Home Concursos Final Europeia GO OC 2010

O qualificador do GO OC organizado em Portugal permitiu abrir as portas aos overclockers portugueses para darem o salto para a Europa e competirem já com os olhos postos na final mundial! A GIGABYTE nesta edição do GIGABYTE Open Overclocking Championship dividiu a competição em várias finais regionais para serem escolhidos apenas os melhores dos melhores em cada continente.

Depois do sucesso da final da América do Sul e da final Ásia e África com a marcante expressão Oh Yeah!, o mito Two for Forty e onde foi mostrado o verdadeiro espírito do overclocking e companheirismo entre os participantes é altura de focar a nossa atenção na final Europeia que se realiza em Palma de Maiorca, no Hotel Melia Palas Atenea com uma fantástica vista para a catedral e para os iates atracados na marina.

Para esta final, estão apurados 17 concorrentes de países diferentes espalhados por toda a Europa que se fazem acompanhar de parceiros media oficiais prontos para uma cobertura fenomenal. Além disso, e para quem não pode de estar presente, a Overclocking-TV transmite em broadcast directo e ainda um género de talk-show para animar a malta.

Aqui no LILIREVIEWS.com acompanhamos com especial atenção o overclocker português, Francisco “Billy-The-Kid” Parelho, que está na luta por um dos 5 primeiros lugares, que dão acesso à Final Mundial agendada para finais de Setembro do outro lado do mundo! Mais precisamente, em Taipei, Taiwan.

A 15 Julho,

Chegada ao aeroporto com cerca de 45 minutos de atraso debaixo de um calor digno de registo. Maldita humidade relativa… Depois de uma longa caminhada pelo aeroporto de Maiorca lá me encontrei com o Billy-The-Kid e sua respectiva, prazer!

Dirigimo-nos para o Hotel e no caminho tivemos uma conversa animada sobre o estado actual do overclocking em Portugal, quem está à altura e quem tem aspirações a isso, quais as melhores estratégias para vingar no HWBOT e também sobre os overclockers favoritos de cada um.

Cada um para o seu quarto, era hora de pousar las malletas. Deixo umas fotos do meu… Não é nada de especial em termos de decoração mas é confortável e limpo!

Saímos para jantar, o Francisco com os restantes overclockers e eu com alguns media espanhóis e staff da GIGABYTE. Muito boa a integração apesar de eu não falar espanhol e até houve conversas interessantes para ideias futuras e sobre alguns produtos da GIGABYTE. Isto tudo a acompanhar com um jantar tipicamente mediterrânico numa mesa ao ar livre numa noite quente e com alta percentagem de humidade no ar.

De regresso ao Hotel, retomo a conversa com o Francisco que era “todo ouvidos” para o que a concorrência ia dizendo, depois de uma cerveja ou duas bem mortas como servem aqui, já se contam uns segredos!

Como era para levantar cedo decidimos bater em retirada para os quartos.

A 16 de Julho,

O programa era explícito, levantar as 7:30 para começar a competição a tempo e horas. O pequeno-almoço foi tomado num dos restaurantes do Hotel, um buffet agradável e bastante variado. Cheguei tarde mas ainda se viam algumas camisolas da GIGABYTE a espreitar a comida e alguns pareciam estar atrasados!

Aproveitei que estava no andar certo para ir conhecer a varanda e a zona da piscina… Havia alguém a “meditar” mas não vos digo quem. Encontrem o Wally!

À hora do check-in lá estava o Francisco pronto para se registar no concurso e ainda se atracou a uma das babes para um foto tão rápida que até falhei o enquadramento.

A sala já estava preparada para receber a competição, eis uma vista geral das mesas dos overclockers!

De um dos lados estava montado um computador que despertou a atenção de algumas caras conhecidas. Estes meninos querem fazer OC em tudo…

Os patrocinadores tinham alguns produtos em exposição, do outro lado da sala.

Entretanto lá conseguimos encontrar o azoto. Não era muito mas é capaz de chegar!

Logo vi que ninguém ia acreditar nisto. Aqui fica a fotos dos 4 x 180L de azoto! AH!! E se virem bem o Francisco também aparece na foto.

A malta da OC-TV já estava com mão na massa, estava a chegar a hora do concurso e esperava-se uma grande cobertura!

Para abertura tivemos direito aos habituais discursos dos organizadores e patrocinadores. Quem esteve presente, teve a honra de ouvir Henry Kao, director da unidade de negócio de motherboards da Gigabyte que desejou boa sorte a todos e deixou no ar uma nota interessante dizendo que actualmente estão na moda os dispositivos de mão e por isso os PCs Desktop têm uma importância extrema. Está bem pensado porque para guardar os nossos dados, actualizar o dispositivo, etc, precisamos de ter um bom computador em casa! E, a GIGABYTE é a única marca que se foca apenas no desenvolvimento de motherboards.

