Home Hardware AMD FX-8150 Bulldozer

O primeiro processador com oito núcleos do mercado de desktops já chegou! Está na altura de entrar em modo super multi-tarefa para tirar máximo partido da novidade AMD.

O cenário da guerra dos processadores tem-se mantido pouco renhida nos últimos anos com a Intel a dominar claramente e a AMD a manter-se em jogo pelas soluções de baixo custo e para quem procura realmente a melhor relação desempenho/preço.

A nova micro arquitectura nome de código Bulldozer, que foi várias vezes mencionada como reviravolta da AMD chegou finalmente ao mercado. Os rumores, polémicas e discussões sobre este avanço já têm anos!

Tudo começa com blocos dual-core, que se assemelham de alguma forma ao Hyper-Threading da Intel, optimizados para devorar MHz – recentemente, o AMD FX-8150 bateu recorde do mundo de frequência – e, embora a performance por clock seja mediana, o CPU está preparado para software do futuro. O funcionamento interno de cada um dos quatro blocos existentes é extremamente complexo e analisado em diagrama de blocos, resulta em algo como isto:

No que refere a floating point, a AMD apresenta excelentes novidades no próprio design que permitem a partilha de recursos entre núcleos e suporte para instruções como AVX, XOP e FMA sendo que as duas últimas só os CPUs AMD suportam, embora ainda não sejam devidamente aproveitadas.

A AMD fez melhorias no Turbo e, em particular, o FX-8150 pode saltar de 3.6GHz para um máximo de 4.2GHz! A frequência do NB fica-se pelos 2200MHz e infelizmente, a AMD não conseguiu descer de um TDP de 125W.

Como é óbvio, a plataforma FX ou Scorpious compreende a utilização de um processador AMD FX, uma motherboard série 900 e uma placa gráfica HD 6000. Para o lançamento, a AMD vai distribuir quatro modelos, sendo que o de topo, o FX-8150, deverá vir acompanhado de um dissipador a água da AMD em alguns mercados.

Numa vista resumida sobre os processadores acabados de lançar temos:

Importante é saber que o FX-4100 será vendido por cerca de 109€, o FX-6100 por 169€, o FX-8120 por 199€ e o topo de gama FX-8150 por apenas 239€.

Como este lançamento marca o regresso da história designação FX, a AMD não quer desiludir e preparou um sample kit à medida das expectativas, incluindo o FX-8150, uma motherboard Asus Crosshair Formula V e mais uns mimos tais como uma possível caixa para a versão retail e uma fivela de cinto para os verdadeiros aficionados.

Mas a versão a chegar às lojas pode ter ainda uma outra surpresa. A AMD está a incluir um sistema de refrigeração a água como stock cooler. Esta poderá ser então a caixa do processador e do respectivo dissipador.


Solução interessante desenvolvida pela Asetek para a AMD e que devará ter um desempenho muito similar ao Antec Kuhler 920. Se preferirem, recordem a nossa review deste dissipador para perceber porquê.

Testes e Resultados

Plataformas AMD
Motherboard: Asus Crosshair Formula V
Processador: AMD Phenom II 1090T e AMD FX-8150 Bulldozer
Placa Gráfica: AMD HD6990
Memórias: GsKill RipJaws-X F3-17000 CL9 4GB
Fonte de Alimentação: Antec HCG 900W
Disco: Kingston HyperX 240Gb
Dissipador: AMD CPU Watercooling

Plataformas Intel
Motherboard: Asus P8P67-M
Processador: Intel i5 2500K e Intel i7 2600K
Placa Gráfica: AMD HD6990
Memórias: GsKill RipJaws-X F3-17000 CL9 4GB
Fonte de Alimentação: Corsair TX 650W
Disco: Kingston HyperX 240Gb
Dissipador: Corsair H100

Desempenho Geral

PCMark 7

3DMark 11

3DMark Vantage

Desempenho de Memória

AIDA64

AMD FX-8150

Intel Core i5 2500K

Intel Core i7 2600K

AMD Phenom II 1090T

Desempenho em Compressão e Descompressão

7-Zip

Desempenho em Renderização

Cinebench

Desempenho em Encriptação

TrueCrypt

Desempenho em codificação

Handbrake

Duração, em segundos, da conversão de um ficheiro .mp4 de 365MB para formato .MKV.

