pormenores de destaque. Começando pelo ON/OFF switch que serve, obviamente, para ligar e desligar o aparelho, um pequeno botão que activa a conectividade com a dock que permite uma utilização sem fios, um switch que solta a bateria para que possamos proceder à troca da mesma pela unidade extra fornecida no bundle e, por último, um switch que solta o cabo USB da frente do rato para a utilização wireless.

Além de tudo isto, no fundo do Aivia temos algumas especificações importantes e normas de vários países, os contactos para facultar o carregamento em contacto com a dock do M8600 e, o mais importante, o receptor Laser Gaming Series que a Gigabyte incorporou no periférico.

Existem 4 LEDs no topo do rato. Os 3 ainda não abordados têm 2 funções distintas. Além de darem ao utilizador a informação da sensibilidade que está a utilizar, servem também como indicador da capacidade restante da bateria introduzida no M8600. Quando vemos os 3 LEDs a verde acesos, significa que a nossa bateria está na sua capacidade máxima, 2 LEDs indicam 60%, 1 LED indica 30% e quando os 3 se encontram a piscar, quer dizer que temos menos de 10% de bateria e convém trocar para a bateria de reserva o mais rapidamente possível, não arriscando assim a uma quebra de rendimento em qualquer jogo.

O controlo da sensibilidade funciona mais ou menos da mesma forma sendo que desta, controlando com os botões + e – no topo do rato podemos trocar entre as 4 fases de sensibilidade disponíveis. A cor dos LEDs será vermelha e desde apenas 1 LED aceso (menor sensibilidade possível) até aos 4 LEDs a piscar (maior sensibilidade possível) podemos ajustar a que melhor nos convier.

Em suma, o Aivia M8600 é um rato detentor de um design muito agressivo e ambidextro bastante apelativo que faz as delícias em cima de qualquer Pad e ao lado de qualquer teclado.

Acessórios
O Aivia M8600 vem acompanhado de acessórios indispensáveis, todos eles com um propósito bem delineado e prontos para oferecer toda a comodidade, ergonomia e performance ao utilizador. Começando pelo mais importante, a dock é utilizada como receptor quando pretendemos utilizar o M8600 sem fios, serve como carregador da bateria que não se encontra em utilização e pode também ser apoio directo do rato que, além de carregar a bateria no interior deste, revela ser uma ajuda para quando queremos ter tudo organizado e esteticamente apelativo na nossa secretária. Esta dock possui um botão “connect” que serve para captar o sinal do rato caso existam perdas ou interferências de outros dispositivos e podemos liga-la por USB ao nosso computador através de um dos 2 cabos facultados pela Gigabyte.

Além da dock, o M8600 vem acompanhado por 2 das já muito faladas baterias com autonomia para até 50 horas de jogo. São baterias li-ion que requerem pelo menos 8 horas de carga e podem ser trocadas em apenas 2 segundos, equiparando-se ao recarregar uma arma de fogo.

Software
O software que acompanha o Aivia pode ser instalado a partir do CD que vem com o próprio ou através do download do site do produto. O GHOST, nome escolhido e atribuído pela Gigabyte ao software, vem com dois tipos de instalação sendo que poderemos optar pela versão flash ou normal. Depois da escolha feita e software devidamente instalado, eis o que podemos encontrar.

Este é o menu principal, o qual nos oferece várias opções e informações básicas tais como a capacidade restante da bateria do nosso rato, se se encontra ligado com ou sem fios, podemos ainda alterar o modo de utilização entre o Modo economizador de bateria ou o Modo de jogo sem fios e utilização com a mão esquerda ou direita. No entanto, todas estas opções são limitadas e só poderemos ter acesso às restantes se procedermos à ligação do rato via cabo USB. Aí sim, iremos ter acesso a um menu mais completo.

Agora podemos aceder à palete de cores e escolher qual cor queremos atribuir a cada um dos 5 perfis disponíveis no Aivia M8600, aceder à modo de edição de macros, à gestão e predefinição das 4 fases de sensibilidade, à configuração do deslocamento vertical do scroll e, claro, o acesso directo à configuração do periférico no Windows.

Estão disponíveis várias cores e, testando algumas delas, foi notório que o Aivia consegue reproduzir cada uma delas na perfeição!

Tal como se pode ver na imagem, as macros podem ser guardadas com intervalos de tempo definidos pelo utilizador, conseguindo assim personalizar ao máximo a marco em questão sendo que é possível adicionar o delay pretendido onde quer que seja.

O GHOST dá-nos a possibilidade de definir uma sensibilidade independente para cada eixo, o que pode, para alguns, fazer alguma diferença na ajuda a contrariar certas tendências durante as partidas.