Em seguida subiram ao palco o representante da Kingston e da CoolerMaster que nos deu um nó no cérebro quando começou a falar espanhol…

Seguidamente o Hicookie dá algumas indicações e deseja boa sorte aos participantes no seu estilo inconfundível.

Começou então a parte interessante do concurso com grande euforia à mistura na escolha dos CPUs e atribuição do resto dos componentes.

O Billy-The-Kid ficou com o processador número 9 e pareceu satisfeito, faltava saber se a sorte estaria do seu lado. Comentou ainda que o Hipro5 tinha sido o primeiro a escolher o CPU, podia ser um sinal mas… A ver vamos!

A organização deu duas horas para preparação e aquecimento e o Billy-The-Kid não quis perder tempo e foi o primeiro a ligar a máquina enquanto alguns faziam os seus vmods. Uma vez que não lhe calhou nenhum componente DOA, começou a isolar a motherboard na zona do CPU e memórias, sem esquecer a traseira. Borracha-pão foi o método mais utilizado mas também se pode ver algum neoprene e papel. Até elas gostavam do que viam!

Deixo aqui alguns detalhes dos vmods feitos por mãos de quem sabe para ter vcores acima de 1.9V na X58A-UD7. Ok, não tentem isto em casa!!

Começava então a ver-se alguma entreajuda entre o participante português e o sérvio. Afinal em linguagem de overclocking toda a gente se entende!

Enquanto a competição estava atarefada na preparação da máquina, Hipro5 estava calmamente a fumar o seu cigarro fora da sala com a motherboard ainda por isolar.

O processador do Billy-The-Kid atingia os 5100MHz Uncore e chegou-se a ver os 5950MHz num suicide shot de frequência de CPU mas para correr os benchmarks a conversa era outra completamente diferente… O cold bug aparecia aos -120C, um valor de temperatura que deixou o Francisco optimista!

Primeiro round

Henry Kao subiu novamente ao palco para dar então início ao primeiro round, onde os overclockers teriam de correr PiFast e MAXXMEM. Lembrar que o PiFast era o benchmark de desempate e isso podia ser importante.

O Billy-The-Kind andou entretido com o sistema e faltava cerca de uma hora para o final quando enviou os primeiros resultados para o quadro, 14.61 segundos no PiFast e 24917 MB/s no MAXXMEM.

Pelas caras eram bons resultados mas quem manda é o quadro da competição

Com tudo ainda em aberto, alguns overclockers optaram por apostar na refrigeração das memórias com azoto líquido! Várias soluções apresentadas pelos diferentes países, umas mais conhecidas, outras menos.

Começam então a aparecer os problemas com a UD7 e os módulos de memória ao Billy-The-Kid e ele estava disposto a comer um dos módulos! Enquanto isso, o Elmor e o Predator lutavam com o cold boot com um ar relaxado, embora não fosse caso para isso.

O desempenho do Billy-The-Kid chamava a atenção, não só das raparigas, como dos juízes da prova! Até trocavam entre si para ver o mestre tuga! O Hipro5 também deu uma espreitadela bem rápida, certamente para copiar, mas não consegui registar o momento.

Com 20 minutos para o final da primeira ronda, o participante espanhol acaba por desistir, parece que a motherboard não aguentou o tratamento que ele lhe estava a dar.

Entretanto o Billy-The-Kid, depois de explorar melhor o sistema, conseguiu actualizar o resultado do MAXXMEM colocando-se assim à frente de alguns tubarões, com uns respeitáveis 25794 MB/s.

Depois disso esteve ocupado a travar uma luta com a motherboard e memórias, com sucessivos resets à BIOS. Eu bem o via agarrado à máquina, o slot 1 não lhe estava a facilitar a vida…

Entretanto, a cerca de 5 minutos para o final desta ronda, o concorrente ucraniano estava a brincar com a minha pistola de ar quente e acabou por pegar fogo ao isolamento! Imagino o que ele é capaz de fazer com um maçarico…

A poucos segundos do final do primeiro round, o calor subiu para o palco e depois da contagem final, levantou a placa Time Up para oficializar o fim da primeira fase. Alguns resultados de última hora ainda foram actualizados. Fica o registo do bom resultado em MAXXMEM conseguido pelo nosso representante que lhe valeu 12 pontos! O outro resultado, um pouco abaixo da média, valeu apenas 2 pontos.

Segundo round

Para o segundo round e com 120 minutos pela frente, o Billy-The-Kid não podia perder a concentração, principalmente pelos problemas que estava a enfrentar com o primeiro slot de memória. A esta hora já não havia a possibilidade de substituir hardware por isso acabou por continuar com apenas dois módulos de memória nos slots 3 e 5.