Desempenho em Jogos

DiRT 3
Multisampling MSAA8X, Ultra preset

Stalker
Ultra preset, Renderer Enhanc. full dyn. lightning (DX11)

Lost Planet 2
MSAA8X, motion blur on, shadow detail high, texture detail high, rendering level high, DX11 features high

HAWX 2
Antialiasing 8X, view distance high, environment high, texture quality high, postprocessing on, depht of field high, particle density on, shadows high, DX11

Overclocking

Overclocking a Água

Para manter o CPU abaixo dos 65ºC em full load, foi possível chegar a 1GHz de overclock, passando de 3.6GHz para 4.6GHz. Com a voltagem a 1.4v o processador aguentou todos os testes com os oito cores ligados e sem problemas de aquecimento.

Fica a comparação directa entre a velocidade default e o mesmo FX-8150 a 4.6GHz:

Desempenho Geral

PCMark 7

3DMark 11

3DMark Vantage

Desempenho de Memória

AIDA64

AMD FX-8150 Default

AMD FX-8150 OC

Desempenho em Compressão e Descompressão

7-Zip

Desempenho em Renderização

Cinebench

Desempenho em Encriptação

TrueCrypt

Desempenho em codificação

Handbrake

Duração, em segundos, da conversão de um ficheiro .mp4 de 365MB para formato .MKV.

Desempenho em Jogos

Lost Planet 2
MSAA8X, motion blur on, shadow detail high, texture detail high, rendering level high, DX11 features high

HAWX 2
Antialiasing 8X, view distance high, environment high, texture quality high, postprocessing on, depht of field high, particle density on, shadows high, DX11

Overclocking com azoto líquido

Depois de ver partir uma board e um processador… Vamos voltar a tentar testar o novo processador da AMD em condições extremas. Desta vez a sessão foi bem sucedida mas o sample não era muito forte para rodar a altas frequências. Enquanto muitos entusiastas conseguem atingir perto dos 8GHz, conseguimos uns modestos ~6.7GHz a -196ºC.

Incrementos de voltagem até 2.0v não traziam nem mais um MHz. Mais importante do que a frequência alcançada foi ter conseguido manter todos os componentes após a sessão de overclock. Por várias limitações ao nível da BIOS, grande parte da margem de OC foi conseguida já no Windows através do software da Asus.

Consumo Energético

Ao contrário do que aconteceu nos APUs analisados recentemente, o consumo energético deste FX-8150 é incrivelmente alto, especialmente se considerarmos utilizar o sistema em overclock.

Embora se tenha registado o consumo de 425W durante um período de tempo, o consumo acabava por reduzir e no gestor de tarefas isso traduzia-se na passagem de dois dos oito núcleos para uma utilização próxima de zero. O teste foi feito com o software Prime95 a stressar os oito núcleos.

Considerações Finais

Muitos entusiastas do PC DIY, estavam à espera que este fosse o seu próximo processador. Desde a manutenção de sistemas mais antigos até à compra estratégica de motherboards para um bom caminho de upgrade, a expectativa era grande em redor dos Bulldozer.

Neste lançamento a AMD apresentou um processador topo de gama que não é capaz de acompanhar a concorrência. Embora o preço seja relativamente acessível para um processador com 8 núcleos, memória cache abundante e capacidade para atingir elevadas frequências, a verdade é que a potência este FX-8150 é difícil de aproveitar. Sendo mais caro que o concorrente directo, i5 2500K, não estará prevista grande adesão. No entanto, não chegou confirmação se a edição vendida em Portugal inclui ou não um dissipador a água como stock cooler. Nesse caso o produto seria consideravelmente mais apelativo.