Tal como já referido, a configuração manual da deslocação vertical e horizontal das 4 vias distintas do scroll.

De volta ao menu principal, para finalizar, o GHOST permite-nos alterar as funções de todas as teclas onde para isso seja apenas necessário arrastar a função para o botão. Uma animação do rato irá ajudar à realização dessa configuração. O GHOST é um software muito intuitivo, eficaz e completo que se revela uma mais valia e um acréscimo de qualidade a um produto já cheio desta.

Conclusão
O Aivia M8600 revelou uma performance impressionante, uma mobilidade e versatilidade muito boa que poderão fazer as delícias de qualquer jogador. O GHOST conta com trunfos de excelência para não deixar desfraldados os utilizadores mais experientes e exigentes. Infelizmente, apesar da Gigabyte ter atribuído um design agressivo e muito apelativo, achámos que poderiam ter arriscado mais nesse aspecto, podendo assim fugir ao que este mundo de periféricos nos tem mostrado ao longo dos anos. Além disso, o design do M8600 influencia directamente com o conforto e modo de utilização e, sendo assim, a marca devia ter tentado incluir nesse design a possibilidade de todos os tipos de “holders” terem facilidade em adaptar-se a este modelo.

Não aconteceu assim e apenas aqueles que gostam de utilizar o rato com as pontas dos dedos terão, depois de uma normal fase de habituação, facilidade em tirar todo o partido desta maravilha. Sendo este o único defeito do Aivia, tudo o resto arrasa com qualquer concorrência e se procuram algo com excelente qualidade de construção e óptima performance com elevadíssimo nível de configurabilidade, este é sem dúvida o rato ideal! O valor é algo elevado mas, comparativamente com produtos de igual gama e marcas diferentes, é completamente aceitável. Um periférico brilhante e altamente recomendado!

Como complemento, deixo-vos com um vídeo onde podem ver como tudo funciona. Como sempre, não se esqueçam de activar a alta definição para o melhor visionamento deste!

Despeço-me agradecendo à Gigabyte por nos ter cedido este sample para análise.

Share Button

Sobre o Autor

(Autor) O meu nome é David Soeima e adoro todo o tipo de tecnologia. Vou ajudar a que consigam sempre a compra acertada dentro deste vasto mercado. Divirtam-se..

Todos os artigos de

Tiago 'ArkangeL' Taipina diz:

E um bom rato, mas estou mais inclinado po novo mamba, ja que tenho o antigo e tudo!

Delfina Almeida diz:

O video dá-lhe graça. Têm de fazer mais assim. Gosto

Olá! É um AIMB.PADXL da Boogie Bug com 45cm x 90cm. Um must!

João diz:

Excelente Review! BTW que tapete gigante é esse que se vê na imagem em que mostra o teclado e o rato?

Cumprimentos

Tiago Neves diz:

Apesar de estar bastante contente com o rato que possuo, este era sem dúvida uma das opções que iria ter em conta! O software está realmente qualquer coisa!

Excelente review, já agora.

João diz:

gosto especialmente do video. xD

mas parece grande cena o rato.

Rui Rocha diz:

Um rato todo catita com um belo design e o preço não me parece ser nada de exorbitante tendo em conta o seu potencial e a concorrência. Mais uma vez muito boa review david continua o bom trabalho ;)

Gostei muito desta review… completa e levada ao pormenor!
O dispositivo em si parece me ser um excelente rival de Razers e companhia… Especialmente pelo design que é breath taking…

Excelente trabalho David Soeima!

Obrigado José e a todos os restantes pelos comentários. É sem dúvida uma peça fenomenal para se ter perto de um teclado e em cima de um bom Pad.
Aconselho vivamente a quem conseguir tirar todo o partido deste periférico a adquirir um que vão de certeza adorar.
Para ser perfeito, talvez conectividade bluethoot para o podermos usar no desktop e no portátil xD

Delfina Almeida diz:

rato pro. e acho que não é nada para as pontas dos dedos.. pelo menos para os meus.

João Neves diz:

Muito boa a review. Gostava de lhe por a mão em cima :D

Eduardo Pereira diz:

Que rato brutal! E mais uma vez uma excelente review!

Excelente artigo. Parece que a Gigabyte se esmerou na série Aivia. Já chegavam era a Portugal… Essa manha do software só deixar ir as macros se estiver ligado por USB foi bem encontrada!

Filipe diz:

excelente! adorei este rato! muito bom mesmo, cheio de pormenores interessantes. gostava que tivesse um formato menos simétrico mas pronto, não se pode ter tudo. o software é muito muito bom…

Gigabyte Aivia M8600: A Gigabyte chega até nós, desta vez com um periférico que vem complementar teclado o… http://tinyurl.com/6leveya