Ao rondar a sala, vi bastantes participantes a montar e a desmontar sistemas a toda a hora mas o nosso Francisco manteve-se ali como uma barra de ferro! Afinal, não tinha nada a perder e era muito tempo desperdiçado com essas trocas e baldrocas.

Com menos de uma hora para o final ainda não havia nenhum resultado Português e estava complicado entrar no Windows mesmo com 2 módulos.

O Francisco manteve-se sempre perto dos -100ºC e não havia sinal de condensação.

Reparei também que enquanto os outros participantes gastavam 10 litros de azoto, o Francisco gastava 3 litros… Depois vim a descobrir que, por exemplo, o concorrente da Rússia podia benchar a para lá dos -150ºC! Houvesse azoto para o menino!! E outros andavam lá perto!

Ainda antes de terem submetido qualquer resultado, alguns participantes tiraram um bocadinho para ir apanhar ar e esticar as pernas. Lá fora, a OC-TV tratava de algumas entrevistas com o staff da GIGABYTE e organização.

O quadro de resultados ainda estava muito vazio com tão pouco tempo para o final e a moral de alguns soldados não estava grande coisa…

Com 40 minutos para o final da prova todas as mãos eram poucas para tentar contornar os problemas de condensação que começavam a aparecer. Foi pena que os juízes não fossem mais rigorosos em alguns casos…

Enquanto isso, o Francisco estava de cara feia que fazia adivinhar que as coisas não estavam a correr bem.

Passados os 10 minutos chega a hora do Francisco arrumar as coisinhas porque o sistema já não queria mais. Nem em default, nem com um módulo, nem com dois, muito menos com três… Dava blue screens por tudo e por nada.

Entrega de prémios

Logo após a actualização dos últimos resultados, a equipa da GIGABYTE colocou os resultados no quadro e calculou a pontuação de cada overclocker.

Foi então anunciado o vencedor, massman, da Bélgica, que nem estava para participar. Com que cara terá ficado o 6º classificado?

Para o final deixaram as fotografias do grupo de overclockers e staff da GIGABYTE. Temos um português em cada uma!

Eram cerca das 18h locais quando o evento terminou e havia jantar “semi-formal” marcado no restaurante Sonomar as 19:45.

Um restaurante com espectáculos com foco nas danças espanholas e outras acrobacias interessantes. Seguem-se algumas fotos mas sugiro que experimentem, se tiverem oportunidade.

Nos espectáculos de magia não era permitido fotos ou vídeo mas foi espectacular. Se quiserem ver o resto… Visitem o Sonomar!

Para mim foi praticamente o final do evento e um dos pontos altos do mesmo. De volta ao Hotel, ficamos à conversa pela noite dentro e ainda saiu uma entrevista com o Billy-The-Kid que podem encontrar já nas próximas linhas.

O resto da noite foi no Tito’s mas, o que acontece no Tito’s, fica no Tito’s.

A 17 de Julho,

No plano de organização estava uma viagem de catamaran pelo mar mediterrâneo, com direito a “snacks” durante o passeio.

Como o meu voo estava agendado para a hora de chegada do passeio e o aeroporto de Maiorca é um caos completo, acabei por não ir e ficar no Hotel.

Talvez o Francisco depois possa contar como foi e partilhar algumas fotografias!

Entrevista com Billy-The-Kid,

1. Quando chegaste, quais eram as tuas expectativas para o evento?

No meio de todos os nomes que cá estavam, à partida sabia que era difícil ficar nos cinco primeiros. Mas há sempre uma esperança que saia o “golden cpu” que era quase uma garantia para a passagem à final.

2. Sentiste que existiu entreajuda entre os overclockers ou era pura competição?

Sim, notei que acima da competição estava o espírito de ajuda entre os overclockers. Quando havia resultados pouco melhores que o do companheiro, as pessoas recebiam de bom grado e assumiam que era um bom resultado. No grupo todos queriam saber dos bons scores e não de quem os fazia.

3. Esta é a tua primeira competição fora de Portugal. O que achaste da experiência?

É de repetir. Sente-se uma pressão diferente por estarmos no meio de grandes nomes. Tive a oportunidade de conhecer pessoalmente os grandes nomes que só vimos pelos fórums.

4. Depois da atribuição dos processadores estavas com uma cara de contente. A sorte sorriu-te com esse processador ou não foi bem assim?

Normalmente à medida que uma pessoa vai conhecendo o hardware os resultados vão melhorando mas neste caso aconteceu-me precisamente o contrário. Ao longo do tempo os valores atingidos pelo CPU iam reduzindo, sendo que na segunda fase, já nem em stock funcionava.

5. E quanto às memórias Hyper rápidas que a Kingston patrocinou para esta final?

Estas memórias marcam o abandono dos chips Elpida, sendo que conseguem atingir altos valores de frequência (MHz) porém não são tão generosas com os timings.