O FX-8150 não parece ser um digno sucessor dos gloriosos FX que a AMD lançou em épocas mais sorridentes – leia-se AMD64. No entanto, há outros modelos que devem ser tidos em consideração antes de virar as costas aos Bulldozer. Por exemplo, o processador FX-6100 com 3.3GHz de frequência default, turbo a 3.9GHz e multiplicador desbloqueado para facilidade de overclocking.

O sucesso deste AMD FX-8150 fica a depender do que acontecer num futuro próximo em termos de programação para que sejam aproveitadas as novas instruções e para que os oito núcleos sejam verdadeiramente aproveitados. Além disso, a maturação do processo de fabrico a 32nm também é outra variável a ter em conta.

Será este processador uma supresa em Windows 8? Alguém está a considerar a compra de um FX-8150?

0 Comentários a este artigo
  1. Como já era sabido.

    a AMD espalho-se de novo…
    podem ter batidos records de OC a mais de 8ghz em -220ºC , mas no dia a dia fazem menos OC que um SB .. e tem desempenho inferior a uma cpu de 4 cores apenas.

    Capaz de serem uns CPUs engraçados para brincar em LN2 ..e nada mais….

    • Darknight, para LN2 são engraçados se não matarem motherboards :mrgreen: Para encoding também podem ser, aproveitando as novas instruções. Precisa é de tempo! Apesar de já ter tido muito…

  2. De facto, muitos furos abaixo do que era desejável.
    Pouca performance, muito consumidores e nem no quesito do OC se destacam da concorrência, para o comum utilizador.
    Então para quem for montar uma máquina para gaming, são uma carta completamente fora do baralho.

  3. Muita gente estava à espera de algo, e a AMD não cumpriu. Na minha opinião, no geral não é um mau CPU, contudo, a Intel continua à frente, e ainda por cima com os Ivy, a coisa é capaz de voltar a complicar para o lado da AMD, principalmente se por exemplo, o 2600K desce de preço.

    Já agora, excelente review Marco!

    • Parece que nem ajudaste a matar uma motherboard e um CPU antes do NDA acabar e depois não ajudaste nos testes! Excelente ajuda Tiago Neves :mrgreen:

      A AMD também vai trabalhar na optimização desta arquitectura. Pode ser que consiga equilibrar…

  4. De facto é pena estes resultados. Todos os entuasistas, tinham a ganhar com termos a AMD de novo no topo… Desta maneira a Intel não vai sentir grande pressão e consequentemente a landscape actual pouco ou nada vai alterar.

    Acho que a AMD está a cometer um grande erro de markting com estes FX. Primeiro a própria designação de FX fica muito aquém da primeira incarnação. Depois, publicitar estes processadores como 8 core, quando na verdade são 8 “meios” core faz parecer ainda mais distinta a diferença de performance entre a intel e a AMD.

    Até era capaz de perdoar a performace algo baixa e irregular destes FXs, mas a performace por watt, é desastrosa… Pelos menos eu dou valor à conta da electricidade…

    • Sim, algo se passa na mudança drástica de consumo quando se começa a puxar pelo CPU. Na minha opinião deviam ter dado tanta importância ao 6100 como deram ao 8150 – um por ser o melhor negócio e outro por ser o topo de gama. Como só encontramos artigos sobre o FX-8150, podemos tirar conclusões erradas dos Bulldozer.

  5. A AMD deu um tiro no pé. Para uso doméstico não interessa nadinha…

    Por outro lado devo destacar a vossa review. Muito completa e com comparações inteligentes!

  6. Gente… calmex aí no bash à AMD.
    Pode não ser o mais rápido processador do mercado mas é certamente rápido. A tecnologia dos bulldozer é uma rampa de lançamento. É o primeiro da sua geração.

    Isto quer dizer que a AMD tem agora a plataforma para lançar processadores de 16 e 32 cores muito brevemente.