6. E que tal a Gigabyte X58A-UD7?

No que se refere à board, é um modelo que já me vinha abrindo o apetite desde que foi lançada no mercado e tive o prazer de a experimentar no qualificador em Portugal e em ambas as motherboards tive algumas complicações com os slots de memória. Tirando isso tenho a destacar a BIOS, que é muito acessível, com as principais voltagens num menu directo. Para um utilizador normal é uma board bastante completa e muito recomendada!

7. Alcançaste um respeitável 10º lugar. Satisfeito com os resultados que conseguiste?

Foi pena os problemas que foram sucedendo com o hardware mas para quem costuma benchar usualmente sabe que nem sempre as coisas correm como uma pessoa quer. Sendo que aqui não há uma segunda oportunidade.

8. Qual o resultado que mais te surpreendeu?

Pela negativa, o resultado do Hipro5 e do elmor. Mas como já referi anteriormente as coisas nem sempre correm como queremos sendo que estamos perante de dois dos melhores overclockers do mundo que não conseguiram obter resultados ao nível dos quais nos tem habituado. Pela positiva, tenho a apontar os resultados realizados pelo Perica_barii, os quais foram obtidos com bastantes ajudas de optimização do Windows (tweaks).

9. Dentro do grupo de 17 overclockers há alguém a queiras deixar um agradecimento especial?

É normal que nestes eventos uma pessoa crie uma empatia com a pessoa que está ao lado e no meu caso foi Perica_barii, da Sérvia, com o qual tive o prazer de adquirir novos conhecimentos nesta área.

10. Umas últimas palavras sobre a final europeia do GO OC 2010?

Estamos a falar da final na qual é apurada mais gente para ir a final mundial e sem dúvida que dentro desta sala havia nomes que por si só mereciam ter acesso directo. Senti-me pequenino no meio desta gente, afinal estamos perante um grupo feito e que já roda nisto há alguns anos, sendo que não me senti excluído desse grupo em tempo algum.

Da minha parte é tudo, está feita a cobertura do evento, espero que tenham gostado!

Até já!

0 Comentários a este artigo
  1. e ai está…

    foi altamente pelo que vi…e pelo livesteam o que ia vendo.

    pena o que aconteceu ao hard do billy…
    mas fica na mesma em 10ºLugar e a mostrar que Portugal tambem lá anda.

    na proxima será certamente melhor.

    Parabéns.

    cumps

  2. Para o ano será mais renhido
    e acredito que para o ano o billy passará para a final em taiwan
    adorava mesmo ter ido a esse evento ao menos sempre aprendia mais qualquer coisa hehe

    Cumpz

  3. Boa coverage, Marco. As fotos foram muito bem tiradas e deu para ver que é um experiência única entrar num torneio destes. Já agora aproveito e deixo os parabéns ao Billy-The-Kid que foi representar Portugal.
    Um abraço 😉

  4. Obrigado a todos pelo apoio!! Para o ano ha mais e quero participar de novo!!!

    Ps: Marco dormiste bem a ultima noite?? Não tiveste nenhuma supresa assim com sotaque frances, ao ouvido???

  5. Muito bom amigo.

    Excelente adorei as fotos brutal mesmo.

    Aquele abraço ao Hipro vai ficar para sempre na minha memória.

    Brutal e força Portugal e BenchX

  6. Muito bom Francisco, para a o ano a mais e espero fazer te suar para chegares outra vez a final:D

    E grandes fotos marco

    Abraço e Forca BenchX

  7. Espectacular! Muitos parabéns Francisco e Marco! Deve de ter sido qualquer coisa brutal, e acredito que tenham aprendido muito.

  8. Francisco, tu é que gostaste muito do meu companheiro de quarto, estou a ver! Eu safei-me sem lesões 😀

    Obrigado pelos comentários pessoal, se não fossem eles, não valia a pena!

    Grande abraço a todos e até já!

  9. epah muito bom. para o ano tb vou tentar a minha sorte, a ver se aprendo alguma coisa. e parabéns ao francisco, um 10º lugar é muito bom!

  10. Parabens, por a reportagem do evento, sem duvida bem organizado, bem projectado, e deste vida ao maior overcloker da actualidade, grande “Billy-The-Kid”, o resultado foi dos melhores, e o primeiro de grandes resultados la fora!

    Força Keep Going voces sao os melhores!
    Abraço! fiquem bem!

  11. olha pa, só tenho a dizer que o evento, pelo que me parece, está super bacano.
    curto bue as tuas reviwes. ve-se que nasceste mesmo para isto.
    abraço mano

  12. Ahahah
    é sem duvida um belo de um avatar !
    Tenho lido todos os teus trabalhos mas raramente a paciencia é suficiente para largar um comment. Desculpa-me por isso 😀

Deixar um comentário

Outros Artigos