    Mais, a AMD tem evoluido muito para os APUs, acredito que em breve vamos ver crossfire entre uma grafica 100% dedicada e a grafica do CPU. Os ganhos face a qualquer intel vao abismais.

    Pelo menos é esta a minha aposta. Se a memoria nao me falha os Intel P4 quando sairam também eram mais lentos que os P3. O mesmo aconteceu com o 1º modelo dos prescoot 😉

    • Bem dito luminoso. Já existe crossfire entre a integrada e a dedicada, com algumas restrições de modelos. Tens razão mas ultimamente os tocks da Intel não têm falhado em performance. Espero que a AMD use bem a arquitectura e consiga ganhar mercado ao mesmo tempo que optimiza o que já tem feito.

  7. Alguem sabe aonde já tem a prevenda do bulldozer? ou alguma loja que já está disponivel? não consegui achar… obrigado e parabéns pelo review. esperava mais desse bulldozer…

  8. Realmente esperava mais da AMD…
    Mas, como o luminoso falou, essa é a primeira “envestida” deles rumo ao topo, sempre preferi AMD nas minhas compras (custo/bene), e torço para que eles projetem algo melhor =)

  9. Meu 2500k, que paguei 199 U$, em stock está dançando na cabeça do bulldozer… DECEPÇÃO! Aos 5.2GHz que tenho ele rodando então, nem se fala!!!

    AMD FAIL!

  10. Esperava mais do Bulldozer, ainda mais o FX-8150 o top de linha, apesar da AMD ter ótimas placas de vídeo as famosas RADEON, os processadores ainda estão um pouco distante em relação aos da Intel. Sem contar que a Intel já lançou a nova família de processadores SANDY BRIDGE-E seguindo com a saga I7 agora versão 3000. Imagina se a diferença desses últimos Intel for comparada a esse Bulldozer, a AMD ficaria ainda mais longe. A AMD deveria repensar quanto aos próximos processadores, pois não adianta ter apenas preço, pois hoje o mercado e o consumidor são exigentes e também esperam qualidades nos produtos.

    • Olá Juan,

      Sim, a AMD deixou-se ficar para trás neste lançamento. Mas também já não podia adiar mais o lançamento da arquitectura… Os clientes já estavam muito impacientes, imagino então os accionistas :mrgreen: Ainda há mercados que o preço é muito importante e não é necessário um super computador. Como disse na conclusão, dá uma olhada no FX-6100, parece ser óptimo negócio comparando com a solução Intel.

      Já agora, já experimentaste a plataforma Sandry Bridge-E LGA2011? Qual é a tua opinião? Vale o que custa?

      Até já!

  11. efectivamente a amd falhou no lançamento destes bulldozer, a nivel de performance per core deixou um pouco a desejar, montei este mes uma maquina nova e tambem tinha em mente o fx de 6 cores mas como nas reviews e benchmarks ficava aquem do esperado, decidi comprar um quadcore budget e com optima performance em jogos, phenom x4 955be poupei uns €€ e tou satisfeito. realmente intel teve praticamente sempre a frente nos processadores mas amd continua a ser uma boa solucao para o mercado “budget”, os phenom ainda sao a melhor aposta a nivel de “bang for the buck”

  12. particularmente vou arriscar comprar um fx6100 black mas pensando no Windows 8 pois se não ia de phenom II x6 110

    Espero não me arrepender futuramente pois sei que neste momento pelos testes o desempenho não será grande coisa com meus atuais jogos

  13. ”Alguém está a considerar a compra de um FX-8150?”

    Eu estava, mas depois de esta review, ja não sei, alguem me pode aconselhar que componentes devo comprar, o meu budget é um pouco curto(500/600).
    Prefiro comprar uma grafica de 100euros para desenreascar, e comprar uma MB e um processador bom (dentro dos possiveis).
    Alguem me pode aconselhar em que componentes usar?
    Cump.

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Outros Artigos